História Just frieds, nothing else. - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Tags Aventura, Romance
Visualizações 17
Palavras 687
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi amores !
Me desculpem por ñ ter postado ontem é que e vdd ñ deu.
Bem essse capítulo tá curto mas tá bom ok ?
Muito obg a tds que comentaram e aos favoritos de ~Kau2020 e ~8967452a , amo vcs bbs !
Sem mais delongas, eu espero que vcs gostem e tenham uma boa leitura.
Bjs bbs S2

Capítulo 19 - Psicopata....


Fanfic / Fanfiction Just frieds, nothing else. - Capítulo 19 - Psicopata....

(...)

Pov's Sophie

Eu comecei a me debater e a chutar ele. Na vdd ele estava com uma máscara muito estranha então eu só reconheci pela voz. Consegui me soltar dele com muita dificuldade e sai correndo entre os armários do vestiário. 

- Volta aqui Sophie ! Vc ñ vai querer me ver nervoso ! - Falou enquanto corria atrás de mim.

- Eu ñ quero te ver de jeito nenhum seu louco ! - Ele consegui me agarrar novamente.

Ele me jogou no chão, subiu em cima de mim e tirou sua camisa.

- Sai seu maluco ! - Gritei e ele tapou minha boca novamente.

- Eu ñ vou demora muito linda... - Pegou um canivete e começou a cortar minha blusa.

Lembrei que eu já fiz Jiu Jitsu. E nessas hrs que eu me lembro. Consegui da um soco na cara dele e me levantei. Se é pra mim morrer agora eu vou morrer lutando ! 

Ele se levantou com o canivete na mão e veio em minha direção correndo.

- Agora vc me irritou mas eu estou... Ahh ! - Deu um chute na mão dele que estava com o canivete que caiu longe.

Eu olhei pro canivete e pensei " essa é minha última chance ! " . Sai correndo e ele tbm em direção ao canivete. Para minha sorte eu consegui pegar o canivete primeiro. 

- Sai de perto de mim seu louco ! - Enfiei o canivete na perna dele .

- Ah ! - Gritou - Sophie vc ñ vai me deixar aqui sozinho né ?!?!? - Tirou o canivete da sua perna e começou a andar com dificuldade na minha direção.

Olhei pro lado vi minha blusa, que dizer o resto dela né .... e minha mochila. Peguei minhas coisas rapidamente e sai correndo. Abri a porta de uma vez e sai correndo o mais rápido que pudi e sem olhar pra trás.

Cheguei no pátio da escola e algumas pessoas ainda estavam lá. Percebi que eu ainda estava só de sutiã (ops !) Sorte minha que ninguém tinha me visto ainda. Abri minha mochila rapidamente e peguei meu moletom de panda e coloquei. Olhei pra trás e pudi ver o Sam se aproximando. MDS ! Nenhum dos meus amigos estavam lá (obg ! )

Sai correndo novamente  e graças a Deus que minha casa ñ era tão longe de lá. Olhei para trás e num descuido eu esbarrei com alguém. Era o Chair.

- Ei amor, calminha aí ! - Me ajudou a levantar. 

- Chair, graças a Deus... Vc tem que me tirar daqui pfv ! - eu falei e ele me olhou confuso. - Rápido ! 

- Ok ! Só me conta o que tá acontecendo.... - falou.

- Ñ dá agora ! - Saímos correndo.

- Sophie ! Volta aqui ! Volta aqui logo se ñ eu vou ser obrigado a matar alguém e a culpa vai ser sua ! - Sam vinha logo atrás da gente.

Parei e encarei o Chair.

- Amor, eu tenho que ir... Eu ñ quero que ninguém morra. Muito menos vc... - abracei ele.

- Ñ ! Eu ñ sei o que tá acontecendo mas eu ñ vou deixar vc ir . - Me puxou pelo braço. - Ei, Sam ! O que seja que vc queira fazer com ela vc vai ter que acabar cmg primeiro pra ter ela.

- Sem problemas ! - falou pegando o canivete de novo.

- Ñ amor... - entrei na frente dele - Deixa esse louco pra lá, vamos embora. - Puxei ele.

- Vc ñ vai a lugar nenhum com ele... - Sam me puxou e colocou o canivete na minha garganta.

- Cara, ñ faz nenhuma besteira... - Chair falou se aproximando devagar.

- Mas um passo e eu corto a garganta dele aí nem eu e nem vc vamos ter ela. - falou me puxando pra longe.

Consegui dar uma cotovelada nele e o Chair e eu saímos correndo em direção ao carro dele. Entramos no carro e o Chair me levou pra casa dele.

To be continued...


Notas Finais


Oi bbs ! Me desculpem pelo cap. tão pequeno mas eu prometo que o proxímo vai ser maior . Bjs S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...