História Just Happened - SEGUNDA TEMPORADA - Capítulo 18


Escrita por: ~ e ~IsaPLL

Exibições 116
Palavras 2.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Está aí pessoal!
Boa leitura! BjBj

Capítulo 18 - Podemos combinar isso mais tarde


P.o.v Tyler

Eu sentei na cama ao lado da Ashley e fiquei pensando em como eu iria contar para ela tudo o que estava acontecendo.

-Você vai contar ou não? -Ela perguntou, parecendo estar perdendo paciência.

-Vou, mas é que é uma coisa complicada...

-E por ser complicada, você acha que eu não devo saber? Ou por ser complicada você acha que eu não aguento saber a verdade?

-Ashley não é nada disso, eu só menti isso em segredo, porque não queria que você se machucasse.

-Tyler...Você pode não se lembrar, mas eu lembro o que aconteceu da última vez que você tentou me proteger de alguma coisa, escondendo as coisas de mim. -Ela disse e eu passei as mãos no cabelo nervosamente.

-Okay...Eu vou contar, mas antes eu quero dizer que tudo o que eu vou falar aqui são só teorias.

-Tá bom, só fala logo a verdade e pare de ficar enrolando.

-Bom...Teve um dia em que um policial foi na minha casa e perguntou se eu sabia alguma informação sobre o carro que me atropelou, pois eles achavam que não foi um simples acidente e que alguém queria realmente me atropelar ou matar... -Falo e respiro fundo antes de continuar. -Quando eu fui para a escola e eu a Shay estávamos indo para a sala, nós ouvimos uma conversa um pouco suspeita entre um Ryan e um cara, então pensamos que ele poderia ter me atropelado e...

-O Ryan? Por que ele faria isso? Ele com certeza não gosta de você, mas não acho que se livraria de você desse jeito. -Disse me interrompendo.

-Ashley deixa eu continuar...-Eu disse e ela assentiu com a cabeça. -Eu fui tirar satisfações com ele e acabei descobrindo que ele não tinha nada a ver com o meu acidente, então eu e a Shay começamos a pensar em quem poderia ter me atropelado, até que começamos a suspeitar de duas pessoas, o Cody e o seu pai. -Disse e a encarei para ver a sua reação.

-O que? Não, eu não acho que o Cody faria isso, e o meu pai pode não ser a melhor pessoa do mundo, mas ele também não faria isso. -Ela disse, levantando da cama e começando a andar de um lado para o outro.

-Ashley foi como eu disse, isso não passa de teorias não temos certeza.

-Quem mais sabe disso, além de você e da Shay?

-O Izak, mas eu contei para ele ontem.

-Então quer dizer que você mentiu também, quando disse que iria para a casa da sua mãe. -Ela disse e eu fui até ela.

-Ashley, entenda que eu não tinha intenção de te magoar eu só queria...

-Se você falar proteger, eu vou te chutar até você chegar na rua. -Ela disse e eu tive vontade de rir, mas contive essa vontade para não piorar a situação.

Ficamos um tempo em silêncio, até que ela perguntou:

-E o que vocês estavam fazendo para tentar descobrir se foram um dos dois?

-Nós ainda não tínhamos feito algum plano para tentar descobrir alguma coisa, nós só reuníamos alguns fatos... Você está brava, não é?

-O que você, acha Tyler? É claro que estou, nós somos namorados e namorados não servem só para transar, sair ou ficar em casa sem fazer nada e conversar besteiras, servem também para contar as coisas um para outro, para que os dois possam se ajudar...E se você não sabe como agir como um namorado eu não sei se vamos poder continuar com isso. -Ela disse e eu cheguei mais perto dela.

-Ashley, por favor não faça isso, eu não quero que você ache que eu só estou com você para ter alguém com quem transar e sair, eu...

-Tyler eu preciso pensar, vamos conversar depois. -Disse me interrompendo e me fazendo se arrepender por ter escondido tudo aquilo dela.

-Ok, mas se mesmo quando você pensar você ainda quiser terminar e nunca mais me olhar na cara, eu peço que você não fique com raiva da Shay, por que o culpado disso tudo foi eu. -Eu disse, dei um beijo na sua bochecha e sai.


P.o.v Sasha

Eu estava no pátio procurando a Lucy, para irmos para a casa juntas, quando vejo o Izak vindo em minha direção, eu finjo que não o vejo e viro para outra direção.

-Sasha! -Ouço ele me chamar e me viro para ele, fingindo estar surpresa.

-Oi, você não tinha que estar na aula? -Perguntei.

-Sasha para de me tratar assim!

-Assim como?

-Você não está falando comigo direito, desde de ontem a noite, quando ouviu a minha conversa com o Tyler.

-Bom, você pelo jeito concorda em esconder isso da Ashley, enquanto eu acho muito melhor contar toda a verdade.

-Então você resolveu me ignorar e me evitar?

-Eu não estou te ignorando e nem te evitando, se eu tivesse fazendo isso eu não estaria conversando com você agora. -Falei e dei de ombros, voltando a procurar a Lucy.

-Hoje de manhã eu acordei e você não estava mais em casa e não deixou nenhum bilhete, explicando nada.

-Eu não devia e não devo satisfações para você...Você é meu namorado e não o meu dono. -Eu disse sendo um pouco grossa.

-Viu? Agora está sendo grossa! Sasha vamos conversar.

-Eu não posso agora, tenho que dar carona para a Lucy.

-E eu tenho prova daqui a pouco, não vou conseguir me concentrar pensando em você. Você vai mesmo querer que eu me ferre em uma prova? E não vai ter como eu fazer outra, porque essa já é a minha segunda prova. -Disse fazendo uma carinha de gato de botas.

-Nós vamos conversar agora, mas é só porque eu não quero que você se de mal na prova. -Eu disse e comecei a puxá-lo para uma área um pouco mais afastada, para podermos conversamos com um pouco mais de privacidade.

-Então...O que você quer conversar? -Perguntei enquanto sentava em um banco.

-Eu queria dizer que, eu não acho certo o Tyler estar escondendo isso dá Ashley, mas que por mais que o certo seja contar a verdade, essa decisão é dele. -Ele disse e se sentou ao meu lado.

-Mas você como irmão dela e eu como amiga, devíamos contar a verdade!

-Mas nós também somos amigos do Tyler. Se contarmos para a Ashley, o Tyler pode ficar chateado com a gente, por mais que seja o certo a se fazer...

-E se a gente não contar para a Ashley, quando ela descobrir, ela vai ficar chateada com a gente. -Eu disse e ele assentiu. -Aí que droga! O que a gente vai fazer?

-Nós podemos ir falar com o Tyler depois da aula, quem sabe a gente não convence ele a falar com a Ash!

-É, pode ser! -Eu disse e levantei do banco.

-Aonde você vai?

-Para a aula e você deveria ir também se não vai perder a prova. -Eu disse e ele levantou também.

-Na verdade...Eu não tenho nenhuma prova só falei aquilo para você conversar comigo! -Disse e deu um sorriso amarelo.

-Você não presta, Izak. -Eu disse e ri.

-Você está afim de sair daqui?

-Eu teria que matar todas as aulas que restam...Você está sendo uma má influência.

-Você fala isso, como se fosse santa! -Ele disse e me puxou pelo braço, enquanto começava a andar.

-Aonde você pretende ir? -Perguntei deixando ele me puxar.

-Nós podemos ir para a minha casa e depois vamos para a casa do Tyler.

-É, poder ser! -Eu disse e ele sorriu, enquanto ainda me puxava para a saída da escola.

Nós conseguimos chegar até onde o seu carro estava, sem sermos vistos por nenhum inspetor, e quando chegamos no carro, ele ligou o mesmo e nós rapidamente saímos dali, indo em direção á sua casa.


P.o.v Shay

Eu não estava conseguindo me concentrar na minha lição de casa, pois não parava de pensar no segredo que eu o Tyler estávamos escondendo da Ashley, então resolvi que resolveria toda essa situação de uma vez por todas. Peguei a minha bolsa, entrei no meu carro e comecei a dirigir até a casa da Ashley.

...

Quando cheguei na casa da mesma, respirei fundo antes de bater na porta até que tomei coragem e bati na porta e fiquei esperando ela abrir.

-Oi. -Ela disse, logo depois que abriu a porta e me viu.

-Oi. Tudo bem? -Eu perguntei, e a segui para dentro da sua casa.

-Sim e você? -Perguntou se sentando no sofá.

-Estou bem... -Respondi e me sentei no sofá. -Na verdade eu não estou nada bem.

-Você e o Ian ainda estão brigados? -Ela perguntou preocupada.

-Sim, mas não é só isso...Eu preciso te contar uma coisa.

-O que?

-Eu e o Tyler estamos escondendo uma coisa de você. -Disse e a encarei para ver a sua reação e ela não parecia surpresa. -Mas antes que você pergunte, nós não estamos tendo um caso ou qualquer coisa parecida. -Eu disse e dei uma risada, tentando descontrair.

-Se for sobre vocês estarem suspeitando que ou o Cody ou o meu pai, foi o culpado por ter atropelado o Tyler, eu já sei de tudo. -Ela disse naturalmente e eu fiz uma expressão de surpresa. -O Tyler me contou tudo. -Continuou e levantou do sofá, indo para a cozinha.

-O que? Ele realmente contou? -Perguntei ainda surpresa e um pouco confusa e ela fez que sim com a cabeça. -Aí graças a Deus, eu não aguentava mais esconder isso.

-Mas não pense que eu não fiquei brava. -Ela disse abrindo a geladeira e pegando uma latinha de refrigerante.

-Vocês terminaram? -Perguntei temendo a sua resposta e ela ficou em silêncio. -Ashley, por favor me fala que vocês não terminaram.

-Nós não terminamos, mas não quer dizer que não vamos terminar.

-Ashley você precisa pensar.

-E você acha que eu não estou fazendo isso, Shay? Desde que ele saiu pela porta do meu quarto eu não consigo para de pensar nisso. E eu também estou brava com você. -Disse e colocou a latinha em cima da mesa.

-Me perdoa? Por favor eu só queria te poupar da dor e...

-Se você for vir com aquele discursinho dizendo que só queria me proteger, já pode ir parando porque o Tyler já falou isso.

-O que eu posso fazer para você me perdoar?

-Primeiro eu ainda preciso pensar mais, então por favor me deixa sozinha.

-Ashley, eu não quero que nós fiquemos brigadas.

-Se você não quer isso, por favor vai embora. -Ela disse e virou as costas para mim, dessa vez indo abrir a porta do armário.

Eu sussurrei um “Okay” e sai da sua casa, entrando no meu carro e começando a dirigir de volta para a minha casa.


P.o.v Ashley

Quando a Shay saiu, eu apoiei os meus braços no balcão da cozinha e fechei os olhos para não acabar chorando. Eu odiava brigar com ela e com o Tyler, mas eu realmente precisava pensar.

Peguei um pacote de bolacha no armário, a latinha que estava em cima da mesa e voltei para a sala, sentando no sofá e ligando a TV em qualquer canal.

Alguns minutos depois eu senti o meu celular vibrando no meu bolso e quando o peguei vi que era uma mensagem do Henrique.

“ Eu acho que o nosso fingimento dentro do carro não deu certo, porque a minha irmã acabou de me fazer um interrogatório e descobriu que a gente se conhece. ”

Ri com a sua mensagem e o respondi:

“ E o que ela disse? Do jeito que eu conheço a Emma, ela deve ter feito muitas perguntas. “

Passou-se um tempo e ele me respondeu:

“ Ela começou a falar um monte de coisas e sim, ela fez muitas perguntas eu só consegui fazer ela parar, quando eu a expulsei do meu quarto. Na verdade, ela quer combinar de nós três irmos para algum lugar. O que você acha? “

“É uma boa ideia. Aonde podemos ir? “

“Não sei, temos que ver. Podemos combinar isso mais tarde? É que agora ela está me chamando igual uma louca para eu leva-la ao shopping. “

Ri novamente com a sua mensagem, e o respondi:

“Okay, mais tarde combinamos e fala para a Emma aprender a dirigir e parar de te escravizar. ”

Joguei o celular no sofá logo após responder à mensagem e depois deitei no sofá. Pensei que essa conversa com o Henrique me faria parar de pensar nos meus problemas, mas eu estava totalmente errada. Peguei uma almofada coloquei no meu rosto e dei um grito abafado.

Depois de terminar de comer a bolacha e terminar de tomar refrigerante eu decidi que precisava dormir. Provavelmente depois do meu sono eu conseguiria resolver todos os meus problemas.

Continua...


Notas Finais


Parece que o Henrique "ataca" novamente, haha!
Então, o que acharam?
BjBj💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...