História Just Happened - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~VoidSTILES9

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Monsta X
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Rap Monster, Show Nu, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bamkai, Drama, Jikook, Markson, Namjin, Romace, Sugyeom, Vhope
Exibições 139
Palavras 710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá! Aqui está o segundo capítulo, me perdoem qualquer erro. Boa leitura! ^^

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Just Happened - Capítulo 2 - Capítulo 2

                                                                                

                                                                                          ●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●

 

“- E-e o que s-seria? -pergunto assustado”.

- Bom, você é uma pessoa extremamente encantadora –dá um meio sorriso- e eu faço o tratamento completo da sua querida mãe se você topar sair comigo durante todo o tratamento, sem faltas.

- O t-tratamento c-completo? – pergunto mostrando interesse, afinal era pela minha mãe -.

-Sim, completo.

-Eu normalmente não aceitaria afinal você é da alta sociedade e eu sou apenas um pobre rapaz -falo suspirando- mas minha mãe precisa muito disso, eu aceito, mas com uma condição – ele balança a cabeça como se pedisse pra eu continuar - Que fique bem escondido, não quero que ninguém pense que você está saindo com alguém como... eu -falo com um tom tristonho, afinal, aquele médico era lindo e sabia que eu serviria apenas como uma “diversão” pra ele-.

-Ok, mas por mim não teria problemas em saberem que estou saindo com um rapaz tão adorável como você -coro rapidamente- Ah, meus modos –fala dando uma leve risada- me chamo Kim Namjoon.

-M-me chamo Seok Jin – falo fazendo uma reverência e vejo-o fazer o mesmo- Bom tenho que ir, minha mãe me espera, e muito obrigado, nem sei como agradecer a ato de tanta bondade. -falo sorrindo-

- Ver esse seu sorriso já é a melhor forma de agradecimento -coro violentamente- Bom, tenho que voltar ao meu trabalho, venha aqui amanhã pelas 4 da tarde com sua mãe para começarmos os exames -fala dando as costas, apenas assinto e saio-.

 Vim o caminho inteiro pensando naquilo, o que aquele médico extremamente rico viu em alguém como eu? Com certeza não passaria de um “passa-tempo” pra ele.

Chego em casa logo dando de cara com a Omma com uma expressão preocupada.

-Oii, Omma

-Onde você estava? –fala irritada-.

- Antes de me dar bronca, quero dizer que consegui o seu tratamento -falo pulando de felicidade- amanhã mesmo vamos ao hospital.

-O quê? Como?  –pergunta exalando curiosidade-

-Bom, saí à procura de um tratamento e encontrei um médico que disse que faria o seu tratamento completo se eu topasse sair com ele durante todo o tratamento -falo meio desajeitado.-

-Meu filho, não acredito nisso, e se Jackson ficar sabendo?

Jackson é um rico, mesquinho, obcecado por mim, eu não entendo o porque, afinal sou apenas um garoto comum como qualquer outro.

- Ah mãe, ele não tem nada haver com minha vida, e só vou sair com aquele médico para pagar seu tratamento.

-Obrigado meu filho, nem sei como te agradecer, eu te amo.

-Também te amo, Omma -falo lhe dando um forte abraço- e não precisa agradecer, só estou retribuindo tudo que fez por mim todo esse tempo.

 

P.O.V Shin

 

Meu filho Jin é um ótimo rapaz, sempre foi, desde que aquele canalha do pai dele nos abandonou, mas Jin é um ômega tão doce e puro que não guarda magoa nenhuma de seu pai. Ele é puro demais, com certeza não sabe nem o que é beijar e fazer sexo, nunca teve tempo para vida amorosa já que se ocupou apenas a cuidar de mim, e me sinto culpada por isso.

 

P.O.V Namjoon

 

Depois daquele “encontro” de manhã, não consegui mais tirar Seok Jin da cabeça, o que será que ele tinha de diferente? Seria seu jeito, sua beleza, sua forma de falar e agir? Perguntas me rodavam a toda momento até que ouço batidas na porta do meu escritório me tirando de meus pensamentos.

-Entre -disse me ajeitando na cadeira e vendo minha secretária entrar-.

-Senhor Namjoon, aqui está os papeis que pediu e uma coisinha a mais -fala dando um piscar e deixando os papeis sobre minha mesa-.

Olho e logo vejo um número de telefone escrito e uma frase dizendo “me ligue quando precisar de um alívio” dou uma risada alta vendo aquilo, e penso “a única pessoa que preciso para me aliviar se chama Seok Jin, esse garoto ainda vai gemer meu nome alto-.

Falo e rio dos meus próprios pensamentos, afinal nem conhecia o garoto direito, mas que ia ter ele gemendo meu nome, isso iria.

 

P.O.V Jin

Estava lavando a pouca louça que tinha quando ouço alguém bater na porta, imediatamente seco minhas mãos no avental e vou abrir, mas quando abro tenho uma enorme surpresa.

-Você?


Notas Finais


Até o próximo capítulo. :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...