História Just Hold Me Tight - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, Taehyung, Taeseok, Vhope, Yoonseok
Exibições 100
Palavras 1.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OI Amores!
Mais um capítulo da fic!
Passei a noite inteira pensando no que as pessoas que lêem acham da fic!
Bem, tem um capitulo ai que até minha mãe gostou! Então espero que vocês gostem também!
Boa leitura!

Capítulo 2 - Ciúmes


Fanfic / Fanfiction Just Hold Me Tight - Capítulo 2 - Ciúmes

- Dormiu jogando Tae? - Jimin deu risada da minha cara - tinha que ser lerdo mesmo.

- Que horas são? - perguntei

- 0h30. Você dormiu com a TV ligada por uma hora e meia. - Falou ainda rindo.

-Onde está Hobi-hyung? Ele disse que ia jogar comigo.

- Hobi está no estúdio com Yoongi. Estão lá desde que chegamos. - Jimin disse pensativo.
 

Me senti pior que no momento que estávamos no camarim. Não era só irritação que estava me dominando, mas uma pequena mágoa pelo hyung ter trocado o único momento que tínhamos de jogar para estar com Yoongi.

Andei pesado até o pequeno estúdio e abri a porta com força, não me importando se atrapalhei o ensaio ou qualquer gravação que poderiam estar fazendo. Os dois me olharam assustados. Fui até Hobi, que estava sentado num banco ao lado de um microfone enquanto Suga ao seu lado estava mexendo nos equipamentos do estúdio, provavelmente pausando a música instrumental que usavam.
Hope olhou para mim com uma mistura de curiosidade e incredulidade, esperando que eu falasse algo.
 

- Por que você está aqui? Não ia ficar livre de ensaios hoje?

- Suga tinha que gravar um áudio meu de um rap que ele fez e me chamou. - Disse Hobi me encarando.

- Então fez de novo. Trocou o único momento que eu tinha com você pra voltar pra esse estúdio com ele do jeito que sempre faz. Agora vemos o que é mais importante, não é? Já que foi só ele chamar que você veio correndo. - Disse ríspido.

Suga só observava a situação, sabendo que se intrometesse iria ser pior.

- Pare de ser criança Taehyung!! - Ele nunca me chamou de Taehyung! - Eu vim fazer algo importante sim! Desculpe te deixar esperando sem avisar, mas isso era mais importante que gastar o tempo jogando com você!

Isso acabou comigo. Ele disse que eu era perda de tempo, alto e claro!

Não sabia o porquê estava tão bravo com algo normal, como gravar uma música, coisa que eles faziam o tempo todo.
 

Mas o fato de Hoseok estar sozinho com Suga me deixou mais irritado ainda. Por que eu ficava assim em relação aos dois? Yoongi-hyung sempre foi muito próximo de mim e nunca fez nada (além de ser meio irônico o tempo todo) que fizesse com que eu não gostasse dele.
Percebi que esse sentimento começou a partir do momento que eles começaram a fazer as fotos promocionais juntos e serem chamados de Sope. Desde ai, eles ficaram mais próximos do que já eram, principalmente com Suga se soltando mais nos últimos anos.
Comecei a me sentir pior que estava e soltei tudo o que pensava.

-Sim, eu sou criança. Sempre fui um crianção em busca de atenção. Agora percebo que sou apenas perda de tempo e que faço diferença nenhuma pra você - lágrimas começaram a correr sem eu perceber e quando vi, já estava falando alto e chorando. -Desde que Yoongi-hyung começou a se soltar mais vocês se aproximaram mais e me deixaram de lado. Hoseok, você sempre foi meu melhor amigo, o cara que mais se importava comigo e estava ao meu lado o tempo todo. Agora você nem liga se eu estou indo bem ou não, não conversa comigo da mesma forma que conversava antes, se afastou por completo. E ainda me deixou pra andar por mais tempo com Suga. Agora continuem o que estavam fazendo,  a partir de hoje não vou me importar com vocês. - gritei e sai correndo do estúdio.
Fui para meu quarto, me joguei na cama mais próxima e voltei a chorar!

Tinha sido um idiota por gritar daquele jeito! Mas pelo menos falei tudo que queria. Menos algo que vinha pensando esses dias. Estava refletindo muito sobre que sentimentos são esses que sinto cada vez que vejo Hobi com Suga ou cada vez que apenas o vejo. Isso não é normal, me irritar com ele assim, do nada, é nada normal.

-Será que estou gostando dele de outra forma além de como meu hyung próximo?... Nãoo. Isso não é possível. Esse fato me tornaria um pouco ‘gay’. E eu, definitivamente não sou gay, não posso ser! - pensei alto pra me convencer do que dizia enquanto balançava a cabeça.

Poucos minutos se passaram e minha mente ainda estava uma bagunça. Comecei a me arrepender de ter gritado  com o hyung e ter colocado Suga naquela situação. Deveria ter conversado melhor com Hoseok e explicado o quanto me sinto sozinho.
Cansado e com dor de cabeça, acabei dormindo na cama que me joguei, enquanto uma última lágrima escorria sob meu rosto.

 

~~

 

"O que é isso?" pensei meio sonolento ao ser acordado com um movimento na cama. Tentei abrir bem os olhos pra enxergar direito quem tinha sentando onde eu deitava.

Olhei para ele enquanto esfregava os olhos e, tenho certeza, estava com uma cara amassada e o lábio fazendo bico, uma característica de quando acordo. Percebi isso ao ver Hobi olhando para mim e rindo fraco.

-Desculpe te acordar. Você estava tão cansado que dormiu na minha cama?

No momento que me joguei na cama, nem passou pela cabeça que era a cama de J-Hope.
Por um momento tinha esquecido que briguei com ele, mas logo retomei a consciência e já estava levantando da cama pelo lado contrário que ele sentou.

-Não percebi isso. Pode deitar. Vou pra minha cama. - Falei sério.

Quando passei perto dele, senti meu braço ser segurado e olhei para trás. Hoseok estava me olhando com uma expressão um pouco triste enquanto apertava mais meu pulso. Aquele olhar mexeu com o palpitar do meu coração sem eu perceber e entender o porquê. Continuei olhando para ele, que não falava e fazia nada. Deixei de lado o fato de querer permanecer olhando para Hobi para sempre e me virei puxando o braço de sua mão com força.

-Se não tem nada a dizer, me deixe em paz.

Hoseok levantou e me virou de frente para ele segurando meus ombros. Focou seus olhos nos meus e permaneceu assim.A distancia entre mim e ele era pouca, e fiquei vermelho pelo jeito que o hyung me olhava. Mas ele fez nada. O que eu esperava que ele fizesse, afinal?

Coloquei minhas mãos nas suas, que estavam confortavelmente quentes, e tirei-as dos meus ombros. Estava me virando quando senti Hobi me segurando da mesma forma, mas com uma força maior, quase a ponto de machucar, mas com cuidado para não fazer isso.Virei meu rosto para ele com uma expressão brava e um olhar irritado. Mas quase no mesmo momento que fiz isso, me surpreendi com o que Hobi fez.

Ele me puxou com força para perto dele, colando seu corpo ao meu.


Notas Finais


Aaahh Tae, bem que você poderia ser mais paciente né? haha

Então é isso! Espero que vocês tenham gostado desse capitulo!
Lembrando que amanhã tem mais.

(PS: Talvez não dê pra postar outro amanhã. Caso aconteça isso, não demorarei pra trazer o novo cap!)

Beijos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...