História Just I and you - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jeonjungkook, Jungkook, Romance
Exibições 66
Palavras 1.791
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Por que voce esta aqui?


Fanfic / Fanfiction Just I and you - Capítulo 14 - Por que voce esta aqui?

Lary on:
   “Sai do prédio o mais rápido possível, fui para um beco e me sentei no chão escondida, era melhor eu esperar um tempo ate ele desistir de me procurar. Estava começando a ficar com frio, que bela hora pra eu estar de short e camiseta. Aish.. que raiva, por que eu fui tao tonta, claro que o Jungkook não ia gostar de mim, ele é famoso, pode ficar com quantas ele quiser, por que ficaria com uma garota qualquer como eu... E o Jimin... tudo bem que ele me mostrou a verdade... E os outros, eles sabiam sobre isso e não me falaram nada. Não sei se estou com mais raiva de mim ou deles. Fechei meus olhos com força, a raiva subia em mim e saia como lagrimas. Ah... esqueci meu celular e minha bolsa la no apartamento... esquece é melhor assim. Me levantei e comecei a andar pela cidade, estava tudo escuro, havia apenas as luzes dos postes iluminando o caminho, o vento batia balançando meu cabelo e secando minhas lagrimas, mas junto dele vinha o frio, aquele frio que me fazia arrepiar dos pés a cabeça. Essa dor que estou sentindo, é uma dor por amar tanto ele? Ou é apenas a dor de ter sido usada? Fiquei com isso rondando em minha cabeça enquanto andava pela cidade sem rumo algum, estou pensando pra onde vou... Já sei... tem um rio nao muito longe... Enquanto andava pela cidade via casais felizes de mãos dadas, se beijando e se abraçando... Minhas lagrimas desciam mais e mais, eu esfregava minhas mãos em meus braços para tentar me aquecer mas o frio me alcançava, o ar quente da minha respiração e o frio faziam com que uma fumaça saísse da minha boca. Chegando perto do rio estava mais frio ainda, achei uma pedra e me sentei, olhando a agua batendo nas pedras e voltando, formando pequenas ondas. Juro que da pra sentir meu coração em pedaços, se alguém segurasse ele, iria com certeza se cortar com os cacos. Fiquei fitando a pedra, que por sinal estava bem gelada, ate que alguem jogou um casaco em mim, me virei e era o Jimin”
Lary off.

  - Voce vai ficar doente desse jeito (fala ele se sentando do lado de Lary, e ela continuava fitando a pedra, sem dizer uma única palavra) – Não vai falar nada? Tudo bem... Eu falo entao. O Jungkook chegou em casa falando que você tinha saído correndo e que sumiu, Jin mandou todos nos para procurar você, e que sorte a minha, te encontrei primeiro que os outros (ele vendo que Lary não ia responder nada, se deitou e não falou mais nada, ficando um silencio que incomodava ambos)
  - E por que eles estão se preocupando comigo? (fala quebrando o silencio)
  - Não sei... Acho que é por que eles gostam de você
  - E você?
  - Quando o Jungkook disse, eu fiquei preocupado, eu realmente gosto de você (ele se senta olhando Lary com um sorriso tímido) – Mas ninguém queria te machucar
  - Nossa se esse não era o objetivo e me machucou tanto... imagina se tivesse sido... (fala com ironia)
  - Eu não queria te machucar... por isso te mandei la, para que visse com os próprios olhos, se eu te contasse iria achar que eu estava mentindo
   - Não sei qual teria sido pior...
   - Foi a única coisa que eu podia ter pensado
   - Mas se você não queria me machucar... por que entao você sorriu, como se tivesse gostando do meu sofrimento?
   - Naquele instante, não posso negar, gostei de te ver sofrer, eu estava com raiva de você... Mas depois percebi que não valia a pena, e ter visto você saindo correndo chorando, deu algo no meu coração... não sei explicar
  - Nossa que surpresa...
  - O que?
  - Voce tem um coração *sorri*
  - É disso que eu gosto, de te ver sorrindo... seu sorriso é tao bonito
   - Entao por que você, contra a minha vontade, me agarrava e me beijava?
   - Não sei... Voce me deixou louco, não sabia o que fazer, você iria ficar com o Jungkook e eu so consegui pensar nisso
    - Se esse era seu modo de tentar me conquistar, não tava dando certo, você so me deixava com mais raiva
    - Durante a viajem fiquei pensando nisso, em como eu fui tao safado, e tao precipitado, estava com medo de te perder para o Jungkook (ficaram em silencio de novo, Lary não sabia lhe responder, e muito menos ele sabia como continuar)
     - Mas sobre essa garota, desde quando você sabia sobre ela e o Kook?
     - O nome dela é Ji-won, ela é de algum grupo que debutou recentemente, e eu soube na viajem, na verdade todos nos so soubemos na viajem, quando o Jungkook falou que estava namorando a Ji-won todos perguntamos sobre você, mas ele saiu andando, dizendo que não poderia tocar nesse assunto agora, e que quando chegasse iria resolver tudo
     - Mas so piorou...
      - Ele é realmente um bebezao...
      - Mas ele me fazia feliz... Achei que ele também me amasse (uma lagrima escorre)
      - Agora posso realmente falar que ele é um idiota de largar alguem como você... (ele sorri de forma fofa, Lary estava sorrindo por dentro, mas nenhuma expressão saia para fora)
       - Meu coração doi... parece que esta tudo despedaçado, tudo esta desmoronando, como fui tao tola (mais lagrimas caem) – Eu achando que um cara que tem fama, dinheiro e tudo mais, podia gostar de mim, uma pessoa qualquer, ainda lembro de quando nos vimos pela primeira vez, dos nossos momentos felizes... Daquela noite antes dessa viajem (se encolhe mais) - Ele parecia feliz ao meu lado, ele sorria, me beijava, com tanto sentimento... paixão... Ele, além de bom cantor, é bom em atuar também (Suas lagrimas saem, escorregando na pedra e caindo naquele rio escuro e profundo) – Lembro o por que me apaixonei por ele... O sorriso, a forma de me abraçar, como se estivesse segurando um mundo em seus braços... Ah... desculpa, sei que você não quer escutar isso (enxuga as lagrimas)
  - Voce tem que parar de se culpar, a culpa foi dele, de ser um idiota (ele levanta a cabeça de Lary e seca suas lagrimas com a mao) – Voce merece alguem melhor que ele (ele aproximou seus rostos)

Lary on:
 “Meu coração acelerou... ele vai me beijar? Não é possível, ele deve estar se aproveitando dessa situação para se aproximar de mim. Ele me abraçou, fiquei surpresa mas acho que me senti bem lhe abraçando... mesmo não sendo a melhor pessoa para eu me sentir confortável agora...”
Lary off.

  - Tenho que avisar os meninos que eu te encontrei (ele diz a soltando e pegando no bolso o celular)
   - Não... por favor... não
   - Entao posso pelo menos te acompanhar ate em casa...
          
Lary on:
   “Balancei minha cabeça em forma de concordância, nos levantamos e seguimos caminho. Ele colocou seu braço em meu ombro passando pelo meu pescoço. Confesso que estou com medo dele fazer algo comigo... Não posso esquecer o que ele fez antes. Ficamos conversando pelo caminho, ele ate que era uma pessoa legal, chegamos no meu apartamento e ele fez questão de ficar mais um pouco”
Lary off.

       - Ta... pode ficar... mas vamos ver um filme? É melhor que ficar olhando um pra cara do outro, sem dizer nada né
      - Ok mas que filme?
      - Vamos assistir um de ação ou comedia
      - Ta bem, vou fazer a pipoca e você escolhe o filme
          
          Ele foi para a cozinha e fez a pipoca e enquanto isso Lary escolhia o filme, ela tinha tanto filme de romance, mas não estava no clima para um desses, pegando um filme random de comedia e se sentando no sofá, o seu celular começa a tocar, pega olha e bota ele ainda tocando do seu lado

        - Voce não vai atender?
        - Não
        - Quem é?
        - O jungkook, os meninos, minhas amigas...
        - E por que não vai atender pelo menos suas amigas?
        - Não quero falar com  elas, agora vamos ver o filme
         - Ta bem (ele pega o controle e da play no filme)

       -- Quebra de tempo --

Lary on:
   “Quando vi estava deitada em seu colo, ele não fez nada comigo, ate me surpreendi, eu estava morrendo de sono”
Lary off.

                 - Ate que você consegue ser uma pessoa gentil... (Ela sorri e adormece)

                    
~~09:00 AM~~

Lary on:
   “Acordei e eu estava na minha cama. Ue. Por que estou na cama? Eu não estava no sofá? Sera que aquilo tudo foi apenas um pesadelo meu? Ufa... Me levanto e vou ate a cozinha, ate que escuto algo fritando no fogão e uma voz logo me surpreende    ~Bom dia, já que você não queria acordar resolvi fazer o café da manha~ ele me olha e sorri. Entao, não era um pesadelo... realmente aconteceu... Sem dizer nada tirei o quadro do Jungkook que tinha na parede e o joguei no chão com muita força, quebrando totalmente o vidro... Que interessante... fiquei olhando fixamente o chão onde estava o vidro quebrado que mais parece meu coração...”
Lary off.

                  - Agora sim... (ela suspirou profundamente) -Bom dia (sorri e ele a olha assustado)
                  - Não sabia que estava com tanta raiva assim...
                  - Nem estou (da um sorriso irônico e se sentei em uma das cadeiras do balcão)
                  - Toma aqui seu café, fiz ovos com bacon (ele sorri e coloca o prato em sua frente) – Eu vou ali recolher os cacos
                   - Não precisa depois eu recolho
                  - Serio?
                  - Claro, você nem devia ter feito o café da manha, já fez de mais por mim
                  - Ta bem, tenho que ir pro prédio, eles vao ficar preocupados se eu não voltar logo                               
                  - Ta, mas não fala que me encontrou, sei la inventa uma desculpa
                  - Pode deixar que eu falo que ficou tarde pra eu voltar pra casa, entao decidi ficar num hotel
                  - Vlw, e obrigada por tudo, tudo mesmo...
                  - De nada (ele lhe da um beijo na bochecha) – Qualquer coisa me liga ta?
                  - Ta, tchau

Lary on:
   “Ele foi embora, tomei o café, juntei os cacos de vidro do chão, joguei no lixo e me deitei no sofá, pensando em tudo que estava acontecendo, é muita coisa para processar... Mas por que o Jimin esta sendo tao fofo comigo? Ele realmente tem um lado fofo? Um lado que é bondoso com as pessoas? Me surpreende, mas todos nos temos nosso lado sensível. Peguei um livro e fiquei lendo, enquanto recebia varias e varias ligações, mas eu nem sequer quis chegar perto do meu celular novamente”
Lary off.


Notas Finais


Ooiiii pessoaaas, entao eu queria saber se voces querem algum dia fixo para eu postar a fic, estou postando aleatoriamente, mas se voces quiserem algum dia fixo, deixe ai nos comentarios <3
Espero que tenham gostado

Bjs da panda :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...