História Just Let Me Love You - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel
Tags Alphyne, Chariel, Frisk, Papyton, Sans, Sansrisk
Exibições 178
Palavras 1.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


SÓ TEVE UM CAP NA SEMANA PASSADA
EU SEI
SORRY MAS AGR SÓ VAI SER UM CAP MESMO
MOTIVO? Sla eu só esqueci de postar semana passada e vai ser assim msm e.e

Avisenhu: Uma fanfic sairá em breve (Chasriel) e vai ter 3 caps

Bem... Foi só isso msm e.e Fiquem com o cap!
Boa leitura ^^

Capítulo 55 - "Eu amo Sans Skeleton!" - Melhor título


>As últimas coisas do capítulo passado (Tava na visão do Sans)<

- Hehehe, olha a hora... Eu acho que a Kiddo está preocupada. – Falei. Realmente, quando chegamos ao Verdadeiro Laboratório, já era de noite, mas agora já era tarde.  Quer dizer, tarde da noite... Nah, dá pra entender, não dá?

- Tudo bem, pode ir. Eu vou estar te observando, mesmo. – Ele riu. Eu ri de volta e me teletransportei para casa, a Kiddo ainda não tinha chegado.

- E aí, brô. – Falei para Papyrus, que estava assistindo um filme da Mettaton.

- IRMÃO!!! – Ele se virou para mim, parecia muito entusiasmado. – VOCÊ NÃO VAI ACREDITAR NO QUE A HUMANA FALOU NO MTT NEWS!!!! – Hã? A Kiddo apareceu no jornal?

- Hã? O que ela... – Ele me interrompeu.

- EU GRAVEI!!! EU SEMPRE GRAVO TUDO DA MET..... QUER DIZER, EU GRAVEI ESSE MTT NEWS SEM RAZÃO ALGUMA, E A HUMANA FALOU ALGO QUE... VEJA LOGO!!! – Ele foi até a TV e mexeu nela, para ver os programas gravados.

Hehehe... Será que ela falou algo sobre mim? Nah, Mettaton deve querer ela em algum filme, por isso a chamou para o jornal, eu acho. Mas para Papyrus estar desse jeito... Fico até um pouco preocupado, hehehe...

>Voltando ao capítulo atual<

Ele me sentou no sofá e ficou ao lado da TV, para olhar minha reação. Eu confesso que fiquei um pouco confuso... Não vi a Kiddo no início do jornal, Papyrus adiantou um pouco até a parte onde Mettaton puxa ela.

- Mas que surpresa boa!! Meus queridos 407 telespectadores, - Nossa, quantos números, hein? - Nossa Friskerida está aqui, para contar tudinho para vocês!!! -

- S-s-s-sobre o-o-o que v-você quer q-que eu fale, exatamente? -

- Vamos começar com algo bem fácil... Eh... Você e nosso querido Sans!!! – Hehehe... Agora sei porque Papyrus ficou daquele jeito, mas o que será que ela disse de tão... Sei lá...

- O-o-o q-q-quê??!!!! – A Kiddo falou e Mettaton riu.

- Oh, não fique envergonhada, Darling!! Apenas fale sobre seu "amor meloso", que é como a sard... Undyne chama. Hehehe... Qual é o problema em falar do Sans, minha querida? – Amor meloso, huh? Undyne falou isso depois que terminamos de gravar o primeiro episódio do anime...

- M-metta... Tá... Tá legal, eu falo... – Daí ela suspirou e deu uma longa pausa. Eu sei que ela é tímida e não gosta de falar em público... Coitada da Kiddo.

- Então fale logo, estamos todos esperando!! –

- Eu amo Sans Skeleton!!!! – Ela gritou. Senti meu rosto ficar levemente ruborizado. Ela sabia que tinha falado aquilo para... 407 pessoas, não sabia? - Eu o amo e ele é meu!! Você não queria que eu falasse dele? Pois bem... Aquele esqueleto preguiçoso tem uma namorada e sou eu!!! E se alguém tentar tirá-lo de mim....... B-bem... E-eu tenho certeza de que isso não ficaria assim... M-mas eu não lutaria..... – Eu estava boquiaberto. A Kiddo... Tinha acabado de falar isso... EM PÚBLICO!!!! Tem coisa melhor que isso?? Hehehe... Agora todos sabem que ela é minha...

- Já estamos satisfeitos, Darling!! Com essas poucas palavras, se é que posso dizer que foram poucas... Você já deixou bem claro que não quer que o toquem... Agora, uma salva de palmas para nossa linda participante especial!! - Ela bateu palmas. - E parece que depois dessa declaração, você conquistou outros 115 telespectadores, minha querida!! Oh, agora chega de falar dela, vamos falar de mim!! – Ela empurrou a Kiddo para longe. Papyrus pausou o programa.

- E ENTÃO?? – Seus olhos brilhavam.

- Hehehe... E então agora todos sabem que a Kiddo tem um dono... – Claro que eu estava muito corado...

- WOWIE!!! ESSA ERA EXATAMENTE A REAÇÃO QUE EU ESPERAVA!!!! – Eu ri e fui para o quarto.

- Não fique acordado até tarde... Isso pode fazer você acordar parecendo uma caveira amanhã. – Eu ri de novo. Ele falou algo, provavelmente reclamou comigo.

Depois de já estar no quarto, fiquei pensando onde a Kiddo poderia estar... Será que ela se esqueceu de que estava morando aqui e foi pra casa? Hehehe... Eu acho que não, mas é melhor perguntar a Tori.

Liguei para ela, ninguém atendeu. Provavelmente ela estava dormindo... Kiddo, onde você foi?... Resolvi ir ao estúdio MTT, para ver se ela ainda estava lá. Me teletransportei para o andar do MTT News.

- Hey. – Falei para Mettaton.

- Oh, o que lhe traz aqui, meu.... Querido?... – Ela falou o “querido” com nojo.

- A Kiddo, é claro. –

- Oh, ela saiu faz um tempo... Talvez esteja no caminho para casa. –

- Tá, valeu. – Falei de uma maneira que sei que ela ficaria com raiva, depois me teleportei para Snowdin e procurei ela pelas florestas ao redor da cidade... Nada...

Passei um tempo procurando por lá, depois fui para Waterfall e comecei a procurá-la... Encontrei-a dormindo, perto de uma echoflower. Antes de levá-la para casa, escutei o que a echoflower repetia:

- ...S-sans.... M-me desculpa... – Eh? “Desculpa”? Acho que ela pensa que fiquei com raiva por ela ter gritado para todo o Undergound que me ama...

- Hehehe... – Peguei-a do chão. – Como é linda dormindo... -

- ...Eu não estou dormindo... – Ela falou. Senti meu corpo congelar. Mas como eu ia saber? Os olhos dela sempre estão fechados!! – E-ei... M-m-me desculpa por ter dito aquilo... –

- O quê? Ah sim, quando você gritou para o Underground inteiro que Sans Skeleton é só seu? – Sussurrei na orelha dela. Ela ficou corada.

- S-s-sim, p-por isso..... V-você está com muita raiva? –

- Hehehe... Eu estou feliz, Sweetheart. –

- Eh? M-m-mas eu te deixei constrangido... –

- Sweetheart, eu te amo. – Ela corou um pouco com a “declaração” inesperada. – É claro que não estou com raiva... É bom saber que você nunca deixaria ninguém encostar em mim, hehehe... –

- S-s-sério...? – Ela sorriu. Acho que alguém ainda não percebeu que estou carregando ela nos meus braços... – Ei... P-posso te beijar? – Eu ri da pergunta dela.

- Sério, Kiddo? Você ainda pergunta? – Eu a beijei com carinho e ela retribuiu. Teletransportei nós dois para casa. Papyrus não estava mais na sala, então significa que ele finalmente me ouviu e foi dormir. Subi as escadas ainda com a Kiddo nos braços. Foi ela quem abriu a porta do quarto, pois eu ia me desequilibrar e cair. Ela riu de mim... Mas confesso que foi engraçado.

Coloquei ela na cama e ela dormiu rapidamente.

- Hey, Sweetheart... Quando vou realmente poder te chamar de minha? – Falei, enquanto acariciava seus cabelos. Resolvi ir dormir logo... Mas eu acho que já estava dormindo enquanto estava acordado. Não, calma... Isso não faz sentido.


Notas Finais


Provavelmente eu vou postar a fanfic de Chasriel (Only revelations... The true history) na semana que vem, um capítulo por semana e.e

EU POSTEI UMA ONE-SHOT: https://spiritfanfics.com/historia/my-annoying-errortale-6734184
(Leiam a Happiness antes dessa e.e)

Foi só isso por hoje, espero que tenham gostado!
Kissus e bye ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...