História Just Like Fire - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas
Personagens Cameron Dallas, Personagens Originais
Tags Cameron Dallas, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Magcon, Matt Espinosa, Nash Grier, Old Magcon, Savannah Montano, Shawn Mendes, Skate Maloley
Exibições 105
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


https://youtu.be/nuEH58jAGs4
avisarei no meio do capítulo, quando for necessário ouvir este cover maravilhoso 💙.

Capítulo 32 - Capítulo 32


Fanfic / Fanfiction Just Like Fire - Capítulo 32 - Capítulo 32

Annelise:

Acordo com o despertador tocando, sonolenta pego meu celular e desligo-o, olho para o lado e não encontro Cameron, apenas um pequeno envelope vermelho. Me sento na cama, passo minhas mãos no rosto para tentar acordar e decido ver o que tem no envelope. Havia um bilhete:

Bom dia meu amor!
Espero que tenha dormido bem. Estranhou o fato de eu não estar na cama?
Sabe que dia é hoje? Não? Se tiveres vontade de descobrir, siga o trajeto marcado por estes pequenos corações vermelhos que me representam por inteiro. XxCameron

Meu Deus, o que este garoto está me aprontando? Me levanto e antes de seguir o trajeto, corro até o banheiro e escovo meus dentes rápido. Começo a seguir os pequenos corações, desço as escadas e indica para eu ir até o sofá, sento no mesmo e ao lado havia outro envelope vermelho, abro e leio:

Apenas aperte o play do controle! :)
E depois que terminar este pequeno vídeo, siga os corações novamente.

Faço o que pede e em seguida começa a tocar Sweater Weather - The Neighbourhood, era uma de minhas músicas preferidas. No vídeo rodava fotos minhas e de Cam juntos, eu sorria a cada uma que passava, não temos muitas fotos juntos, mas as poucas que há são lindas e eu as amo de paixão. O vídeo conseguiu me emocionar e ele realmente era pequeno, então volto a seguir os corações que agora me levavam para o jardim, ao chegar na porta, fiquei paralisada.

O jardim estava todo decorado, havia luzes e corações espalhados, também havia um Shawn sentado com o violão em mãos e não deixei de reparar no grande urso que estava ao seu lado. Então, Shawn começou a cantar Give Me Love - Ed Sheeran e aí não teve como segurar, as lágrimas caíam e molhavam todo o meu rosto, eu não tinha controle sobre elas e tudo isto é culpa de Cameron, porque é que ele está fazendo isto comigo a esta hora da manhã?
Comecei a cantarolar com Shawn.

{link do vídeo está ali em cima 👆}

Give me love like never before
Dê-me amor como nunca antes
'Cause lately I've been craving more
Porque, ultimamente, eu tenho desejado mais
And it's been a while but I still feel the same
E faz algum tempo, mas eu ainda sinto o mesmo
Maybe I should let you go
Talvez eu deveria deixar você ir...

Bem nesta parte, Cameron sai de trás da grande árvore que havia no jardim e escondia algo atrás de si, eu já chorava mais do que deveria e nem esperava uma coisa desse tipo de Cam. Ele fica parado em minha frente, sorria e as vezes limpava algumas de minhas lágrimas, enquanto Shawn terminava de cantar.

Após Shawn terminar, Cameron me entrega um pequeno buquê de flores, sorrio feito uma boba e ele faz o mesmo. Então para e me olha.

— É a primeira vez que faço isso para uma garota... - suspira - Confesso que estou nervoso, porque ainda não sei se você gostou ou não, mas não quero que me diga isto agora! - diz e acabo por fim sorrindo - Antes preciso dizer algo... - sorri - Annelise, como você pode fazer isso comigo? Você conseguiu o que muitas já tentaram, que é ter meu coração apenas para você. Na verdade, você conseguiu mais do que isto, conseguiu pegar ele e trancar o mesmo a sete chaves em algum lugar por aí e fazê-lo apenas bater mais forte quando estiver com você. Incrível como você conseguiu me conquistar com esse seu jeitinho menina mulher de ser, com esse seu sorriso que alegra o dia de qualquer um e com esses pares de mares verdes que você os chama de olhos. Você me fez enxergar o que é amar alguém, me ensinou que amar é além de simplesmente estar com a pessoa. Não é só isso... Amar, o que é amar para você? Para mim é Annelise! Juro que se alguém me perguntar isto, irei dar está resposta. Você me ensinou a amar você, o seu jeito maluco e atrapalhado de ser, mas ainda assim forte e segura de si, segura do que quer... E sabe? - estou chorando tanto, mas tanto, que faltará água no meu corpo - Foi isto que me conquistou, desde aquele dia que você se sentou ao meu lado para esperar o ônibus e eu doido lhe ofereci carona, onde é que eu estava com a cabeça? - damos risada - Eu não sei, não faço ideia, mas agradeço a Deus por ter feito isso. Olha onde estamos hoje... Eu, Cameron, nunca imaginei que estaria assim, de quatro por uma brasileira dançarina, a minha dançarina, minha brasileirinha, a minha garota! - ele diz e acho que acabou, não? Porque se não, irei ter um infarto do coração aqui.

— Você está acabando comigo! - é tudo que consigo dizer, tentando limpar o mar de lágrimas que escorriam pelo meu rosto.

— Para ser perfeito, eu precisava fazer tudo isso... - olha em volta e sorri - Enfim. Tem um ponto onde quero chegar! - tira uma pequena caixa de um de seus bolsos e abre a mesma, meu coração para ao ver que havia duas alianças ali dentro - Annelise Caniff, você aceita namorar comigo? - pergunta olhando nos meus olhos.

Com uma mão estava segurando o buquê e a outra foi parar na minha boca, para tampar a expressão de choque que acabei de fazer. Não conseguia responder, estava tão surpresa com tudo. Respiro fundo.

— Como é que eu poderia não aceitar? Eu te amo Cameron, eu te amo! - acabo beijando, o então agora oficial namorado. Depois de separarmos do beijo, colocamos as alianças um no outro e dentro da mesma estava escrito “love just like fire - A.C”, são lindas.

— Eu te amo, muito! - diz e me beija novamente. Estava numa situação difícil, em ter de segurar o buquê e beijar meu namorado.

— Só você mesmo... - digo encerrando o beijo - Para me pedir em namoro, me vendo neste estado! - estou de pijama e literalmente descabelada.

— Eu queria que fosse assim, planejei assim! - sorri - Hoje, eu sou o cara mais feliz do mundo. - dizia enquanto acariciava o meu rosto.

— E eu a menina mulher mais feliz do mundo! - sorrimos e nos beijamos mais uma vez.


Notas Finais


meu capítulo preferido 💛, meu casal 💛, eu os amo e pretendo protegê-los.

o que vocês acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...