História Just Like Fire 《BTS》 - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jlf Bts
Exibições 75
Palavras 911
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olhaaaa quem voltou!
Eu 🌚 (grande merda)
Bora ler?

Recadinho: me perdoem se houver erros de português encontrados ❤

Capítulo 5 - Alguns de nós não são tão ruins


Fanfic / Fanfiction Just Like Fire 《BTS》 - Capítulo 5 - Alguns de nós não são tão ruins

JungKook

O pai de Suga havia nos mandado para buscar um carregamento de armas e então eu, Jimin, Jin, Taehyung e Hoseok fomos buscar.
A nossa vida é maravilhosa, somos os queridinhos do pai de Suga e vivemos com muito luxo e várias mulheres.
Assim que chegamos Namjoon nos disse para ir até a casa de Suga pois ele queria nos mostrar algo.
Talvez um novo trabalho.

Quando chegamos a casa de Suga ele nos levou até a cozinha e começamos a conversar. Foi quando ele começou a contar sobre o que havia feito.

-Mas cara, isso não pode nos complicar? -Jimin pergunta-

-Claro que não. Afinal, quantas pessoas ja não sequestramos?

-Mas isso é diferente. Sequestramos pessoas ruins, caras que são nossos inimigos...Ela é uma garota inocente. -digo-

-Correção. Agora ela é MINHA garota inocente.

-Suga, você sabe o que faz. Ela é sua então pronto. -Hoseok diz- se ela não tem mesmo ninguém então não vão sentir falta dela.

-Exatamente. -Suga diz com confiança-

Eu ja sequestrei mais pessoas do que posso contar e essa é a primeira vez em que sinto que isso é errado.
Prejudicamos pessoas más e ela não passava de uma garotinha.
Eles nem acabaram o assunto quando ouvimos Passos.

-Fiquem quietos. -Suga sussurra- deve ser ela.

Não demora muito e vemos uma garota andando em direção a porta e forçando a mesma.
Ela era uma garota bonita e com uma cara de assustada.
Depois de cair sua ficha ela simplesmente puxou uma faca e cortou o braço de Suga.
O mesmo a arrastou para o quarto. Evidente que a garota ia apanhar.
Eu quis impedir mas Jimin me segurou.

-Não se meta nisso, JungKook. Ou sobra para você.

Eu apenas me controlei.
A coitada estava assustada e ainda por cima ia apanhar. Eu estava mal por ver aquilo e não poder fazer nada. Afinal, não machucamos pessoas inocentes. Não é do nosso perfil.

{...}

-Está muito silêncio. Será que...-Hoseok diz como se algo de muito ruim tivesse acontecido-

-Não diga isso. -falo rápido-

-Conhecem o Suga, ele é meio...temperamental Mas não machuraria uma garota inocente. Pelo menos não muito. -Jimin da ombros-

Assim que ele termina de falar Suga entra na cozinha com um pano em seu braço.

-E aí? -Hoseok pergunta-

-Está tudo bem. Não vou morrer.

-E agora, o que fazemos? -Jimin segue Suga com os olhos-

-O mesmo se sempre, nosso trabalho. Nada muda.

-Então, podemos ir? -Pergunto sem entender-

-Um de vocês vai ficar aqui enquanto volto na lanchonete com Namjoon. Não quero que ela escape ou tente se matar.

-Acha que ela faria isso?  -Jimin se levanta-

-A parte de escapar? Pouco provável que ela consiga, nao passaria dos meus seguranças. Mas se matar...

-Ah, eu não quero ser babá dela não. -Hoseok se levanta com os braços em rendição-

-Muito menos eu. Olha o que ela fez no seu braço. -Jimin aponta para Suga-

Suga deu um sorriso bem disfarçado. Como se dissesse "essa é minha garota", mas logo voltou a sua cara normal. De frieza.

-JungKook. -Ele diz- ja que quis se entrometer aquela hora então fique e cuide dela. Quem sabe ela não te esfaqueia.

-Duvido que ela consiga. -brinco-

Eles dao gargalhadas.

-Então vamos logo. Tenho assuntos para resolver.

Fiz que sim com a cabeça e eles começaram a se afastar. Antes de sair da cozinha Suga deixou os rapazes irem na frente e depois me olhou.

-Pela nossa amizade Kookie. Não deixe essa menina escapar.

-Pode deixar.

Ele se vira e sai. Em questão de segundos eles ja não estavam mais no apartamento.
Eu olhei em volta sem saber o que fazer e então fui para a sala.
Me joguei no sofá e fiquei com a cara no celular.
Mas cedo ou mais tarde ela ia aparecer e eu não queria ser morto.

{...}

Ja passavam das três da tarde e nada da garota.

Ela não sente fome? Penso.

Com esse mesmo pensamento eu fui até a cozinha e preparei um sanduíche, enchi um copo de refrigerante e coloque tudo arrumadinho em uma bandeja.

-Não vá se acostumando. -resmungo sozinho enquanto subia as escadas com a bandeja em mãos-

Andei pelo corredor sem saber em qual quarto ela estava.

Se eu fosse manter alguém em "cativeiro" eu deixaria a pessoa no quarto ao lado do meu.
Assim eu ouviria tudo o que ela está fazendo.

O quarto de Suga era o último do corredor, do lado direito, então ela estaria no penúltimo quarto.
Abri a porta do mesmo e ha vi.

Ela estava sentada no chão, de costa para mim, olhava pela janela de vidro.
Entrei no quarto e limpei a garganta. Ela se virou e eu pude ver seus olhos inchados. Choro? Ou resultado de sua afronta a Suga?

-An...oi.

Ela me olha e não responde.

-Então...vim trazer isso para você. -mudo meu peso de um pé para o outro desconfortável- está com fome?

Ela continuava a me olhar sem responder.

-Vou deixar aqui. -ando em direção a cama e deixo a bandeja em cima da mesma- Caso você sinta fome.

Dei uma última olhada nela antes de dar as costas.

-Espere...-sua voz sai fraca e eu olho por cima do ombro- Obrigada.

-Não foi nada. -evito sorrir e por fim saí do quarto-

Aquela cena me deixou pensativo.
Onde ela deveria estar agora? Com quem? Alguém la fora sente a falta dela?
Nunca saberei, afinal, uma hora ou outra Suga vai solta-la.


Notas Finais


O que estao achando meus bolinho? Comentem e eu dou balinha ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...