História Just like the first time - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Justin Bieber, Lil Za, Pattie Mallette, Ryan Butler
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 1.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii gentee! Essa é minha primeira fic... e ela é inspirada na minha vida pessoal (somente algumas partes).
Espero que vocês gostem.
Me desculpem pelos erros de português.
LEIAM AS NOTAS FINAIS.
Boa leitura!!!!!

Capítulo 1 - 1OAK


Fanfic / Fanfiction Just like the first time - Capítulo 1 - 1OAK

Acordei com minha mãe me gritando igual a uma louca.

Levantei-me da cama ainda sonolenta sai tombando em tudo,até chegar em meu closet. Peguei a primeira roupa que vi, eu não me importava com minha aparência.

Fiz toda a minha higiene pessoal e desci para a cozinha. 

ISABELLA- minha mãe não parava de me gritar. 

Oi mãe, já estou aqui- eu disse logo me sentando para tomar meu café. 

Você está atrasada- ela disse enquanto preparava um pão para mim

Olhei no relógio e vi que não daria tempo de tomar meu café em casa.

Peguei meu pão, me despedi de minha mãe e fui em direção a garagem, onde meu carro estava estacionado. 

Eu preciso correr- disse para mim mesmo, e assim o fiz. 

Acelerei. 

[...]

Atrasada novamente senhorita?- a professora perguntou

O que você acha? - fui grossa

Sente-se - ela disse

Eu me sentei e vi que minha melhor amiga estava me olhando estranho. 

O que foi Anne?- falei simples

Ultimamente você anda tão atrasada - ela disse

Me desculpe - eu disse - estou ficando acordada até tarde, estudando - ela essentiu.

Eu odiava mentir para Anne, mas eu realmente não queria que ela visse o quanto minha família me rejeitava. Mas eu precisava fazer alguma coisa para me afastar da minha família de uma vez por todas. Eu pensei várias vezes em fugir de casa, mas para onde eu poderia ir? Moro em Los Angeles com meus pais e meus irmãos, eles me achariam rápido. E outra, tenho só 17 anos, eu não conseguiria me manter sozinha. 

- Amiga - Anne me chamou me despertando do meu transe - Você ficou a aula inteira olhando para o nada, eu estou preocupada com você - ela disse e eu a fitei

- oh, desculpa - a fitei - tenho muita coisa para estudar, e isso está me tirando do sério - menti mais uma vez

-Por que você não confia em mim? - Ela me perguntou com o olhar tristonho

-Eu confio em você Anne, você é minha melhor amiga - Eu disse enquanto rabiscava algumas folhas do meu caderno

-E por que você não me conta o que está acontecendo?  

-Não está acontecendo nada - Eu disse tentando dar um sorriso natural - minha vida é um livro aberto amiga

-Com páginas coladas né?! - Ela disse enquanto me olhava séria

-Eu prometo que te conto tudo, mas não agora

-Ok - ela assentiu, logo se despedindo e indo em direção a porta

Já fazia 30 minutos que o sino havia batido. Eu estava esperando meu pai, mas pelo visto ele tinha me esquecido na escola mais uma vez.

- Pelo visto vou ter que ir andando - disse a mim mesmo enquanto me preparava para a longa caminhada que eu tinha pela frente. 

[...]

Depois de exatamente 1 hora e 52 minutos caminhando, cheguei em casa.Por sorte não havia ninguém. Coloquei todo o meu material em cima da minha escrivaninha e desci para a cozinha pra poder comer alguma coisa. Eu estava toda soada devido a caminhada da escola até em casa, mas eu nem se quer me Importei. Olhei para a geladeira que tinha o seguinte recado;

" Oi filha, fomos jantar em um restaurante...resolvemos não te levar conosco, espero que não se importe, Beijos.Te amos Bella"

Assim que termine de ler, senti uma lágrima quente escorrer pelo meu rosto. Eu realmente não acreditava que eles tinham saído e nem ao menos se preocuparam comigo. 

Resolvi que precisava sair para arejar a cabeça. Liguei para Anne e Hanna, outra amiga nossa que se mudou de escola à pouco tempo. 

- Alô? - Anne disse depois de atender o celular

- Sou eu amiga! - Eu disse

- Eu sei que é você - Ela disse gargalhando logo em seguida

- Vamos sair hoje? - perguntei

- Vamos sim, mas para onde nós vamos? 

- Para a boate 1OAK! 

- Mas amiga - Anne disse assustada - Essa boate é a mais cara de Los Angeles

- Eu sei - eu disse animada - estou afim de pegar uns ricaços.

- AI MEU DEUS - Anne gargalhou do outro lado da linha

- Nos vemos às...- Olhei para o relógio na parede que marcava 21:00hrs - 23:00hrs pode ser? 

- Ok amiga! Vai mais alguém com a gente? - Ela perguntou

-Vou ligar para a Hanna

- Tá bom, nos encontramos na boate

- Tchau! - desliguei o telefone em seguida

Liguei para Hanna e decidimos nos encontrar na boate. 

Logo em seguida fui tomar um banho rápido.Coloquei um vestido preto colado no corpo, o que fazia minhas curvas ficarem ainda mais acentuadas. Coloquei um casaco de pele branco e um salto alto. Deixei meu cabelo natural por que ele estava com alguns cachos. Então decidi passar um pouco de maquiagem só para esconder minhas imperfeições. Passei um batom vinho que se destacava, pois minha pele era levemente morena e meus cabelos eram escuros. Aquele batom caiu perfeitamente nos meus lábios carnudos.

Olhei para o relógio e faltavam 10 minutos para as 23:00hrs e então ouvi meu celular tocar.Logo avistei o nome de Anne na tela. 

-Oi amiga!- eu disse

-você já está pronta? -ela perguntou

-Sim, e você? 

-também, estou indo para a casa da Hanna para pegar ela, depois vamos direto para a boate- ela disse

- encontro vocês na boate então

-Tá bom, não se atrase- ela disse finalizando a ligação. 

Eu fui para a garagem escolher com qual carro eu iria. Sim, minha família tinha mais de um carro. Meus pais são ricos, donos de uma marca famosissima. Christina e Alexander Wolf. 

Decidi ir com uma Ferrari preta que meu pai havia comprado no ano passado. 

[...]

Cheguei na boate logo avistando Anne e Hanna que vestiam vestidos do modelo do meu, mas que eram totalmente diferentes.

Desci do carro e fui de encontro a elas. 

-Vocês estão lindas- eu disse com um sorriso nos lábios

-obrigado, você também está - elas responderam em unissimo. O que nos rendeu boas gargalhadas. 

Adentramos na boate, nós éramos vips, então fomos direto para o camarote onde tinha várias pessoas que vestiam lindas roupas. 

-Bella- Hannah me chamou

- Oi amiga? 

- todos estão olhando para você- ela disse

-tem alguma coisa de errado comigo? -perguntei

- não, você só está muito linda

-Awn, obrigada amiga! -falei selando sua bochecha. 

Começamos a andar no meio da multidão. E de repente uma pessoa me esbarra com total brutalidade. Olhei para a mesma avistando um grupo de meninos na minha frente,e entre eles estava...oh Meu Deus, eu mal podia acreditar. Era o Justin Bieber.





Notas Finais


Preciso da opinião de vocês...eu devo parar ou continuar a escrever a fic?
Esse capítulo tá um pouco chato mas é por que ele é o primeiro.
Dependendo da quantidade de favoritos eu posto mais um capítulo sexta que vem. Beijooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...