História Just look at me!! - Capítulo 77


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Irmãos, Lemon, Romantico, Yaoi
Visualizações 34
Palavras 673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Imagem- Riuky

Capítulo 77 - Uma pista


Fanfic / Fanfiction Just look at me!! - Capítulo 77 - Uma pista

Raito


Minha mente está totalmente abalada, nunca pensei que uma perda como essa pudesse me afetar. A única pessoa que eu realmente chorei pela morte, foi a dele, meu tutor, a pessoa que me criou. Eu gostava e admirava meu amigo, gostaria de ter saído com ele num bar me embriagar, ele me levando de volta para casa, e quando chegasse, eu ouviria Kouti brigar comigo pela embriaguez. 

Olho para a foto da família dele. É uma família bonita, tem a típica aparência a de uma família tradicional japonesa. Começo a lacrimejar, fico aflito só de pensar em uma maneira de contar a mulher que seu marido não irá chegar mais do trabalho cansado e cheio de fome como antes. Meu coração se despedaça ao saber que os filhos não vão poder ver e nem brincar com seu pai nos dias de folga. Me culpo mais e mais pela morte dele, agora eu entendo realmente oque ele queria me dizer com todos aqueles sermãos.

Vejo Riuky discutindo com karasu, eles parecem bem sérios. Me levanto e vou na direção de ambos. 


Eu: E aí tá tudo bem? 


Riuky: O Kouti foi sequestrado.


John


Eu estava coletando junto com kize, algumas informações dos guardas. E materiais, qualquer coisa que pudesse nos levar até Yamato. 


"Ouve um explosão no portão principal e também na porta de entrada, sendo a porta a primeira a ser arrombada."


"Entraram vários homens, muitos eram mercenários muito bem armados."


Todos me deram informações do inimigo, mas nada sobre o Yamato. Aquilo já estava me deixando irritado. Parei por um minuto para dar um pensada, até que Kize vem correndo que nem doído na minha direção. 


Kize: JOHHNNNN!!! Consegui uma pista. 


Eu: Ótimo vai ajudar a descobrir o lugar. - Kize trouxe um pedaço de tecido com uma sigla um tanto famíliar. 


Kize: E aí está reconhecendo essa sigla?! 


Eu: É famíliar mas não estou me lembrando. 


Kize: Bom deixa eu simplificar pra tu. É abreviada por três letras. É um laboratório bem perigoso. 


Eu: Biochemical development laboratory. 

 

Kize: Isso aí. 


Eu: Mas porque a BDL está envolvida nisso? 


Kize: Bom isso eu não sei. 


Eu: Precisamos confirmar agora a ligação, para ver se os locais se batem. 


Kize: Então vamos atrás do Riuky bem do Karasu. 


Eu: Me preocupo com Raito. 


Kize: É por causa de Kouti né. 


Eu: Sim. É difícil a pessoa que você ama ser pega pela segunda vez. Não é a primeira vez que Kouti é salvo por Raito. 


Kize: Bom pelo menos história eles têm para contar prós netos. 


Eu: Você não tem jeito. 


Kize: Olha pode estar o mundo acabando eu ainda vou arranjar um tempo para fazer uma boa piada. - Chega dar pena, eu sempre quis dizer para ele que as piadas dele são horríveis, mas acho sempre melhor ficar quieto, pois sou do tipo que evita tretas.- okay vamos parar de enrolação, precisamos terminar isso urgentemente. 


Ao chegarmos na porta de entrada ouvimos gritos de raíva. 


Raito: FILHO DA PUTA, JA TO CHEIO DESSE DESGRAÇADO. QUANDO EU ENCONTRAR AQUELE MERDA, VOU FAZER ELE IR PRO INFERNO DA FORMA MAIS DOLOROSA. 


Riuky: Queridinho, entra na fila, e já vou avisando ela tá imensa. 


Kize: Parece que vocês já contaram para ele. 


Riuky: Sim. 


Eu: Acho que vocês vão gostar de saber oque eu achei. - Kize me lança um olhar mortal. - Quer dizer, que o Kize encontrou. 


Karasu: E oque é?! 


Kize: É uma sigla de um laboratório famoso em Osaka, Tóquio e Sapporo. 


Riuky: Laboratório. 


Eu: Sim, o nome é Biochemical development laboratory, ou para simplificar BDL. 


Karasu: Ótimo então vamos para lá. 


Eu: Bem não sabemos se eles estão realmente no laboratório. Por isso eu quero dar uma olhada na ligação, para localizar o local de onde ela está vindo. 


Karasu: Entendi, toma, então não perca tempo. - Me entrega o seu celular.


Eu olho e com meu computador tento localizar o local. Ou seja, uso minhas manhas de hacker. Por que eu tive que amar tanto computadores e tecnologias. 


Eu: Achei. 


Riuky: E aí?! 



CONTÍNUA...


Notas Finais


Vejo vocês nos próximos capítulos.😘😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...