História Just Me - Capítulo 4


Escrita por: ~

Visualizações 18
Palavras 990
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


olá, bom aqui esta mais um capitulo da fanfic e como havia dito vou usar algumas mídias que ajudem vocês a imaginarem as coisas e no caso desse capitulo vai ter bastante mídias nas notas finais porque eu usei elas pro quarto da Hannah.

bom espero que gostem BEIJOSSSS.

PLAGIO E CRIME .

Capítulo 4 - Nova York Cheguei.


2

O happy e eu fomos conversando o caminho inteiro até a casa do meu pai se e que aquilo e uma casa, ao chegarmos perto pude notar que de novo ela havia passado por reformas essa torre muda mais que meu humor em dias de TPM hahaha a torre agora estava sem nome algum na fachada antes tinha stark depois teve apenas a letra A agora não tem nada, mas devo admitir que ela tava incrível e que meu pai nunca fique sabendo disso ele se acharia ainda mais. Ao deixar o carro no estacionamento da torre ajudo o happy com as malas porque segundo minha mamis tenho que deixar de ser tão abusada às vezes então estou levando duas das quatro malas e olha se fosse pela minha mãe eu teria trazido ainda mais coisa porque segundo ela eu posso precisar, entramos no elevador e o happysito  apertou o botão do nosso andar logo as portas se fecharam e uma musica começou a tomar era TNT do AC/DC.

-finalmente trocaram aquelas musicas horrorosas que tinha antes.

- seu pai mandou trocar ele achou entediantes as que tocavam antes.

  - põe entediante porque se eu tivesse com problemas para dormir era só vim para o elevador que estaria tudo resolvido.

As portas do elevador se abriram e quando eu vi como tinha ficado a nova sala olha preciso lembrar de dar meus parabéns a pepper quando vê-la porque aposto que tem dedo dela nessa decoração incrível sai do elevador e me pus no meio da sala olhei exatamente tudo que tinha na volta e soltei um suspiro.

- olha ta de parabéns quem teve a ideia dessa sala e eu aposto minha mesada que foi coisa da pepper.

- ela tem um ótimo gosto.

Quando happy terminou de falar outra voz surgiu.

 - claro que ela tem bom gosto por isso ta comigo.

-olha errar e humano.

Meu pai deu aquela típica revirada de olhos que eu adoro e veio me dar um abraço.

- sabe achei que quando chegasse aqui iria encontrar uma faixa de boas vindas cheio de balões em volta.

- ate pensei em fazer, mas achei que seria coisa pouca de mais e a pepper não deixou fazer uma festa.

Ele fez uma careta quando terminou de falar e eu dei apenas uma leve risada.

- E a Donatella como esta?

-bem e mandou te avisar que e pra me devolver da mesma forma que estava quando cheguei.

- Sua mãe não muda nunca.

-devo admitir que quando chegar à idade dela quero estar tão bem quanto ela.

- então o que achou da nova reforma que mandei fazer na torre?

- ficou bem legal, mas estaria melhor se tivesse escrito Hannah na fachada ao invés de deixar sem nada.

-quem sabe na próxima.

- E meu quarto mudou algo?

-o deixei da mesma forma que você o viu da ultima vez.

-não sei se isso e bom ou ruim, mas happy aproveitando que você ainda esta aqui me ajuda a levar minhas malas pro quarto?

-claro.

Happy e eu seguimos caminho ate meu quarto com meu pai atrás da gente e ao abrir a porta La estava meu quarto da mesma forma que tinha deixado da ultima vez que vim e definitivamente meu quarto era a minha cara não tem como entrar aqui e não notar isso.

- ai senti falta desse quarto e claro dessa vista incrível.

Meu quarto tinha uma parede de vidro em frente à cama e a vista de Manhattan era linda ficar sentada na cama olhando essa vista e pensar na vida era a forma como eu acordava todos os dias que ficava ali, meu quarto e incrível não apenas porque cada coisa ali foi escolhida por mim, mas sim porque tudo tem de certa forma tem uma sintonia, bom vou dizer mais ou menos como ele é então bota essa cachola pra imaginar.

Quando você entra no quarto já tem a visão de tudo, na parede da porta fica a mesa do computador que e de cavalete preto com a base em cima branca acompanhada de uma cadeira branca com pernas de madeira(1) e na mesma parede em cima da mesa tem uma tela aramada com fotos(2) ai tem a parede da direita que e a única no quarto que tem papel de parede que por sinal e lindo o papel de parede e tipo uma floresta com neblina e nessa parede tem minha cama de casal que não tem cabeceira(3)  e  em cada lado da cama tem  um criado mudo preto de apenas uma gaveta e um puxador cor ouro(4) em um lado em cima do criado mudo tinha uma luminária rose gold, um vaso com flores brancas e um abacaxi rose gold também(5) já no outro tinha a luminária igual a outra, um livro, um vasinho de cacto   e um Bambi em miniatura(6) perto da cama no meio das paredes tinha uma Poltrona Mimo - Rosa Vintage com um descanso de pé da mesma cor(7) ao lado no caso em frente à parede da mesinha ficava a porta de entrada para o closet e uma estante embutida preta com led que ficava perto da parede de vidro(8) o resto do quarto que não tinha papel de parede era num tom cinza médio e a parede de vidro era totalmente tapada por uma cortina branca de tecido grosso, lembram que eu falei que o closet da casa da minha mãe não era grande coisa e que só cabia eu dentro e que pra mim estava bom porque sou apenas uma e não preciso de uma loja dentro do closet vocês lembram? Poise o meu closet da casa do meu pai era uma loja(9) dentro do closet tinha a porta que dava pro banheiro(10)  que era pra La de chique e apenas para deixar claro essas coisas exageradas como meu closet e banheiro são coisas do meu pai.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...