História Just Mine - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Lemon, Yaoi
Exibições 139
Palavras 1.056
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, me ajudem à escolher um shipp pro Luhan e pro Hoseok, Huhan? LHope? Luhope? Juhan? Comentem

Capítulo 54 - Huhan?


JIMIN ON.

O caminho foi longo, duas horas de engarrafamento enquanto eu estava excitado, a primeira coisa que eu fiz quando cheguei em casa foi ir direto para o quarto, tirei minha roupa e deitei na cama.

JUNGKOOK ON.

Tentei entrar no quarto mas a porta estava trancada, olhei pelo buraco da fechadura e lá estava Jimin, suado, com as pernas abertas e dobradas, se masturbando enquanto movia dois dedos dentro de si.

Senti meu membro ficar imediatamente duro, apertei ele por cima da calça jeans tentando conter minha respiração ofegante, todos estavam em seu quarto mas a porta do nosso estava trancada.

Por que será?

Jimin se contorcer, suponho que ele tenha atingido sua próstata, tapei minha boca tentando conter minha respiração ofegante e continuei observando.

Lembrei que tinha a chave do quarto e abri um pouco a porta, não muito, apenas para que eu visse.

Decidi filmá-lo daquele jeito, foi errado eu sei, mas era tentador.

Jimin começou à mover seus dedos mais rápido enquanto ainda acariciava seu membro rígido e se contorcia, o rosto dele era a coisa mais maravilhosa que eu já tinha visto, estava corado, com os lábios tão vermelhos quanto as bochechas gordinhas, e estava com olhos fechados, usando apenas uma camisa quase transparente da cor branca.

Jimin certa hora de curvou, gemendo mais alto, deduzi que ele acertou sua próstata, pela forma que gemia e se contorcia na cama.

Finalmente ele goza, gritando e tremendo, e gemendo:

— Jungkook…!

Ele se acalma e olha para porta, com aqueles olhos enormes e brilhando à inocência.

— Sua vez. — Ele sorriu.

NAMJOON ON.

— Argh! Por que NÓS ficamos com o quarto do lado desses sadomasoquistas?!

— Não fale assim do Jimin e do Jungkook. — Jin passou os braços por cima do meu pescoço. — Eles só estão aproveitando a adolescência.

— Você realmente parede uma Omma, Jin.

— Deve ser por isso que mr chamam assim.

— Eu aposto que nós ficamos com esse quarto justamente para ouvirmos os gemidos, ninguém queria ficar do lado de dois ninfomaníacos e nos deixaram aqui.

— É só você fazer isso. — Jin pegou o travesseiro e colocou em cima da cabeça.

— Dormir assim esquenta meu rosto.

— Então problema seu Namjoon. — Ele virou pro lado e dormiu.

Decidi andar um pouco pela casa, assistir porno quem sabe… Ninguém é de ferro, e afinal eu sou bissexual, gosto de ambos sexos e namorar um sexo específico sendo bi, complica, eu amo o Jin mas as vezes não dá pra me controlar.

TAEHYUNG ON.

— Não acredito que você deixou a chave do quarto com o Jungkook, Yoongi! — Reclamei.

— Eu esqueci de pegar! Estava com sono!

— Você ta sempre com sono! Parece uma preguiça.

— Quem sabe eu seja uma raça de preguiça espacial que se infiltrou no meio de vocês, humanos burros. Quem sabe você também seja mas eu apaguei sua memória.

— Não Yoongi! — Dei uma travisseirava nele. — Eu sou estranho e não preguiçoso!

— Ah nem é.

— Não sou! — Fiquei emburrado.

— Tae.

— Oi?

— Deveríamos parar de revezar.

— Por que?

— Quando perguntam quem é o ativo eu não sei o que falar.

— As pessoas já tão erradas de perguntar pra início de conversa.

— Eu sei mas… Vamos tirar par ou ímpar, eu quero par!

— Eu quero ímpar.

Eu botei 1 e Tae botou 7

— Ganhei!

— Idiota!

— Eu ganhei justamente.

Revirei os olhos e virei para o lado.

— Prepara sua bunda pra amanhã.

LUHAN ON.

Hoseok não parava de se mexer na cama, bati nele várias vezes tentando fazê-lo parar mas não adiantava, Hoseok se mexia como aqueles bonecos de posto de gasolina ao vento.

— Hoseok!

— O que é Luhan?

— Para de se mexer ou então eu volto à te chamar de Hoseokão.

— Não!

— Então para!

— Ok. — Ele se encolheu mas logo estava se mexendo de novo.

— HOSEOKÃO! — Gritei.

— Não Luhan! Eu paro!

Dito e feito, Hoseok parou na hora, o bom dele ter esse apelido é que eu posso chantagiá-lo.

NO OUTRO DIA.

Acordei e Hoseok ainda dormia, ajeitei seu cabelo e levantei da cama, os únicos acordados eram Jungkook e Jimin.

— Eu ouvi vocês gritando ontem. — Falei chegando na cozinha. — Jimin, menos, bem menos, quase nada.

— É incontrolável, o Jungkook é… Muito… Grande.

— Coisa que você não é né Luhan. — Jungkook provocou.

— Você já viu pra saber?

— Não é preciso ver.

— Então não pode afirmar.

— Parem! — Jimin gritou. — Vocês não conseguem ficar um dia sem brigar?!

Revirei os olhos e sentei em cima da bancada, balancei as pernas enquanto Jimin preparava o café da manhã.

Jungkook estava me fuzilando com o olhar, cheguei à sentir medo, Jimin as vezes murmurava algo e ele parava.

Tomamos o café da manhã super bem preparado por Jimin.

— Estava uma delícia! — Falei.

— É uma pena que só eu posso falar isso do Jimin. — Jungkook retrucou.

— Calem a boca! Caralho! Jungkook se você continuar assim eu vou terminar com você! De verdade!

— Ok. — Jungkook abaixou a cabeça e terminou de beber o suco.

Os dois subiram e eu fiquei sentado assistindo TV, Hoseok apareceu alguns minutos depois é sentou do meu lado.

— Bom dia amor. — Me beijou. — Vista sua melhor roupa, nós vamos sair.

— Aonde vamos?

— É surpresa.

Subi e vesti minha calça jeans esbranquiçada que possuía rasgos em toda sua extensão, depois pus uma camisa do Black Veil Brides e um Vans preto.

— Bem rockeiro. — Hoseok disse. — Vamos.

HOSEOK ON.

Eu ia pedir Luhan em namoro, quer dizer... Nós já estávamos namorando à quase um ano mas eu tinha que fazer um pedido descente.

Entramos no carro e eu o levei à sua doceria favorita, ele comeu Fini, MM, chocolate, tudo que você possa imaginar.

— Por que está me mimando tanto? — Ele perguntou.

Ajoelhei em sua frente e tirei do bolso, uma caixinha, com duas alianças dentro.

— Luhan, eu gosto muito, muito, muito mesmo de você, — Seus olhos encheram de lágrimas. — e eu quero... Passar o resto da minha vida com você, ter um ou dois filhos quem sabe, morrermos juntos, Luhan, você quer namorar comigo?!

Ele não conseguia dizer nada, apenas balançou a cabeça positivamente, levantei e peguei ele no colo, beijando-o, Luhan não parava de chorar, abri a caixinha de veludo vermelho e tirei uma das alianças, botando em seu dedo anelar.

— Estou muito feliz. — Ele disse botando a aliança em mim.

— Eu te amo Luhan. — Abracei ele e o beijei, voltamos pra casa e… Meio que iniciamos o namoro


Notas Finais


Troquei bastante o ponto de vista porque eu não sabia o que escrever, desculpem-me, então, vocês escolhem qual shipp do Luhan e o Hoseok


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...