História Just Mine - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Lemon, Yaoi
Exibições 676
Palavras 737
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Capítulo +18

(Eu sei que não adianta avisar mas assim mesmo eu vou :v)

Capítulo 7 - Our Frist Time


Cheguei em casa e tomei banho, já estava ficando excitado só de pensar em Jungkook deitado na minha cama.

Saí do boxe e olhei na frente do espelho, as marcas dos chupões que Jungkook deixou em mim ainda estavam lá, porém quase sumindo.

Vesti uma lingerie azul bebê, uma tiara da mesma cor.
Peguei um dos meus vibradores favoritos, era rosa claro, deitei na cama com o vibrador e um frasco de lubrificante do meu lado, eu deveria me preparar.

Coloquei um pouco de lubrificante no meu dedo médio e enviei em mim, fazendo uma careta de dor, em seguida, enfiei o indicador, fazendo movimentos de tesoura.

Estava doendo, mas por algum motivo eu estava gostando, senti que já estava preparado e enfiei o vibrador em mim, doeu bastante já que foi tudo de uma vez.

Mensagem ON.

Eu: Daddy, pode vir, já estou preparado.

Daddy: Mal posso esperar pra saber quem é meu babyboy, estou indo.

Mensagem OFF.

Não demorou muito para eu ouvir a porta da frente ser aberta, ele chegou no meu quarto e me olhou, com aqueles olhos apaixonados.

— J-Jimin?!

— Sim daddy, sou eu, seu babyboy. Que bom que você chegou.

Jungkook veio até minha cama e ficou de quatro em cima de mim, em seguida, me beijou.

— Daddy... Seus beijos... São tão maravilhosos...

— Eu te amo Baby.

Jungkook foi descendo até meus mamilos e prendeu um deles entre os dentes, em seguida, puxou o mesmo, fazendo-me contorcer de baixo dele.

Meu membro que necessitava de atenção, estava mostrando que eu estava mais excitado do que nunca, Jungkook percebeu e pegou no mesmo, apertando-o delicadamente.

— Hmmm... Jungkook. — Fechei os olhos.

Ele abaixa minha calcinha lentamente e meu membro salta pra fora da mesma, ele começa á me masturbar, em seguida, abaixa e fica encarando minha glande.

— Jungkook! — Tapei seus olhos.

— Não precisa ter vergonha. — Ele me beijou e desceu novamente.

Jungkook enfiou uma parte do meu pênis em sua boca macia, em seguida, enfiou tudo!

— Jungkook! Ahhh... — Estava quase gozando quando ele afasta sua boca de mim.

ISSO É TORTURAeu penso mas não falo nada.

Jungkook deu atenção á minha parte de trás que já estava implorando por ele, Jungkook tirou o vibrador de mim, e quando eu menos esperava, enfiou a língua.

— Ai meu deus! — Eu gritei de prazer.

— Isso é bom? Meu baby... — Ele voltou á enfiar sua língua em mim.

— Hmmm... É... É maravilhoso.

Ele começou á fazer movimentos circulares, depois endureceu seu músculo, movimentando sua cabeça pra frente e pra trás.

— Daddy... O meu interior está gritando por ti.

— É mesmo?

— Uhum, quer ver?

Ele assentiu, fiquei de quatro e separei minhas nádegas, dando uma visão privilegiada de minha entrada, que estava de contraindo e parando.

— Ótimo. — Ele ficou de joelhos e abaixou a calça junto da cueca.

Jungkook enfiou seu membro em mim, não foi igual o vibrador, foi melhor, apertei os lençóis de início mas depois, Jungkook sentou, comigo ainda em cima de deu membro.

— Cavalga no deu daddy, vai...

— Uh... Ok. — Comecei á mover meus quadris pra cima e pra baixo.

— Baby... Isso é tão maravilhoso... —

— Da... — Ele não permitiu eu continuar minha frase, me beijou intensamente.

Comecei á ir mais rápido e ele pegou na minha bunda, aumentando seu contato comigo.

— A-aí mesmo! Isso daddy!

— Uh... Aqui? — Acertou em meu ponto sensível denovo.

— Isso! Ah! — Eu estava ao meu ponto máximo de prazer, não conseguia falar nada, apenas soltar gemidos altos e permitir que escorresse saliva pelos cantos da minha boca.

Quando eu menos esperava, gozamos juntos, Jungkook preencheu meu interior com seu sêmen, enquanto o meu, sujou ambos abdômens.

Jungkook levou seu polegar até uma parte da minha barriga que estava uma grande quantidade de meu sêmen e levou até sua boca.

— Seu gosto é maravilhoso.

Sorri e deitei, Jungkook perguntou se eu queria tomar banho, obviamente eu não recusei.

Chegando ao banheiro, tirei o resto da lingerie que eu usava e entrei no boxe, junto de Jungkook.

Ele me abraçou e ficamos assim por um tempo, quando acabamos, deitei na cama e ele fez o mesmo, me abraçando.

Quase nenhuma palavra foi trocada, mas eu acho que nós dois percebemos que havia amor ali, amor de verdade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...