História Just my Destiny - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Ashley Benson, Dave Franco, Justin Bieber, Marie Avgeropoulos, Ruby Rose
Personagens Ariana Grande, Ashley Benson, Dave Franco, Justin Bieber, Marie Avgeropoulos, Ruby Rose
Tags Ashelly Benson, Bianca Lawson, Dave Franco, Drama, Drogas, Justin Bieber, Marie Avgeropoulos, Melhor Fanfic, Romance, Ruby Rose, Sexo, Violencia
Exibições 22
Palavras 606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Poesias, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora, mas estou sem tempo amores
Espero que gostem desse Capitulo !
*Boa Leitura*

Anteriormente em Just my Destiny... Dave tenta forçar Marie a conversar com ela.
Justin a Defende

Capítulo 14 - Corada


Enquanto eu estacionava meu carro fiquei pensando o quanto foi legal aquilo que o Justin tinha feito por mim.

Não ele ter apanhado por minha causa, não claro que não. Mas ele ter me defendido. Era uma coisa que eu não esperava dele.

Estacionei meu carro em frente a lanchonete que tínhamos marcado. Peguei meus livros e sentei nas cadeiras próximo a janelas que ficavam de frente para rua. Justin Chegou e logo me deu um tchauzinho do carro.

Sorri.

Assim que ele entrou vi ele tinha uns pequenos curativos no rosto.

-Ai, meu Deus –Digo me levanto preocupada. Me aproximo e passo a mão em seu rosto automaticamente

-Não foi nada –diz segurando minha mão em seu rosto

-Como não? - Pergunto encontrando seu olhar

Engoli um seco, seus olhos cor de mel estavam fixados nos meus, minha mão deslizou de seu rosto caído em seu ombro.

Minha respiração agora estava mais pesada, e jura ter sentido essa mudança na dele também.

-Com licença, vão pedir algo? –Interrompe a garçonete

-Ah Sim- digo me afastando e sentando.

Justin mordeu os lábios abriu um sorriso do qual me contagiou instantaneamente 

-O que foi? - Pergunta ainda rindo

-Nada !! – Digo sorrindo

-Então, vou quer um X-Burger e uma coca–diz dando uma olhada rápida no cardápio

-E você? - Pergunta garçonete a mim

-Ah...é....-Começo ainda perdida- O Mesmo !!

Ela anotou os pedidos e saiu

-Está nervosa? –Pergunta rindo

-Porque estaria?

Ele dá de ombros

-Obrigada pelo o que você fez hoje, mesmo...

-Que nada.

Eu peguei os livros e logo em seguida começamos a estudar logo depois que terminamos de comer.

Confesso que em, mas uma coisa ele me impressionou com a matéria

-É você não para de me impressionar –digo

Ele ri sem tirar os olhos dos livros

-Ae? – Pergunta me encarando

-Sim

-Isso e bom?

-Sem dúvidas. Não sou uma pessoa que se surpreende com atoa –digo rindo

Justin me encara sorrindo parecendo analisar cada parte do meu rosto. Me encarou o tempo suficiente para me deixar sem graça e voltar o olhar para os livros.

-Você cora muito fácil

-Quem disse?

-Eu, até por que você está corada agora. E eu já percebi isso umas 300 vezes

Droga. Droga. Droga. Droga. Droga  

Ah... é que minhas bochechas coram sem motivo as vezes

-Aham

Depois de longos e cansativos minutos lendo minha visão e cabeça pareciam não estavam funcionando tão bem como no começo.

-Já está tarde, eu tenho que dá uma passada ainda em alguns lugares-Justin diz fechando os livros

-Ah claro

- Então nós vemos na quinta? -Pergunta se levantado

-Claro

Ele se aproxima e beija minha bochecha enquanto eu terminava de ler o ultimo capitulo do livro

Corei. Eu nem queria ver como estava aminha cara naquele momento era bem provável que nossa minhas bochechas como meu corpo inteiro tivesse vermelhos

-Tchau Marie

-Tchau –digo enquanto ele saia pela porta

 

Peguei minhas coisas e fui embora. A única coisa que queria era dormir quando chegasse em casa. E realmente foi o que eu fiz

 

Quando acordei já estava escuro. E eu? Ainda cansada.

Será que eu tinha corado realmente 300 vezes? Ok que ele falou exageradamente. Mas se ele disse isso foi por que foram muitas vezes.

Fiquei lembrando as vezes que aqueles olhos cor de ml me encaravam ou quando ele fazia uma piada que de tão sem graça era engraçado.

Me levantei bruscamente da cama e balancei a cabeça afim de afastar aqueles pensamentos e corri para o banheiro.

 

 

 

 

Enquanto estacionava meu carro em frente minha casa vi alguém se aproximando.

-Ruby?- pergunto assim que saiu do carro.

 


Notas Finais


Próximo capitulo Semana que vem, Segunda feira ;)
Espero que tenham gostado

Continuo ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...