História Just One Day - Jikook - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook Kookmin
Exibições 101
Palavras 488
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Capitulo Doze


Jimin P.O.V

Eu podia sentir a emoção e da felicidade do mais novo, sua voz estava doce, mais doce que o normal.Seus olhos estavam mais brilhantes.Ele realmente estava feliz.Suas doces palavras que dizia para sua mãe, me fazia arrancar um sorriso. 

Vi que a porta do meu quarto estava sendo aberta, deixei o meu celular encima da cama, me levantei lentamente até a mesma e abri totalmente. Jeon, me abraçou inesperadamente e logo retribui, o próprio tinha me soltado e em seguida segurou a minha mão e me levou até a sala. Dei um sorriso fraco. 

O mesmo me pediu para eu sentar no sofá, concordei com a cabeça e me sentei rapidamente e comecei a olhar sua mãe envergonhadamente, dei um sorriso sem graça. Jungkook, se sentou ao meu lado e pois sua cabeça em meu ombro, direcionei minha mão até seus cabelos e acariciei. O olhei e percebi que o mesmo estava fechando os olhos lentamente, dei o meu melhor sorriso. A mãe dele, estava sussurrando coisas do tipo "Tão fofinhos juntos", que logo me fez corar. 

-Vocês são... - Perguntou a mãe de Jungkook, tirando um sorriso.

-Amigos! -Falei antes que o Jungkook falasse, o mesmo concordava com a cabeça e sorriu. 

Pode parecer estranho, mas acho que eu deveria cuidar do mais novo, sim, ele ainda não sabe o que é amor ou o que é amar, na verdade, ninguém sabe. Mas algumas coisas eu posso dizer, o seu sorriso me faz bem, a sua felicidade me faz bem, a sua palhaçada me faz bem, você é importante para mim. Aigoo, é tão difícil de dizer isso. Me desculpa, eu sou horrível com as palavras.

Por alguns segundos, eu fiquei paralisado com o sorriso do mais novo, eu não sei disfarçar  em algumas horas, cada sorriso que ele dava, eu me encantava cada vez mais. A mãe do mesmo tinha saído para comprar uma coisa, traduzindo, ficamos sozinhos novamente em casa. Cheguei o meu rosto perto do dele, Jungkook afastou o meu rosto com a almofada que estava em seu colo, dei uma risada baixa. 

-Agora não, senhor Park. - Falou rindo e passou a mão em meu cabelo.

-Okay, senhor certinho. - Dei um sorriso fraco e beijei sua bochecha fria e corada. 

Jungkook foi andando até a cozinha e eu segui ele, o próprio tinha parado em frente a pia e o abracei por trás, molhando os meus lábios que estavam secos, Jeon, se virou e me deu um beijo na testa, fui ficando nas pontas dos pés. Apesar dele ser mais novo do que eu, ele era mais alto do que eu, isso é injusto. Digo, todo mundo é maior do que eu. Aigh, eu queria ser alto. 

-Ai meu deus, como você é pequeno. - Falou rindo enquanto eu dava um tapa fraco em seu braço. 

-Não precisa me lembrar disso. - mostrei a língua e logo dei uma risada. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...