História Just One Day - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags J-hope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Jung Jungkook, Jungkook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin, Rapmonster, Suga
Visualizações 9
Palavras 1.849
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Pessoal, peço desculpas de novo pela demora para postar.
Se eu dizer que esse Capítulo já estava feito e eu esqueci de postar vocês me batem? xD

Espero que gostem do capítulo <3

Capítulo 18 - Beautiful


Fanfic / Fanfiction Just One Day - Capítulo 18 - Beautiful

(Alessandra POV’s)

 Era um novo dia, mas eu queria que aquela noite tivesse durado mais... Ter dormido junto de Hoseok, tudo bem que não rolou nada mas.. Pelo menos só o fato de eu estar junto a ele me deixa feliz... E mais, tanto eu como ele ainda somos virgens, não tem porque de fazermos isso agora, precisamos esperar a hora certa chegar...

-Bom dia meu anjo... -Escuto ele murmurar e se mexer um pouco -Acorda, já amanheceu... – Falo com uma voz rouca por ter acabado de acordar, enquanto meu corpo se encontrava com uma parte em cima do mais velho e minha mão lentamente afagava os cabelos do rapaz.

Eu admirava cada detalhe de seu rosto, cada traço e cada perfeição em sua boca. Seus olhos fechados enquanto dormia o deixava com um charme especial, suas bochechas estavam mais apertáveis do que nunca... Ajeitei seu cabelo e inconscientemente aproximei meu rosto lentamente e, assim que meu rosto se aproximou do dele, o mesmo me surpreendeu.

Hoseok havia se virado e ficado por cima de mim, segurando meus pulsos contra a cama e me olhando com aqueles olhos de alguém que estava prestes a aprontar algo...

 

-Então quer dizer que você estava acordado esse tempo todo? ... – sorri para ele.

 

(Hoseok) – Sim... E descobri que tenho que fazer isso mais vezes...- ele sorriu de volta e começou a aproximar sua boca da minha.

Estava tudo perfeito até alguém bater na porta. Hoseok se afastou e me encarou com um bico formando em seus lábios, eu sorri de volta para ele em forma de “vitória” por ter conseguido se livrar do mesmo. Enquanto isso, observava ele caminhando até a porta e arrumava a bagunça que fizemos em cima da cama apenas com essa brincadeira.

Havia uma das recepcionistas na porta e ela estava conversando com Hoseok, eu não pude ouvir nada então me aproximei.

 

- O que houve? – Observei um papel na mão de Hoseok, bem de relance, já que ele escondeu o mesmo atrás de seu corpo e fechou a porta assim que a recepcionista saiu, me olhando em seguida como se não tivesse sido nada. – Hoseok, o que foi isso? – Cruzo meus braços e olho desconfiada para ele.

 

(Hoseok) – N-Nada que tenha que se preocupar... – ele mordisca o lábio enquanto esconde o papel novamente.

 

-Ah, é mesmo? Que papel é esse ai? – fico indignada com o ato do maior ao esconder o papel bem na minha frente.

 

(Hoseok) -Apenas esqueça isso, okay? – Ele sorriu e se aproximou de mim com suas mãos estendidas prestes a tocarem o meu rosto.

 

- Eu não quero mais ficar aqui, vou sair. – Vou ao banheiro e tranco a porta, começo a tirar a roupa e me direciono a banheira.

 

Começo a tomar um banho pensativa, além de estar pensando no que acabara de acontecer eu também estava pensando no que eu havia visto no outro dia enquanto eu observava a caixinha de música e, ao mesmo em que eu relaxava eu via algo terrível, como uma visão de algo que possa ocorrer comigo no futuro.

 

(Hoseok POV’s)

 

Ela se irritou com aquilo, mas mal sabia ela que tudo não passava de uma surpresa, eu estava combinando com o hotel desde que chegamos aqui para que os mesmos fizessem uma festa bem especial, somente para ela e eu desfrutarmos... Percebi que a mesma havia se irritado, acho que ela ficou com ciúmes... Sorri por um tempo ao perceber que ela realmente está sentindo algo forte por mim, caminhei lentamente até a porta do banheiro e dei 2 leves batidas na porta.

 

- Ale-ah... – eu falo um pouco baixo. – Você está me ouvindo?

 

(Alessandra) – Sim... O que você quer? ... – escuto o barulho da água da banheira se mexendo conforme ela se mexia dentro da mesma e sorrio novamente.

 

-Eu só queria te dizer uma coisa... Não quero que fique emburrada comigo... – me encosto na porta ainda sorrindo e olhando para o teto esperando por uma resposta.

 

(Alessandra) – Então diga... Ou vai me dizer que vou ter que ir ai? ... – Solto uma leve risada, espero que ela não tenha ouvido.

 

- Sim... Vai ter que vir aqui... Estarei lhe esperando no lado de fora do quarto... Se apresse. – sorri e caminhei até o lado de fora do quarto, onde dei o sinal para a moça do hotel ir aprontar os últimos preparativos para a surpresa.

 

A mesma ouviu o meu pedido e caminhou rapidamente em direção a escadaria, enquanto isso eu aguardava Alessandra em frente a porta, ansioso para ver a expressão da mesma ao se deparar com a surpresa que fiz com tanto carinho, tempo e segredo...

 

(Alessandra POV’s)

 

Hoseok tem agido estranho desde manhã, o que será que ele está escondendo de mim? Espero que não seja nada ruim, porque só o fato de ele ter me deixado de fora do “papinho” dele com aquela recepcionista bonitona me deixou com suspeitas de que ele está armando alguma coisa e eu não estou sabendo de nada... Após ouvir o “Vai ter que vir aqui” dele eu soltei um breve suspiro. Terminei de me banhar e sai da banheira, deixei escorrer toda a agua usada e me enrolei em uma toalha, logo lembrei que eu tinha que me trocar e não havia pegado nenhuma muda de roupa... Caminho lentamente até a porta do quarto e abro um pouquinho, com o meu corpo escondido atrás da porta, vejo Hoseok parado e esperando e logo olho para ele, ainda escondida.

 

(Alessandra) – Ahn... – Remexo minha mão sobre a madeira da porta e engulo seco, olhando para o chão e depois para ele – Eu... Estou sem nenhuma roupa para colocar... – Mordisco o lábio ao ver o mesmo olhando para mim com um olhar que me olhava descendo o caminho da porta, no que me fez encolher mais ainda e se esconder um pouco.

Hoseok se aproximava e eu logo me distanciava da porta rapidamente e procurava um lugar com meus olhos para se esconder dele.

 

(Hoseok) – Você não está nua... Está? – Escuto a voz dele e sinto um calafrio subir sobre minhas costas.

 

- N-Não... Estou de toalha... – Ajeito a mesma em meu corpo e logo vejo o mesmo entrar lentamente e fechar a porta, engulo em seco e fico olhando para ele chegando cada vez mais perto de mim, eu dava passos para trás e ele se aproximava cada vez mais. Logo cheguei a parede do quarto e não tive saída a não ser encarar ele, mesmo que envergonhada. Vejo seu braço se estirar sobre minha cabeça até encostar na parede, seu rosto se aproximava e sua expressão continuava sendo a mesma desde que ele me viu por trás da porta... – H-Hoseok... – Eu falei quase em um sussurro, já que nem voz eu tinha mais depois daquilo.

 

Eu desviei meu olhar e fechei meus olhos, porém sua mão ergueu meu queixo em direção ao seu rosto... Lentamente eu abri meus olhos e vi o mais velho sorrir de canto, fazendo sua covinha esquerda aparecer...

 

(Hoseok) – Precisa se trocar logo, ou então vai pegar um resfriado... – Escuto a campainha do quarto tocar e fico encarando a porta por cima do ombro dele, surpresa.

 

- M-Meu deus... – Tento me livrar dele e olho para o mesmo – Atenda, e-eu vou esperar dentro do banheiro... – Corri até o banheiro e fechei a porta, fiquei escorada sobre a mesma e esperando algum sinal.

 

(Hoseok POV’s)

 

Eu queria rir com a carinha de desespero da mesma, adoro provocar a mesma dessa maneira... Caminhei lentamente até a porta do quarto e quando a abri vi uma das moças que servem os quartos com uma mala.

 

(Moça) – Senhor, ai contém as roupas que me solicitou, coloquei um perfume e algumas maquiagens para a sua senhorita usar. – A mesma se curva ao me entregar a mala e eu sorrio como agradecimento, logo ela sai e eu vou em direção a porta do banheiro onde Alessandra estava escondida, dou duas leves batidas novamente.

 

- Ela já foi, pode sair... Aliás, tome. – Abro um pouco a porta e ergo a mala para ela pegar.

 

(Alessandra) – O que é isso?

 

- Ela pediu para lhe entregar... Apenas aceite... – Sorri ao sentir a mesma pegar a mala de minha mão.

 

(Alessandra) – Woah!

 

(Alessandra POV’s)

 

Eu não acredito que me trouxeram essas roupas* maravilhosas, isso só pode ser obra do Hoseok! São tão lindas! Abri um pouco a porta e vi ele esperando, sorri e logo abracei o mesmo enquanto lhe roubava um beijo.

 

-Obrigada! Muito obrigada! – sorri e senti as mãos dele segurarem minha cintura.

 

(Hoseok) – Não foi nada... Agora vá se vestir, quero ver como vai ficar... Antes que eu arranque somente esse pedaço de pano em volta de você... – Ele sorriu pervertido e eu logo me separei dele com medo, corri ao banheiro novamente e fechei a porta, me certificando de ter trancado...

 

Hoseok sempre me provoca desse jeito, eu tenho que me acostumar antes que eu caia nas suas laias... Provavelmente ele já descobriu que esse é o meu ponto fraco...

 

Comecei a me trocar com as roupas lindas que ele havia me presenteado, ajeitei meu cabelo em coque, usei o perfume e passei a maquiagem que estava na mala também. O perfume continha uma fragrância maravilhosa... Era ótima, suave e com um toque sedutor... Espero que não dê nada de errado.

 

Sorri ao me olhar no espelho do banheiro, eu estava linda... Me pergunto pra que tudo aquilo somente após ter usado as coisas que continham ali. Sai lentamente do banheiro e vi que Hoseok estava de costas, me aproximei lentamente dele e o abracei por trás, senti seu peito encher de ar e sorri.

 

(Hoseok) – Eu sabia que essa fragrância ia ficar maravilhosa em você... – Vejo o mesmo se virar e olhar para mim surpreso – Wow.... – ele fica boquiaberto e me solta. – Você está... Linda... – Ele sorri bobo e eu rio baixinho com a expressão dele.

 

- Graças a você... Obrigada novamente, meu anjo... Nem sei como retribuir... – Sorri e o abracei novamente. – Agora... O que queria me falar?

 

(Hoseok POV’s)

 

Ela estava linda e muito atraente, mais do que já estava... Eu realmente ia ter um ótimo dia... Sorri ao ouvir a garota e fiquei olhando para ela que se encontrava me abraçando.

 

- Vou te vendar e vou te pegar no colo, você não vai conseguir descer as escadas vendada... – ri baixinho e fui procurar a venda.

 

(Alessandra) – O que você está aprontando hein, Jung Hoseok... – Escutei ela rir baixinho após eu encontrar a venda.

 

- Somente uma coisa que você nunca irá esquecer... – sorri e vendei a mesma, a peguei no colo em seguida e comecei a me dirigir até a escadaria.

 

Sinalizei silenciosamente para os funcionários do hotel se prepararem enquanto eu descia escada com a mesma em meus braços, os mesmos entenderam o meu sinal e logo se prepararam. Ao chegar no final da escadaria com Alessandra em meu colo, a coloquei no chão lentamente e a segurei levemente nos ombros, cochichando baixinho em seu ouvido.

 

-Espero que você goste... – sorri e retirei a venda de seus olhos...

 

Continua..

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...