História Just One Dream (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Vhope, Yoonjin
Exibições 24
Palavras 2.761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi amoras td bem? vou ser bem rapida, ja que eu tenho mania de falar muito. Essa é minha segunda fanfic mais meu primeiro yaoi, shippo jikook mais nao é meu otp supremo, mas nao consegui ver essa fic não sendo jikook, eu realmente estou bem animada pra essa fic espero que gostem. Boa leitura, me desculpe qualquer erro <3

Capítulo 1 - Chapter 1


Normalmente, Jungkook não acordara bem disposto pela manhã. Sempre carregava uma carranca no rosto e seu grande senso de ironia matinal. Não que ele fosse assim por querer, porem era algo que já não estava mas sob seu controle, quando virá uma onda de sarcasmo já sairá pela sua boca.

Naquela manhã o moreno não entenderá o motivo de plena seis horas da manhã estar tão vibrante. Seu alarme nem soar, soou. Jungkook rodará sua confortável cama em busca de seu precioso sono que parecia ter fugido ao seu olhar. Finalmente rendeu-se que não iria conseguir dormi, sentou-se em sua cama com uma feição frustrada. O garoto correu o olhar pela pilha de roupa em cima da poltrona, parando em sua janela entreaberta que deixava flashes de luzes passarem.

Como sempre, fizera sua higiene matinal podendo finalmente despertar por completo ao sentir as gotas frias que tocará seu corpo morno. Longos dez minutos foi o suficiente pra deixar Jeon pronto para um dia no tão esperado inferno, a escola. Jungkook sai do box, apenas com uma toalha enrolado em sua cintura, deixando seu abdômen branquinho e escultural a mostra.

Jungkook é um garoto bonito. Seus cabelos negros lisos criavam um belo contraste com sua pele branca e macia que envolvia seu corpo alto e magro porem não deixava de ser viril. Seus olhos castanho escuro, quase negros, que transmitia inocência realçava seu rosto que tinham traços delicado e seu boca que muitas vezes estampavam seu sorriso, deixando bem a mostra seus dentes que semelhavam a de um coelho.

 Vai em direção ao seu armário a procura de seu uniforme - que por sorte, sua escola não fazia questão de mais que a blusa e o casaco- ele veste a calça, a camisa branca e termina de calçar seus tênis.  Jungkook penteia seu fios negros deixando por fim secar naturalmente. Olha no espelho desviando o olhar ao relógio. Só terá se passado meia hora e castigasse mentalmente por ter acordado cedo.

Jeon logo sentiu o cheiro de panquecas, que sua mãe preparará uma vez por semana, porem nunca conseguia comer, primeiro pelos seus irmãos menores sempre que acabam com tudo; e segundo motivo sempre acordava atrasado. Sorri largamente só em pensar que poderia finalmente fazer uma refeição dessente, não um gole de suco e uma torrada fria que sua mãe preparará para que não saísse de barriga vazia.

Sai de seu quarto já podendo sentir uma grande movimentação no andar de baixo. Ouvia gritos e a voz calma de sua mãe acalmando seus irmãos. Sempre fora assim em sua casa, mesmo depois da morte de seu pai. Sua mãe nunca deixou se abate pela tristeza, Jeon via e ouvia toda noite sua mãe se derramando em lagrimas, apesar de suas grandes olheiras de cansaço porem sempre carregava em seus lábios um sorriso aconchegante.

Ao chegar no ultimo degrau pode ver seus irmão; Soohyun e Seoyun apressando-se para o colégio, os dois corriam pela cozinha com panquecas na mão e o que parecia ser uniforme de educação física. Sua mãe estará sentada tomando seu café enquanto lia algo em seu celular. Jungkook entrará na cozinha, sentando-se ao lado da mulher de meia idade porem aparentava bem menos.  Tinha longos cabelos negros e lisos como de Jeon, seu olhar era cansado mas estampou um grande sorriso ao ver o filho.

-Que surpresa .-  brincou sua mãe, levantando e depositando um beijo nas bochechas de Jungkook, que abriu um leve sorriso de lado. Ela estendeu o prato de panquecas que fez o moreno suspirar de alegria. Sua mãe lhe coloca um suco de laranja em sua frente para que o moreno saboreasse o café que lhe foi posto. Jungkook murmura um obrigado quase não entendível pela boca cheia.

-Vou pra casa do Taehyung fazer um trabalho, mas chego antes das dez.- Lembrou a mãe que se aprontava para levar os irmãos de Jeon ao colégio. Logo todos estavam devidamente arrumados e sua mãe procurava a chave do carro, que magicamente tinha desaparecido. Seus irmãos não seguravam os risos, deixando na cara que os dois devam ter escondidos. Jungkook mandou um olhar para os dois que logo pararam. O mais velho caminhara ate os menores e agachou para ficar na mesma altura.

-Nossa mãe vai fazer plantão hoje no hospital, então...- Jeon para dando um sorriso maldoso, fazendo seus irmãos suarem frio.- Já sabem sem sobremesa, porem posso relevar se fizerem magicamente a chave aparecer no sofá.- Ele levantou e seus pequenos pestinhas saíram apressados para pegar a chave, fazendo-o rir

O mais velho se tornara um pai para os irmãos já que seu pai faleceu quando ainda tinham só três anos.  Jungkook ensinara tudo aos garotos. Desde esportes, a travessuras. O lance de esconder a chave, foi o mais velho que comentou a Soohyun e Seoyun, que fazia  quando não queria ir a escola e varias outras coisas a mais. Por isso nunca caia nas mentiram dos irmãos e os chantageavam com sobremesa.

 Sua mãe sorria aliviada ao encontrar a chave misteriosamente no sofá. Jeon manda uma piscadela aos seus irmãos que tinham a cara emburrada. Todos saiam apressados, sua mãe fez questão de lhe oferecera uma carona, que ele fez questão de negar. Ele chegaria cedo ao colégio, Jungkook odiava chegar cedo ao colégio, por ele nem ir iria. A única coisa que realmente gostava naquele lugar era o grande salão de dança. Aquele lugar realmente deixava Jeon bem, ele deixava seu corpo se expressar de acordo com a musica que lhe soava.

 O moreno se assustar ao ouvir uma alarme soar e procura donde vinha o tal som, logo culpando-se mentalmente por tal burrice, quando viu que era seu despertado tocando. Jeon era o típico cabeça de vento, sempre estará pensando em algo ou “viajando na maionese” menos no lugar prestando atenção em tal coisa ou em tal conversa.

Jungkook logo sobe em sua bicicleta e sai pela rua. Fazia um dia agradável, o céu estava azul e o sol nascia esquentando o ar gélido da ultima noite. O inverno estava no final do seu ciclo e em poucos dias a primavera estaria dizendo seu caloroso “oi”. Já dava pra sentir e ver os sinais da próxima estação, as flores estavam desabrochando e a brisa levemente aquecida batia no roto de Jeon enquanto ele pedalava.

A escola não era longe, poucas quadras e alguns desvios das pessoas apressadas para o trabalho era preciso para o moreno já poder ver o grande prédio e vários alunos conversando na porta. Ele prende sua bicicleta no lugar adequado para isso e logo pode ver seu atrapalhado amigo se aproximando com um sorriso grandioso.

-Você ta aqui, na hora certa, não esta atrasado, nem suado por ter corrido por estar atrasado. – Taehyung fez uma brusca aproximação e cheirou o pescoço de Jungkook, fazendo o moreno empurrar o amigo e corar levemente com os olhares que os outros alunos lhe lançavam.- Está cheiroso.

Taehyung era bem hiperativo e estranho pode se assim dizer, sempre fazia esses atos espantosos, mas era uma ótima companhia . Tinha a pele mais morena porem realçava seus cabelos e olhos castanhos. Seu sorriso quadrado era algo sempre evidente e caloroso. Não dava para não sorrir quando ele sorria.

Jungkook terá sorte por ter  o amigo em sua sala de biologia. Ter que aturar aquela aula que segundo o moreno era  desnecessária e aquele professor que lhe dava nos nervosos era quase insuportável, se não tivesse o amigo. Taehyung falará sobre sua aula de dança e como  tinhas pessoas ótimas e principalmente um,” ele era incrível”...  Depois disso Jungkook desligou-se do mundo, ou do que o amigo falava.  Tae já terá chamado Jungkook milhares de vezes para fazer uma aula experimental. Taehyung sabia do potencial e talento do amigo pra dança. Mesmo tentando esconder, sempre pegava o amigo no fim de suas aulas indo para a sala de dança.

-Você deveria fazer aula de dança, podemos montar um dupla...-  Falava todo animado olhando para Jeon que tinha a feição seria, que fez aos poucos o amigo murcha o sorriso. Jungkook sempre se privou da dança pelo pai, que achava que dança não levaria ele a nada, ou qualquer coisa que não tivesse um livro ou uma faculdade. – Jungkook você ama dançar não negue.

-Já falamos sobre isso e mantenho minha resposta, não.- Jungkook respondera calmamente ao amigo. Virou-se e caminhou ate seu armário. Ele sonhava com o amigo esquecendo esse assunto e aceitando sua resposta, porem Taehyung é insistente, isso poderá ser um defeito ou qualidade depende do lado que você esteja, pra Jeon isso era um defeito.

-Vamos fazer um acordo. – Jeon fechou a porta do armário e observou o amigo. O mesmo tinha o típico sorriso de quem iria aprontar ou tinha um plano. – Eu tenho aula de dança depois da aula, você terá que me esperar da mesma forma, que tal fazer uma aula, uma única aula.- Jungkook solta um suspiro. Realmente estava de bom humor, se fosse nos outros dias já teria dado uma patada no amigo, mas não faria diferença a Taehyung que já tinha se acostumado com grosseria matinal do amigo.-Prometo que se for hoje nunca mais irei insistir com esse assunto.- Taehyung era esperto. Sabia que o amigo não negaria, estava cansado do tal assunto e sabia que Jungkook iria se interessar pela aula.- Jungkookie, vamos só uma misera aula, nem precisa fazer ela toda se não gostar.

-Eu faço a maldita aula, mas promete que vai me deixar em paz depois.- Taehyung dava pulinhos de felicidade e abrira seu sorriso quadrado. Jungkook  realmente estava ansioso, porem não deixaria expressar tal sentimento, ficando com sua típica face de indiferente.

Os dois amigos voltaram a caminhar ate sua classe de biologia, que não ficará longe.

(...)

No decorrer do tempo não a via acontecido nada de incomum na aula. Além de aturar três tempos de biologia, quase insuportável se não fosse por Taehyung lhe tacando bolinhas de papel e lhe mandando mensagem sobre verruga enorme do professor na testa.

Já estavam no final de seu ultimo tempo, o professor falava algumas baboseiras sobre a matéria  da prova, que entraria pelo ouvido de Jeon e sairia pelo outro. Logo o sinal para a saída ecoou por toda colégio, fazendo o professor se calar em meios os alunos que levantavam e saia.

O moreno sempre era o ultimo a sair da sala, era uma das formas de fugir o tumulto da hora da saída. Ele caminhava pelo corredor que continha poucas pessoas. Jungkook se sentia ansioso. Mais ainda quando viu aquelas pessoas entrando na grande sala espelhada. Ele pode ver Taehyung lhe esperando na entrada da sala de dança.

 Taehyung sorriu  ao ver que o amigo cumpriria o prometido e não terá dado bolo. Apesar de saber que o amigo nunca faria isso, não descartada uma desculpa esfarrapada que talvez Jeon poderia lhe dar para não ir. Para ele nunca entenderia o fato do amigo sempre ter fugido da aula de dança, não era só pelo seu pai, talvez medo de dançar em publico realmente não tinha motivos lógicos para isso.

-Você veio pensei que iria embora e amanhã ia vim com uma desculpa idiota do mundo.- Tae

soltou uma gargalhada, fazendo o amigo não se conter em revirar os olhos porem manter o semblante serio. Era quase impossível não rir perto de Taehyung, passou pela cabeça de Jungkook.

-O que eu não faço pra você esquecer esse assunto de vez.- Jungkook sentara em um banco que ficava em frente aos espelhos fazendo ele ter total visão se si.

O lugar estava mudado. Jeon dançara diversas vezes ali, porem era pra aliviar o stress, que naquele momento corroia  o moreno  internamente. Parecia que sua cabeça e seu corpo explodiria a cada pessoa que adentrava no lugar.

Jungkook não era um dançarino, pelo contrario estava longe disso. Apenas dançava pra relaxar e se divertir. Passaria vergonha na frente de toda aquela gente. Ele fazia movimentos constantes em sua  pra cima e pra baixo se repetiam de acordo que o tempo passava.

Taehyung notara o nervosismo do amigo e colocou uma mão sobre a coxa do mesmo na tentativa de acalmar porem só lhe deixando mais tenso por sua ação.

 Jungkook colocou o fone e deixou a musica lenta entrando por seus ouvidos e relaxando seus músculos. Pode ver que duas pessoas se aproximaram de junto ao seu amigo. Ele encarava os dois meninos com um olho aberto e outro fechado.

Taehyung abriu um grande sorriso ao ver os dois amigos chegarem e pararem em sua frente. Ele os consideravam assim apesar de pouco tempo que eles se conheciam.

-Quem é o garoto novo?- Hoseok indagou sobre Jeon que apesar de ainda observa discretamente os dois garotos não ouvira a pergunta.

-É meu amigo hyung, Jungkook.- Tae olhara o amigo, que ainda tinha os fones no ouvido. Ele pós a mão no obro do mesmo que virou-se e encarou Taehyung, que tinha um sorriso amarelo nos lábios.- Aquele que falei, ele dança muito.- Jeon nesse momento já não estava mais com fone no ouvido e arregalou seus grandes olhos negros, fazendo o garoto bochechudo sorrir achando a cena adorável.- Esses são Jung Hoseok e Park Jimin.- Taehyung apresentou seus amigos que sorriram de lado fazendo uma reverencia com a cabeça.

Alguns minutos se passaram desde as apresentações. Jungkook tinha seus fones no ouvido, pois  Tae conversava  com Hoseok. Ele deveria ser  o “ menino incrível” que ele terá falado era ele, pensou o moreno, que não segurou e sorriu com cena. Ele pode sentir o olhar pesar sobre ele. Jungkook olhou de rabo de olho e pode ver  Jimin. Deveria ser esse o nome dele, pensou o mesmo. Viu um corpo se sentar ao seu lado porem  não ligou e continuou cantarolando a musica que rodava seus ouvidos.

A noticia que o professor se atrasaria um pouco para aula, alegrou e desapontou algumas pessoas. Obvio que não foi preciso ser um gênio pra descobrir que tinha ficado feliz. Ate parecia destino conspirando  para que Jungkook não fizesse a aula. Porem o professor terá passado o começo da aula pra o amigo do Tae. Hoseok era como um ajudante do professor porem sempre dava uma mão professor quando esse tipo de coisa acontecia.

Não demorou para que a aula começasse. Eles repassavam uma coreografia, que apesar de precisar de técnica e treinamento não era difícil. Jungkook pegara bem rápido, apesar de errar pequenas coisas. Taehyung sorria igual uma mãe vendo o filho se apresentar no fim do ano. Ele sabia como dança era algo que o amigo realmente gostava, porem se repreendia pelo seu pai apesar de falecido.

A aula passou mais rápido que Jeon esperava, deveria ter sido por ter se divertido. Sentara no chão para recuperar o fôlego. Enquanto sua respiração voltava ao normal observava as pessoas saindo da sala. Ate que não fora tão ruim, pensou. Sentiu uma mão ser colocada e seu ombro e olhou para trás. Tae sorria largamente, seu típico sorriso quadrado.

-Então o que achou da aula?- Ele fez questão de sentar-se e lhe encarar nos olhos. Taehyung sempre vazia isso quando queria conseguir algo, no caso de agora que Jungkook fizesse a aula. Tae sabia que o amigo era tímido e não conseguia manter o contato visual e desviaria o olhar.- Hobi  elogio você, ele disse “ele é ótimo, espero que fique”.- Imitou o amigo fazendo Jeon lhe olhar e rir pela imitação horrível do amigo.- Então o que achou da aula? Vai ficar?

Jungkook se levantara e foi pegar suas coisas, o amigo já estava atrás dele com um olhar esperançoso. Mas o que Jeon não sabia era que os  Jimin e Hoseok   estavam do lado de fora ouvindo a conversa. Tae tinha pedido que lhe esperassem.

-Quem sabe mais algumas aulas eu não me canso de dançar.- Taehyung deus seus pulinhos e abraçou o amigo que ria da exageração do amigo. Logo os dois que estavam do lado de fora entraram assustando Jungkook.- Vocês estavam lá fora ouvindo a conversa?- Questionou aos dois que assentiram com a cabeça.

-Ele que pediu.-Park se defendeu recebendo um olhar de reprovação de Taehyung.  Um calafrio  percorreu o corpo de Jeon quando ouviu pela primeira vez a voz de Jimin. –Quem quer almoçar?- O menor perguntou sorrindo e todos concordaram. Jeon pegou suas coisas e seguiu os outros logo atrás recebendo um olhar por cima do ombro de Jimin. Jungkook olhara sem entender, mas logo desvio quando sentiu seu rosto esquentar se reprovando mentalmente por ter corado. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, como eu estou terminando outra fic não vou postar essa semana, vou tentar postar na próxima. Até o próximo capitulo amoras <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...