História Just One God (Interativa) - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~Kozayuki

Postado
Categorias Ao no Exorcist, Fullmetal Alchemist: Brotherhood, Noragami
Exibições 15
Palavras 1.861
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ecchi, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Peridit de novo -q
Coloquei um gif de capa
Espero que funcione

Capítulo 12 - Senhorita


Fanfic / Fanfiction Just One God (Interativa) - Capítulo 12 - Senhorita

{???}

Então , com toda a força em sua espada , a deusa da guerra correu em direção ao inimigo e fez uma grande ferida em seu peito , fazendo ele morrer instantaneamente . Liberando o espaço , a deusa conseguiu pegar o objeto que era o motivo de sua aventu-...

- Oh . - Larguei meus lápis , que escrevia com calma e delicadeza em meu caderno cristalino - Parece que eles estão lutando , uh?

Me levantei de minha cadeira cristalina e logo observei o lugar onde estava . Estava sentada perto de uma mesa de cristal , e tudo na sala era de cristal . Apenas havia uma janela , que na verdade era uma varanda , infestada de plantas delicadas e bonitas de cor azul . A varanda era composta de cristais , do murinho onde nos apoiamos até o chão . Lá na varanda também havia uma mesa pequena , parecida com a da minha sala , e a mesma cadeira idêntica . 

- Minha deusa . - Olhei para trás e era meu mordomo - Estão chamando pela senhorita .

- Obrigada pela formalidade , William . Agora se me permitir , eu irei até eles . - Meus cabelos ficaram ruivos e minha roupa ficou branca e vermelha , e a sala mudou de cristais azulados para cristais alaranjados , e as flores da varanda , viraram rosas vermelhas . 

- Você sempre manteve sua beleza impecável , senhorita .

- Muito obrigada . - Sorri indo em direção a porta - William , a nuvem . Por favor . 

Saí de meu castelo cristalino e fiquei na porta , esperando William trazer minha nuvem de viagem . Quando ele trouxe , instantaneamente a nuvem fez uma escada para eu subir . Me sentei na nuvem e a escada de desfez . William deu tchau para mim , e eu o retribuí .

- Como está minha senhora?? - A nuvem começou a falar , com sua voz calma como se estivesse falando e cochichando . Era uma voz masculina . - E onde vai?

- Eu vou ... - Tirei toda minha formalidade e sentei sem modos na nuvem , sorrindo e apontando para o sol - Ao norte , quando você vir um templo , não hesite , pouse!

- Sim , minha dama ...

Ao chegar no templo , dei um suspiro e corri sem jeito até a porta , abrindo ela como se fosse minha própria casa . Todos me olharam com pânico e cruzaram as pernas , enquanto se sentavam no sofá .

- S-S-S-S-Senhorita Higuro!!! - Todos disseram ao mesmo tempo 

- Apenas Maika , pessoal! - Dei um sinal de joinha com as mãos - Aqui sem formalidades bobas só por que eu sou a deusa da guerra mais poderosa que Bishamon!!! - Comecei a me gabar

- Eu vou contar tudinho para a Bisha ... - Do nada Kofuku saiu da cozinha com um celular - 9985 , 5140 ...

- E-E-Espere Kofuku-chan! Eu não me comparo ao nível de Bishamon! Eu apenas tenho fama , uma nuvem que fala e um mordomo super educado!!!

Peguei minha espada e perfurei o chão com ela , me apoiando com os dois braços na ponta . ''Então a humana que temos que derrotar é Liesel , a mente de tudo , não é?'' todos confirmaram com a cabeça .

- Então VAMOS A LUTA!!! - Sorri , arrombando a porta que Ichigo acabara de fechar , e ao mesmo tempo eu havia tirado minha espada do chão - Eu vou derrotar essa fresquinha de merda!!!

{Yang Mi Ryu}

- Yang , agora é a sua vez . - Liesel me dizia sem expressão no rosto 

- Eu? Por que eu??? - Comecei a entrar em pânico - M-Mas eu não consigo derrotar um deus senhorit-...

- ENGULA SUAS PALAVRAS E VÁ A LUTA . - A mesma jogou minha foice contra mim , que eu agarrei e abracei rapidamente

- Kyaa , tudo bem , eu vooou! - Saí choramingando da nossa base de reunião

Certo , preciso derrotar um deus ... Mas como? Olhei para os dois lados e senti que um templo estava por perto . Corri até lá quando sem querer avistei um cara um tanto quanto estranho . Tinha cabelos brancos com chifres pretos e escondia seu corpo com uma blusa de couro negra . 

- Você não tocará nem um dedo nos deuses com quem eu negociei . - Ele sorriu - Bem , para começo de conversa , eu sou o Dio Nar'zart , o último nome que você irá ouvir . 

- E-Então cai pro pau! - Segurei minha foice com bravura , ainda corada e com lágrimas no rosto 

Quando ele veio para cima de mim com uma espada revolver eu tive a sensação de perigo . Saí correndo e ainda espetei a ponta de minha foice em sua blusa , que o fez ficar um pouco bravo , mas fez um ''hunf'' e foi embora . Chegando ao templo , vi uma menina na porta com uma espada branca e vermelha . Esperei ela sair de lá completamente e ficar parada na rua olhando para os dois lados . Pulei do meu ''esconderijo'' e fui com tudo para cima dela com minha foice . 

Em uma ação rápida , ela defendeu com sua espada . Uma aura de puro poder estava naquela espada . Ela tentou me fatiar em um segundo mas eu sempre conseguia desviar com minha foice .

- Sei que é seu trabalho , mas também é meu trabalho te eliminar . - Ela disse bem séria - E eu não tenho medo de pirralhas . - Completou com sarcasmo

Eu tentava desviar dos ataques mas eles eram muito precisos e rápidos , eu nem conseguia me movimentar direito , e sempre levava cortes daquela espada , e as feridas ferviam . Decidi então ser corajosa , pois não queria mostrar para Liesel que sou fraca , então peguei minha foice e comecei a fazer riscos nela , que abriam grandes feridas .

- Sua ... GRRRR!!! - Seus olhos estavam começando a ter um brilho azulado , e sua espada , cabelos e uniforme estavam ficando azuis - Eu não queria liberar meu poder tão cedo , mas eu vou fazer isso ...

Seus ataques começaram a ficar mais rápidos , e ela estava sem expressão alguma no rosto , se concentrando na batalha como se fosse um leão , só que ela não rugia e nem fazia tanto barulho na caçada , ela era quieta . Seus movimentos faziam o chão ficar gelado e delicados , e eles estavam se quebrando . Eu não podia desistir , por mais que ela seja uma mulher com passos precisos e delicados com o chão , que fazem seus sapatos parecerem saltos , e ela parecer uma mulher que sabe até sambar com um salto fino . 

Continuei tentando atacá-la com minha foice , espetando a ponta em sua cabeça as vezes , e ameaçando cortar seu cabelo . Sem querer ela se distraiu pois estava ficando cansada e eu tive a chance de tentar cortá-la com a foice , ao meio . Chutei suas pernas e espetei minha foice em sua cintura , a fazendo cair rapidamente .

- E-Eu vou vencer ... PELA LIESEL!!! - Ergui os braços e deixei minha foice um pouco caída atrás de mim , então vim com tudo atacá-la no seu peito . 

No mesmo momento , quando vi que minha foice havia tocado em seu peito , uma aura gelada subiu até minhas mãos . Comecei a tremer e chorar ao mesmo tempo , ela havia jogado uma maldição em mim antes de eu atacá-la .

- Não se mexe com a deusa da guerra . - Ela se levantou e colocou sua espada no suporte da sua cintura - Que isso sirva de lição para você .

- K-Kyaaa ... - No mesmo instante , caí dura no chão . 

Após essa batalha , acordei no quarto de Liesel , com uma faixa quente na cabeça e uma roupa de hospital . O que ... aconteceu?

{Marcos}

Droga!!! Alguém me tire daqui!!! Sem perceber , eu estava batendo na parede freneticamente . Já se passaram horas de que estou aqui , eu não vou conseguir sair mesmo?? Lágrimas saiam de meus olhos . Como o deus da morte pode ser tão fraco? Me sentir trancado me deixa louco ... Rapidamente ouvi o som de alguma coisa tentando quebrar a parede , e foi incrível como quebrou .

- Oizinho!!! - Natasha , uma alquimista , me olhou com um rosto fofo e deu um oi com a mão - Viemos ajudar!!! - Um homem sombrio de cabelos brancos e chifres pretos surgiu em cima dela - Não é , Dio-sama?

- ... - O mesmo fez carinho na cabeça de Natasha

- V-Vieram ajudar ...?

- Isso! Então tire essa expressão de mongoloide da sua cara e vá se encontrar com o pessoal no templo! Antes que seja tarde demais , tá bom???? - A garota correu até mim e colocou seus dedos no canto de meus lábios , empurrando para fazer um sorriso - Agora sorria um fique sério , sei lá , mas não se mostre fraco!

Tirei suas mãos de perto de meu rosto e saí daquele lugar com os dois . Caminhamos até o templo , e quando cheguei lá , estavam todos sorrindo .

- MAAAAAAAARCOSSSSSSSSSSS!!! 

- CHEGAMOS!!! - Uma garota de cabelos vermelhos e grandes peitos havia quebrado a parede - CADÊ OS ALQUIMI-... NATASHA! ICHIGO! 

- Haaaai! - Os dois deram um oi com as mãos

- PRECISAMOS TODOS DERROTAR A LIESEL! - Ela ergueu a mão e apontou para cima - EU , OS ALQUIMISTAS , OS DEUSES E ... O Alphonse .

- O quê??? Eu sou um alquimista também , eu sou importante!!! - Alphonse Elric saiu de trás da garota

Com uma expressão de cansaço , Ayano que estava lendo um mangá yaoi com a Yurena , disse que amanhã iríamos ir a luta com os humanos . Todos confirmaram com a cabeça . Hoje é dia de sacanagem , como meus avós diziam .

- Bom , garotas , vamos pro banho? - Maika sorriu , se levantando - Maia , Ayano , Yurena , Rollyn , Crys , Natasha , Laila ... Quem quiser vir!!!

- O que??? TODAS NÓS??? - Ayano logo olhou pra todo mundo - Não . Vai ser um show de horrores ver tantos peitos feios . Os meus são inigualáveis! - A de cabelos rosados apoiou o pé na mesa e abaixou a camiseta , dando para ver seu sutiã de caveiras vermelhas . Yukine teve um ataque e caiu duro no chão

- Eu aceito . - Maia sorria , tomando chá

- Vai ser divertido vai!!! - Laila também estava sorrindo

- Então vamos lá!!! HORA DO ANIME ECCHI!!! - Rollyn sorriu , se sentindo em um hentai/ecchi

 


Notas Finais


eu decidi colocar a maika para controlar o gelo e o fogo quando seus cabelos ficam azuis ou alaranjados , mas não sei se você vai gostar da ideia . Se gostar , permanece , se não gostar , esquece -q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...