História Just one more night - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 93
Palavras 1.677
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OIOIOI PESSOAL

uma coisa que eu queria deixar claro aqui...OS PERSONAGENS NÃO FORAM EU QUE CRIEI
"Ah autora, então por que você pôs categoria originais? "

Porque quase ninguém conhece esse shipp, na verdade é bem difícil shippar alguém de Resident evil, mas sabe como é ne rsrs sou aquele tipo de fujoshi que shippa tudo

Eeeenfim, os personagens são:

Leon Kennedy e Chris Redfield, eles são do jogo/filme de Resident evil e eu shippo de mais eles

Sem mais delongas, espero que entendam o porquê pus em originais hsushssbsb

Boa leitura, bom shipp, apreciem com moderação e desculpem se tiver algum erro *3*

Capítulo 1 - Single Chapter


Fanfic / Fanfiction Just one more night - Capítulo 1 - Single Chapter

O homem loiro olhava pela janela de seu quarto, a vista não era mais nada alem de muros altos cercados de arame farpado e sistemas de segurança.

Ja havia enfrentado tanta coisa que a essa altura do campeonato nem temia mais nada. Um suspiro pesado saiu dos labios do loiro presente ali, que desviou o olhar rapidamente pra porta quando ouviu a mesma abrir.

Sorriu de lado ao ter a imagem do moreno com farda do exercício, provavelmente acabara de voltar de uma missão.

- Esses caras não desistem. -a voz do moreno ecoou no quarto que ate poucos segundos estava em total silêncio, o loiro por impulso, se aproximou e deixou um selo no canto dos labios do mais novo namorado

- Você terminou sua missão, Chris - Leon, por sua vez se afastou minimamente do moreno pra conseguir tirar a camisa social que tanto lhe incomodava, apesar de gostar desse tipo de roupa, estava quente de mais pra usar naquela noite de verão.- não devia trazer estresse, vai por mim, nunca da certo

Chris apenas acenou positivo com a cabeça antes de sentar-se sobre a cama de casal (que todos juravam que Leon dividia com Ada), Leon se senta atrás do mesmo começando a massagear os ombros do companheiro.

Nunca fora um namorado meloso ou que fica mimando e acostumando mau o parceiro, mas também sabia quando alguem precisava descansar e desestressar, então decidiu que podia ser mais liberal e mima-lo um pouco

- Devia tirar a farda...eu vou poder fazer melhor se estiver sem ela

- Você esta bem? - o maior se virou e pós a mão na testa de Leon, fazendo o mesmo franzir a testa sem entender a situação.

-Estou...mas...Por que? - Chris riu, o fazendo revirar os olhos, tinha que ser tão bobo? pensou com ele mesmo

- Esta se preocupando comigo, você não faz isso sempre - o moreno se virou, ficando frente a frente com o mais baixo, mesmo Leon sendo dois anos mais velho, a falta de tamanho o afetava um pouco.

- Acabou de chegar de uma missão, está cansado e eu não sou um monstro sem sentimentos - Leon revira os olhos, recebendo em troca um selo demorado em seus labios o que fez o loiro sorrir bobo ao fim do ato - seu sorriso é lindo - Chris completou, com um sorriso simples enquanto levou a mão ate a franja do loiro ponhando atrás da orelha

O loiro sorriu novamente, antes de selar aqueles labios macios que tanto o fascinava, uma sincronia perfeita e as línguas dançavam a mais suave melodia, que se não fosse a falta de ar pra atrapalhar, teriam continuado o osculo por horas e horas, ate cansarem

O mais novo passou as mãos pelos braços descobertos de Leon que usava uma regata preta, ja que sua camisa social havia sido deixava de lado faz tempo, desceu as mãos ate a cintura do mais velho e sorriu ao sentir a respiração do loiro tocar seu pescoço enquanto o mesmo deixava alguns selos leves sobre o local, fazia tempo que não tinham tanta intimidade, a última vez havia sido a um mês atrás, quando passaram mais de uma hora no banheiro

O loiro por sua vez, subiu no colo do moreno ainda com seu rosto sobre o pescoço mordendo levemente, passava suas mãos pelo abdômen ainda coberto em busca do ziper pra abrir a parte de cima da farda alheia, sua respiração ofegante contra o ouvido estava o deixando excitado, não entendendo como os toques simples do loiro mais velho conseguem ter tanto poder sobre ele

- Chris... - a voz do loiro saiu baixa e rouca

O moreno, por sua vez, não se aguentou e apertou sua cintura com certa força, respondendo com um "hm" antes de deita-lo na cama com cuidado. Ficou por cima do mais velho e levou a boca até seu pescoço, o chupando e mordendo, aproveitando aquela carne macia.

- O que você quer, Leon? - perguntou com a voz mais grave e rouca, tentando descobrir, de alguma maneira, o que o mais velho desejava que ele fizesse.

O Loiro rodeou a cintura do mais novo com as pernas logo suspirando com os toques alheios sobre o pescoço, passou os braços pelo pescoço do outro e pousou a mão na nuca do moreno, puxando os cabelos dali

- Eu quero sentir o seu corpo junto ao meu...sentir seus toques...seus carinhos... sentir você por completo -

apesar de ser mais velho e mais experiente que o outro, ele sentia um pouco de vergonha em dizer tais coisas, preferia mostrar e agir do que dizer o que realmente queria

E ao ouvir aquilo, o moreno realizou os desejos do loiro. Aquelas palavras surtiram um efeito no mais novo, deixando-o consumir pela luxúria.

Iniciou então um beijo molhado e necessitado, enquanto, com uma mão, vasculhava o corpo do homem em baixo de si, numa busca incessante e com outra, puxava o mesmo para si para que tivessem mais contado.

-Leon... Eu te desejo tanto... Quero sentir cada parte da sua pele.

Apos aquela frase, Leon perdeu seu resto de sanidade que restava, loiro ja não aguentava mais e apenas tirou atrapalhadamente a farda do maior, a jogando em qualquer canto do quarto que não importava agora, as mãos ágeis desceram ate o cinto alheio, o abrindo rapidamente antes de também joga-lo em qualquer canto ali, que provavelmente no outro dia se estressaria em ter que arrumar tudo aquilo,e ca entre nós, com uma bela dor no bumbum.

E nem lembravam mais de nada naquele momento, não lembravam de zumbis, não lembravam que estavam em um quartel e não lembravam que podiam ser ouvidos la de fora, apenas queriam sentir todo o prazer que um podia proporcionar ao outro

Ja o moreno, so queria uma coisa, ou melhor, pessoa: Leon. Ah sim, como aquele loiro proporcionou um vício no mais novo. Sim, os toques e beijos de Leon eram seu vício.

Sem pedir permissão, tirou a regata do parceiro e logo em seguida, seu cinto e calça. Sim, agora estávamos a sentir diretamente um ao outro sem tecidos barrando o toque direto. O moreno iniciou uma massagem no membro do mais velho, ainda por cima do tecido de sua boxer, enquanto apertava sua bunda com propriedade, entre o beijo.

Um sorriso de canto brotou nos labios de Leon, ja podia sentir seu membro crescer ali

A mão foi ate a mão do namorado a guiando pra dentro da box preta, o fazendo jogar a cabeça pra trás e apoiar os braços no colchão da cama, mordeu o labio inferior tentando não gemer, não queria admitir nunca que o deixava louco tão facilmente

Após o ato um tanto ousado do parceiro, que deixou o moreno mais feliz ainda, decidiu se livrar de uma vez da cueca do loiro, jogando-a em algum lugar do cômodo ali.

Após isso, iniciou uma masturbação no mais velho , lenta e prazerosa. Em seguida se abaixou e abocanhou a cabeça do membro do mesmo, chupando e lambendo ali

Sua língua percorria da base até sua glande alternando entre movimentos de vai e vem rápidos com torturantes e vagarosos enquanto sentia seus cabelos serem puxados fortemente pelo loiro, que fazia de tudo pra não gemer, isso fez o moreno tirar o membro alheio da boca, voltando a masturba-lo enquanto o olhava

- Geme pra mim, uh? Geme daquele jeito que você geme quando eu te chupo...

- so se me fizer gemer...- a voz do loiro saiu falhava e sua respiração estava ofegante, mesmo não querendo demonstrar, o moreno estava lhe proporcionando sensações maravilhosas, que a cada vez que faziam ficavam melhores

O moreno voltou a chupar o mais velho, que dessa vez gemeu alto seu nome enquanto segurava seus cabelos da nuca e estocava sua boca de forma rápida, mas o moreno logo o parou, não querendo que Leon gozasse agora

Com um sorriso malicioso nos labios, Chris tirou sua box cinza, que ja etava molhada com o Pré-gozo, se masturbou lentamente espalhando o lubrificante natural por sua glande, antes de se deitar novamente por cima do loiro, que estava com um dos braços por cima dos olhos, o que fez Chris soltar um riso fraco

O moreno pós as pernas do outro apoiado nos ombros, segurou seu membro e se direcionou pra dentro do loiro, que soltou um gemido arrastado ao sentir seu parceiro todo dentro de si, mesmo não sendo preparado, não sentiu dor pois ja havia se acostumado em ter o moreno por completo

As estocadas começaram lentas em meio a beijos, suas mãos estavam entrelaçadas e os gemidos abafados pela boca de ambos

Ao longo do tempo, as estocadas foram ficando frenéticas, fazendo Leon agarrar o pescoço do moreno e esconder seu rosto ali, deixando mordidas e chupões naquela pele macia, que provavelmente demoraria um bom tempo pra desaparecerem

-Chris...! - o loiro gemeu alto, ao sentir sua próstata ser tocada pelo membro do outro, que mordeu o labio em resposta e sentindo obrigação de repetir aquilo varias e várias vezes, apenas pra ver as expressões prazerosas instantâneas menor abaixo de si, cada expressão diferente de Leon mostrava o quanto prazer que o mesmo sentia

Em um movimento rápido, o loiro empurrou Chris que caiu sobre a cama, Leon subiu em cima do mesmo, sentando em seu membro e tomando as rédeas da situação, cada vez que "cavalgava" no membro do mais novo sentia seu ápice se aproximar

Mordeu o labio e aumentou a velocidade, não demorando pra se desmanchar sobre o abdômen de Chris que continuou as estocadas segurando fortemente a cintura do mais velho, gozando logo após o loiro

Cansado e com respiração ofegante, se retirou do membro do maior e caiu por cima do mesmo, deitando sua cabeça no peito alheio, a mão do mais velho foi aos cabelos de Leon, começando um carinho lento sobre a nuca do mesmo

- Devia me ensinar o truque que você usa pra conseguir ficar bonito ate depois de transar - o loiro apenas riu com o comentário alheio, negativando com a cabeça e fechando os olhos logo após, dormiria assim

No peito da pessoa que ele amava, e torcia pra que se repetisse varias e varias vezes.

            ...


Notas Finais


Novamente, Desculpem os erros.

Comentem, viu ♡

Beijinhos da tia Lee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...