História Just one night? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, J-hope, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang, V
Tags Amor, Coréia Do Sul, Faculdade, Sexo, Traição, Violencia
Visualizações 15
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Oh, hell!


 

7 months later...

 

Kim Namjoon P.O.V.

 

Entro na minha empresa e sou recebidos por olhares de todos os tipos, desde a inveja até o medo. Já estou naturalizado com todas essas expressões, e sei muito bem separar o ambiente de trabalho com o de casa. Os meus funcionários me tratavam formalmente aqui, mas quando estávamos reunidos em algum lugar público, sem ser a trabalho, claro, eles me tratavam informalmente, e é por isso que eu admiro muito as pessoas com quem eu trabalho. 

Sun Hee anda em passos ligeiros e sigilosos até a mim, cheia de papéis em suas pequenas mãos. Sun Hee é uma das mais recentes funcionárias que eu tenho aqui, não faz três semanas que ela me derrubou café, quase mandei a mesma para o olho da rua, mas suas súplicas e suas lágrimas foram tamanha que meu coração se "amoleceu" e eu a deixei ficar. Ela precisa ajudar a mãe que está no hospital e preciso pagar a faculdade, ela é merecedora de estar aqui tanto quanto qualquer um, é esforçada demais.

- Namjoon-Ssi, está aqui os balancetes de fevereiro e abril e um dos assuntos que serão tratados na sua próxima reunião que será na próxima semana. Ah, e eu transferi e-mails pessoais que mandaram para o e-mail da empresa para o seu email.  - Ela me entrega todos os papéis com certa pressa e eu me assusto. 

- Obrigado, Sun Hee. Acho que já pode ir. - Falo e ela abaixa a cabeça saindo ligeiramente de perto de mim.  Mas antes que ela possa se afastar um pouco eu faço um pedido. - Leve-me um café daqui 5 minutos por favor, um café forte.

- Claro. - Ela me responde e sai em direção a cafeteria. 

Ando em minha sala e penso nos e-mails pessoais, espero que não seja nada de importante, preocupação é a última coisa que eu quero para agora. Desde os últimos meses eu não venho recebendo tanta notícia ruim, e eu agradeço porque geralmente sou posto em situações um tanto desconfortante. 

O elevador para no andar da minha sala e eu saio. O prédio possui 8 andares, a minha sala ficava no andar 4. Aqui é grande, uma empresa amontoada de salas e de gente esforçadada.

Entro em minha sala, e jogo a minha pasta em cima do pequeno sofá. Tiro o meu casaco e vou à minha mesa, analisar meus novos e-mails. Sento na cadeira atrás da minha mesa, a qual está amontoada de papéis e balancetes que me deixam nervosos, afinal são papéis que eu analisei, mas a minha coragem não deixa eu jogá-los no lixo. 

Abro a minha caixa-de-entrada e vejo 3 e-mails.

Abro o primeiro e vejo que é de onde compro meus materiais de construção, para a casa da minha mãe. 

 

Caro, Namjoon-Ssi, sua compra foi efetuada com sucesso, informamos que as compras chegaram ao local indicado por você daqui 15 dias. 
 

Tenha um ótimo dia.

 

Enviada: 08:37AM.

 

Comprei uma casa para a minha mãe já faz 3 meses e já estou começando a ajeitá-la, do jeito que a minha mãe gosta, claro. Esse era o sonho dela desde que éramos pequenos, me deu educação e sempre 
foi mais que rígida nos estudos, tanto que hoje eu posso dizer à ela que valeu a pena e que sou agradecido o máximo. 
 

O segundo e-mail era do Min Yoongi.

 

 

Ei, cara! Pra quando vai ser a nossa cerveja? Estou com saudades, me liga qualquer hora dessas, tô cheio de trabalho para fazer, mas eu tô atendendo. 
 

Abraço! 

Enviada ontem: 23:03PM

 

Tínhamos tomado cerveja semana passada, e confesso que foi muito bom conversar com ele. Fazia muito tempo que a gente não se falava, espero que agora a gente possa se encontrar mais, e claro nosso grupo sair para tomar uma cerveja e jogar papo fora, mesmo isso sendo bem difícil. 

Clico no último e-mail e fico feliz ao saber que é o Bruno. 

 

Olá, Namjoon, tudo bom?

Vim dizer que estou muito feliz com os negócios aqui no Brasil, as vezes ocorrem alguns problemas, mas nada que eu não consiga resolver.

Já contratei 4 funcionários desde o último mês, por enquanto vou parar por aqui, por enquanto que a empresa não cresce.

Porém, esse não é o assunto a ser tratado, quero te fazer um pedido, eu não sei se é um pedido grande para você, mas eu vou tentar. 

Anteontem descobrimos que a Katherine passou em uma universidade que se inscreveu sem nós sabermos, típico dela, se é que você me entende. 

E universidade que ela se inscreveu foi a de Seul, eu ainda não consigo acreditar que ela passou, foi a universidade que eu me formei e ela está seguindo os meus passos, o que me deixa eternamente feliz. 

O seguinte é que os dormitórios da universidade são bem caros e para ela pagar, teria que trabalhar, e eu não quero que ela trabalhe no momento, trabalho e faculdade não é algo que dá para se ligar ao mesmo tempo, fica muito difícil, você me entende... E se eu pagasse, teria que demitir alguns funcionários, e eu não quero isso. 

Quero saber se você poderia deixar a Katherine ficar aí na sua casa por algum tempo até eu ter mais estabilidade financeira. Eu sei que é um pedido um tanto desconcertante de eu fazer, mas é que eu confio em você. 

A Katherine já tem 18 anos e ela sabe se virar, ela não dá trabalho, e acredito que vai passar a maior parte do tempo na faculdade. 

Espero sua resposta.

Obrigado.

 

Enviada: 06:03AM

Kath. 

Associo seu nome ao dia em que a vi pela primeira vez até a madrugada em que tivemos um pequeno - gostaria que fosse "pequeno" o que tivemos, mas a minha mente gosta de acrescentar "você transou com a filha do seu melhor amigo, Kim Namjoon", digo isso para eu me sentir menos pior. -  lance. Minha cabeça dá várias voltas e eu sinto que vou desmaiar a qualquer momento.

Não era nada mais nada menos que a Kath. A Kath. A garota que tem o sobrenome encrenca, que tem sempre uma resposta na ponta da língua, que tem um maldito sorriso debochado e maldita beleza hipnotizante que faz qualquer homem, por mais viril, se perder. Como dizia a minha avó "mulheres assim só arrumam encrenca". Estava pouco me fodendo para isso, mas caralho, era um pedido do Bruno. O que caralhos eu diria à ele? 

Maldito dia que eu fui ao Brasil e fui levantar da cama, céus! Por que essas coisas só aconteciam comigo? Isso só poderia ser o destino fazendo uma brincadeira de mal-gosto, não é?


Notas Finais


desculpem-me por qualquer erro ortográfico, ainda irei corrigir.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...