História {Just you} - Imagine Taehyung - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Comedia, Romance, Taehyung
Visualizações 478
Palavras 2.281
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só pelo nome do capítulo vocês já vieram correndo né 🌚🌚🌚

Capítulo 5 - Masturbação


Fanfic / Fanfiction {Just you} - Imagine Taehyung - Capítulo 5 - Masturbação

S/n on

Eu estava muito feliz pois iria faltar na aula no dia seguinte,mamãe e Marcus teriam que sair por um grande tempo e o chato do Hoseok disse à mãe dele que iria ficar aqui por uma semana.

Então,disseram que eu deveria ficar de "companhia" para esse coreano aborrecido.

Mas não importava,Hoseok me salvou de um dia entediante na escola e eu não podia estar mais contente.

O problema era Taehyung.Sei lá,não é que eu vou sentir falta dele,mas sim,porque ele vai ficar sozinho perto daqueles marmanjos,isso me preocupava.

[...]

Olhei para o lado ao perceber a bagunça e desastre que Hoseok se meteu,andando com um monte de roupa e deixou tudo cair espalhado em meu quarto.Eram sete da manhã,e eu estava mais que acordada.

Eu apenas fiquei encarando sem expressão,ele olhou para mim e começou a rir,e eu me virei novamente para meu computador.

Chamei Jennie,e lá estava ela.

- Oi! - Cumprimentou a garota com um pote de cereal entre as pernas.

- Oi... - Antes de eu dizer algo mais,Hoseok entrou no meio.

- Oi!!!!!! - Gritou praticamente,Jennie riu e eu escondi meu rosto entre a mão.

- Então esse aí é o filho do seu padrasto? - Riu novamente.

- Nossa S/n,é assim que você fala de mim para suas amigas?Meu nome é Hoseok e o seu?

- Jennie.

- Hoseok eu quero falar com ela,eu!!Vai fazer suas coisas pra lá me deixe aqui. 

- Argh chata. - Ele começou a recolher suas roupas no chão,e Jennie continuava me fitando com uma expressão alegre.

- Você trata ele assim?Coitadinho.Então quer dizer que faltou a aula hoje?Que ótimo hein...

- É,tive que ficar aqui hoje com essa peste.E o Taehyung? 

- Huuuuummmm você se lembrou dele!!

- Af Jennie cadê ele?

- Já saiu ué.Se você tivesse avisado antes...

- Eu tenho medo de ele se machucar...

- Já tá apaixonada amiga?

- Não!!

- Huummmm tá sim...

- Quem tá apaixonada por quem? - Hoseok se intrometeu e ele e Jennie ficaram rindo de mim enquanto eu esfregava as mãos no rosto já perdendo a paciência. - Ah,esse Taehyung é aquele que beijou você ontem?

- Não é da sua conta!!

- É sim!!Eu quero conhecer ele S/n...

- Aish Hoseok cuida da sua vida!!! - Gritei,ele deu as costas como a melhor opção.

- Cara isso foi muito rápido!

- Jennie,pode parar,eu não estou gostando dele,ok?Pare com isso,tire isso da cabeça! 

- Vou fingir que acredito em você e ignorar essas paixões entre vocês dois tá? - Ela pegou a garrafinha de água e virou,eu nem quis responder,apenas revirei os olhos e balancei a cabeça negativamente.

- Odeio você. 

- Eu sei que não.Falando nisso,eu juro que ouvi o Taehyung gemer seu nome ontem a noite. - Comecei a rir desesperadamente,e ela riu também observando minha situação.

- Para de mentir! - Exclamei,e ela desfez o sorriso.

- Não to mentindo não S/n,eu juro por Deus.Ele tava gemendo muito cara...

- Tá bom,chega.

- É sério amiga,eu cheguei na porta do quarto dele ontem e fiquei escutando,um tempinho antes de ele parar ele disse seu nome.Sério,os gemido dele é muito excitante cara eu tava quase ligando pro Jungkook pra vir aqui gemer pra mim também. - Ela soltou uma enorme risada depois de dizer isso,me fazendo sorrir.

- Você não presta.Quem é Jungkook? 

- Meu namorado.

- O que?!Você tem namorado e nem me contou?

- Você também tem,o Taehyung.

- Ele não é meu namorado!!!

- Mas vai ser ainda.Tenho que sair agora,vovó tá chamando pra ajudar ela na cozinha.Beijinhos.

- Beijos.

Depois que eu desliguei,me deitei em minha cama,pensando sobre aquilo que Jennie me falou.

Talvez nem fosse verdade,Jennie adorava inventar histórias para distrair,mas ela parecia séria enquanto me contava.Taehyung,gemendo meu nome,isso é tão estranho e um pouco nojento,que nem quis adivinhar o que ele poderia estar fazendo.

Ela estava certa sobre eu estar apaixonada?Em tão pouco tempo?

Estava.

Não sei,acho que isso já é antigo.

Mas no fundo não era amor,nem paixão,era só um afeto mesmo, aqueles entre amigos.Será?

Eu fiquei olhando em apenas um ângulo,paralisada enquanto pensava naquilo,até que Hoseok se aproxima me dando um susto e apertando minha cintura com dois dedos para me fazer cócegas.Odeio ele.

[...]

Estava entretida assistindo animes com Hoseok,quando ouço meu telefone tocar.

Ele olhou para mim esperando que eu fosse até lá atender,e foi o que eu fiz.Era Jennie,eu mal atendi o telefone e ela mandou eu ir ao computador porque ela tinha que me ver.

Corri até meu quarto deixando Hoseok sozinho e confuso,e ligeiramente liguei o computador.

Quando eu a vi,a menina parecia triste,pois sempre estava sorrindo para mim,dessa vez não estava. 

- Oi amiga.

- Aconteceu alguma coisa? - Ela começou a movimentar seu notebook,e de repente,vejo Taehyung.

Ele estava com um olho roxo,e fechado devido à extrema inchação.Eu estava prestes a chorar de tanta pena,mas o menino segurava uma flor,uma margarida.

- Isso,é o que aconteceu. - Respondeu minha amiga.

Eu fiquei paralisada observando a tela do meu computador,enquanto ela e sua avó andavam para lá e para cá colocando alimentos congelados nos machucados de Taehyung,o garoto estendeu com dificuldade o braço,como se me entregasse a flor.

- Pra você. - Ele disse,e sorriu levemente.

Como alguém consegue ser tão meigo assim?

Sorri,e mandei um beijo para ele,que sorriu ainda mais.

- Fale com ela.

- S/n,me deram uma surra hoje de novo.

- Como isso aconteceu?!

- Foram aqueles dois meninos expulsos,eles foram até o portão do Colégio apenas para me fazer sangrar.

- Taehyung eu... - Hoseok entrou no quarto outra vez,gritando.

- S/n você não vai acreditar!!!!A Yuno e o Yuki transaram você perdeu! - Taehyung desfez o pequeno sorriso que mantia para mim,ficando totalmente sério. 

Hoseok foi se aproximando,e sem querer arrancou a tomada do meu computador com o pé.Ele desligou,e eu fiquei desesperada,o que Taehyung estava pensando? 

- Droga Hoseok!!!! - Gritei.

- Se acalme S/n,eu sinto muito mesmo, deixa eu ajudar... - Fechei os olhos,ele se sentiu muito culpado,então decidi deixar aquilo de lado.

- Tudo bem.

- Sério?

- É,só me deixa sozinha para falar com Taehyung...

- Tá bom. - Ele se afastou,e depois de quase dez minutos de esforço,liguei novamente.

Ele não estava mais lá.

Mandei mensagem para Jennie,e ela disse que conversaria comigo depois,porque precisava fazer os curativos do Tae.Eu não tinha o contato dele,e foi aí que ela passou seu número.

Eu mandei mensagem para ele o mais rápido que pude.

Mensagem on

Eii!Eu não consigo me conectar com você de novo,dá pra ligar seu computador ou webcam? - 16:23

                                                                                   Visualizado.

Mensagem off

Ele visualizou.Ele não me respondeu.Não tinha outro jeito,eu deveria ir até a casa de Jennie para falar com ele,com a ajuda de Hoseok,claro.

- Hoseok!!!!!!!

- Eu não sou surdo. - Ele disse de longe,e veio caminhando em passos lentos.

- Me leva pra casa da Jennie?

- Pra que?

- Estou com saudades...

- Eu hein,nem sem o caminho até lá.

- Eu sei!

- Você acha que é uma boa ideia?

- Olha,só quero ver minha amiga.

[...]

Para minha tristeza e desespero,deixei meu celular em casa.

Hoseok sabia dirigir muito bem,a propósito.

O caminho todo foi um silêncio total,eu só abria a boca para dizer a ele qual direção seguir.

Hoseok ficava me olhando o tempo inteiro,enquanto eu parecia deprimida em meu canto,com diversas coisas na cabeça.

- É ali. - Disse por último,e Hoseok parou em frente a casa de Jennie e Taehyung.

Eu desci rápido,coloquei as mãos no bolso do casaco e fui até a porta,Hoseok me esperou no carro.

Bati.Fiquei batendo por longos minutos na porta,demorou,mas uma mulher velha,gordinha e com um coque feito por seus cabelos brancos,me atendeu. 

- Olá. - Cumprimentei. - Eu sou amiga de Taehyung e Jennie,posso entrar?

- Claro,eles falam muito de você!S/n,não é?Entre! - Respondeu a velhinha em uma simpatia indescritível.

- Obrigada...

A casa estava com um cheiro doce,um cheiro de chá ou café,era um cheiro muito delicado.

Caminhei seguindo a vó por pouco tempo,logo avistei Jennie sentada no sofá com as pernas pra cima,mexendo em seu celular.

- S/n?O que aconteceu?Eu mandei mensagem você não respondeu!

- Ah,deixei meu celular em casa.Onde está Taehyung? Eu mandei uma mensagem pra ele,e ele não respondeu!

- Respondeu sim.

- Eu não vi!

- Foi agorinha...

- Argh!

- É tão importante assim?Você veio até aqui!Quem te trouxe? 

- Eu... - Engasguei. - Queria ver...se ele está bem...Hoseok me trouxe!

- Hum,ele está na varanda.Por ali. - Jennie apontou para o rumo onde estaria Taehyung,e eu fui sozinha até lá enquanto sua avó estava na cozinha preparando algo.

 Caminhei até lá suspirando,se eu soubesse que ele estava tão bem comigo nem teria vindo até aqui.

- Tae? - Chamei por ele,não ouvi nada mas isso não era problema porque eu já tinha avistado o garoto,sentado no chão deixando seus pés voarem por conta do alto lugar.Ele não olhou para mim.

Me sentei ao seu lado,percebendo os machucados em todos os cantos de seu corpo.Fiz silêncio,lamentando tudo aquilo enquanto fitava seu perfil triste. 

- Eu não vou mais à escola. - Disse,sem me fitar.

- O que?Taehyung,você não pode abandonar os estudos assim...

- Mas eu vou!!

- Isso é burrice!

- Burrice?!Burrice porque não é você que é quase morta todos os dias pelas mesmas pessoas.

- Se acalme. - As lágrimas já escorriam em sua bochecha. - Você não estava assim antes...

- Porque eu não sabia ainda que você tinha namorado.

- O que?Hoseok?Ele é filho do meu padrasto Tae...

- Você nunca me falou sobre ele.

- Porque ele é um inútil!Tae,olhe para mim!!!! - Ele finalmente olhou nos meus olhos. - Não abandone a escola,você precisa de estudos para conseguir um emprego e ganhar dinheiro!Por favor,faça isso por mim...

- Não quero ir amanhã,quero ficar com você. - Meus olhos brilharam enquanto senti algo doer em meu peito.

- Mas amanhã eu vou...

- S/n,fique comigo...não quero e não posso ir na aula amanhã.Juro que quando estiver melhor eu vou voltar.

- Promete?

- Prometo.Eu amo você. - Arregalei os olhos.Sorri.Eu não queria deixar ele triste,mas dessa vez não me senti tão culpada em responder :

- Eu também. - Beijei sua bochecha,e deitei em seu peito.Eu não estava vendo,mas tinha certeza que ele estava sorrindo.

[...]

Eram nove horas da noite,e eu não estava em casa.

Expliquei tudo para minha mãe no celular de Jennie,e para ficar aqui até mesmo a Jennie teve de falar com ela,e explicar tudo.

Eu fui para casa para pegar algumas roupas junto com Hoseok,e tudo de necessário para passar a noite aqui,e logo voltei.

Então,me deitei sobre o colchão no quarto de Jennie,eu estava muito cansada pois o resto do dia fiquei atrás dos irmãos para ajudá-los nas tarefas,já que ambos tinham alguma fratura.

Tive de tomar o chá que a vovó preparou,um chá horrível que Taehyung foi obrigado a beber para se sentir melhor.

Estava exausta,hoje o dia foi cheio de surpresas.

- Boa noite amiga.

- Boa noite Jennie.

[...]

Eu acordei aproximadamente umas onze horas,e não dormi desde então.Fiquei fitando o teto,tentando pegar no sono,mas tinha desaparecido completamente.

Jennie roncava também,o que só dificultava.

Depois de quase quinze ou vinte minutos olhando pro nada,ouço a porta ser aberta.Me virei para o lado,e fingi dormir,mas nem sabia quem estava ali.

Seja quem for,fechou a porta com cuidado e caminhou lentamente até se deitar em meu colchão.

Acho que eu já sabia quem era.Taehyung se moveu mais sobre o colchão de ar,e encostou seu corpo no meu,me abraçando.

- Está acordada? - Cochichou.Me virei para ele,e fiquei bem pertinho de seu rosto.

- Como adivinhou?

- Não adivinhei. - Nós dois olhamos para Jennie,que roncava cada vez mais alto,e sorrimos,sem dizer nada,apenas nossos olhares divertidos interagiam entre si e já percebiam o que queria dizer.

- Eu perdi o sono. - Disse outra vez bem baixinho.

Taehyung massageou minha cintura com carinho,e encostou seu nariz no meu,meu coração batia cada vez mais forte enquanto meus braços e pernas gritavam implorando por mais espaço.

- Vamos pro meu quarto. - Respondeu em cochichos outra vez.

- Não posso...

- Por que não?

- Tae,eu só...não posso.

- Não pode o que?Só vamos dormir...você disse que ia cuidar de mim. - Prometi não decepcionar ele,então,tive de aceitar,afinal,não havia mal algum.

Fomos caminhando com cuidado até chegar em seu quarto,foi muito rápido,ele logo fechou a porta e trancou também,me fazendo estranhar.

- Tae,por que trancou?

- S/n... - Ele se aproximou de mim,deixando seu corpo colado no meu e sua testa colada na minha. - Vamos fazer nosso amor crescer cada vez mais...

- Do que está falando? - Empurrei ele levemente.

- Só quero ser seu.E você só vai ser minha.

- O que quer? - Meu corpo tremia.

- Você.

- Eu estou aqui.

- Quero você deitada na minha cama,só pra mim.

- Isso já é meio...

- Não estou brincando S/n! - Ele bateu os pés no chão. - Seja minha essa e todas as noites,me faça um homem de verdade,me deixe provar que sou um.

- Eu já sei que você é,não precisa me provar nada...

- Mas eu quero.Estão todos dormindo...

- Por favor,eu não quero fazer nada! - Ele fitou o chão,com seu enorme olho roxo.

- Tá bom. - Respondeu.

- Vamos dormir.

Ele apenas apagou a luz.

Nós dois nos deitamos na cama,e ficamos em silêncio.

Silêncio até demais.

Estava tudo escuro,e o garoto apertou minha cintura,deveria ser algo simples mas ele apertou tão forte que eu o senti encostar tudo em mim.Eu estava gostando da atenção.

Às vezes eu podia ouvir seus suspiros e pequenos gemidos,aquilo só me acendia.

Senti seus lábios em minha nuca,e fechei os olhos confortavelmente.Eu finalmente adormeci ali,entre seu corpo magro e quente,e não acordei mais até amanhecer.

[...]

Abri os olhos com dificuldade,olhando para os lados.Taehyung não estava me abraçando mais,e nem deitado ele estava.O sol ainda frio já tomava conta de uma parte do quarto,enquanto o garoto estava ali,com os cabelos molhados,sentado em uma cadeira.

- Bom dia!! - Cumprimentou.

- Bom dia... - Respondi esfregando os olhos.

- Pensei que a gente iria fazer amor ontem. - Sorri.

- Nós nem estamos namorando Tae.

- Eu sei.Queria te contar algo,algo sério,algo que faço desde quando te conheci.

- Pode falar.

- É muito íntimo.Não quer tomar café primeiro? 

- Eu não vou conseguir fazer nada enquanto você não me contar o que é!

- Eu me masturbo... - Comecei a rir,mas era de vergonha alheia.

- Isso é normal...eu acho.

- Eu me masturbo pensando em você. - Parei de rir na hora,fitando ele com os olhos arregalados totalmente sem palavras.



Notas Finais


🌚🌚🌚🌚🌚🌚🌚🌚🌚🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...