História Justice in Hell - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Gigi Hadid, Justin Bieber, Kendall Jenner, Ryan Butler
Exibições 17
Palavras 2.316
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Chloe é interpretada pela Camila Morrone e o Adam pelo Cody Christian

ESPERO QUE GOSTEM <3333
Boa leitura, notas finaisss

Capítulo 3 - Surprise


  Minhas mãos estavam mais geladas do que eu gostaria, mas eu continuava afirmando que não estava nervosa, eles não precisavam saber desse detalhe. Beatrice por outro lado se mantinha calada ao meu lado, o que mostrava claramente que ela estava muito mais nervosa do que eu.

  A mansão se aproximava e logo pude visualizar os portões imensos da mesma, do jeito que eu lembrava. Ryan abaixou o vidro do motorista para se identificar e autorizar a entrada, assim que entramos com o carro eu observei o jardim imenso que a mansão possuía. Assim que o carro parou, eu desci e me mantive parada observando a entrada, nas minhas memórias ela era um pouco menor.

— Quem sabe que nós estamos voltando? — Perguntei para Ryan assim que ele saiu do carro.

— Além de mim, só o Christian.

— O Justin vai surtar quando descobrir, e vai estrangular vocês dois depois — Beatrice deu uma risadinha.

— Ele vai entender.

— Estamos falando da mesma pessoa? Justin Bieber nunca vai entender.

— É para o bem dele, agora vamos entrar que a equipe está toda lá dento.

  A equipe pessoal de Justin, antes de eu ir embora, era formada por mim, Nolan Price, Ryan Butler, Chaz Somers, Christian Beadles, Chloe Beadles e Adam Campbell. Nós erámos uma família, mas eu não sabia como eles iriam reagir ao me ver com Beatrice depois de tanto tempo.

— Você acha que o Chaz vai ficar feliz ou bolado ao me ver? — Beatrice falou baixinho do meu lado. O relacionamento dela com Chaz tinha acabado antes de todo o acontecido que fez sumir para a Califórnia junto com ela, mas ela ainda gostava dele, eu sabia que sim.

— Eu não sei — Falei com sinceridade.

  Ryan que estava na nossa frente parou em frente a porta e me olhou como se pedisse uma autorização, balancei a cabeça em afirmativa.

  A porta se abriu me dando a visão de toda a sala, o mármore branco do chão estava impecável como sempre, a mansão tinha dois andares sem contar com o térreo e as escadas eram dos dois lados, a maior parte dos móveis eram pretos e a parede estava num tom pastel e marrom.

— EU NÃO ESTOU ACREDITANDO NISSO — A voz estridente gritou e eu reconheceria aquela voz em qualquer lugar. Chloe pulou em mim antes mesmo que eu tivesse a chance de me equilibrar, fazendo eu cair no chão abraçada com ela — VOCÊ SO PODE ESTAR BRINCANDO — Eu ainda estava no chão enquanto ela segurava meu rosto como se conferisse se eu realmente estava ali, sorri pra ela.

  Ela desviou o olhar de mim para Beatrice, que se mantinha do lado de Ryan como se fosse uma completa estranha, no mesmo momento Chloe saiu de cima de mim e foi a vez de Beatrice ser atacada — SUA VAGABUNDA! AH MEU DEUS EDWARDS — Levantei do chão com a ajuda de Ryan que ria da reação de Chloe.

  Eu, Beatrice e Chloe erámos um tipo de trio, quando eu fui para a Califórnia nós passamos um ano mantendo contato, mas a vida era corrida demais para mim e para ela e eventualmente nós fomos nos afastando, eu estava feliz em ver ela.

  Chaz estava com um cara de surpreso e ao mesmo tempo nervoso, ele me abraçou forte me levantando do chão e girando comigo no ar, comigo dando uma gargalhada.

— Por que não me avisou que estava voltando, gostosa? — Ri do apelido de anos atrás com ele me colocando de volta no chão.

— Acredite, tive menos de vinte e quatro horas para tomar uma decisão e arrumar tudo — Ele assentiu com um sorriso no rosto, com o olhar em alguém atrás de mim. Beatrice era sufocada por Christian com um abraço enquanto Chloe ainda dava pulinhos de felicidade.

  Alguém coçou a garganta chamando minha atenção, olhei para frente vendo o moreno de olhos azuis me observando, dei um sorriso contido e ele abriu um sorriso verdadeiro pra mim. 

— Adam Campbell, prazer em revê-lo.

— Digo o mesmo, senhorita Price — Em fração de segundos ele me puxou pelo braço me abraçando com o máximo de força que ele podia — Nunca mais suma desse jeito — Sussurrou no meu ouvido, comigo puxando mais o pescoço dele pra mim, aspirando seu cheiro.

— Não vai falar comigo não, metidinha do caralho? — Me soltei do abraço de Adam e logo fui abraçada por Christian, que sorria.

  A reação deles foi melhor do que eu esperava.

— O momento família feliz já acabou? Temos assuntos para resolver — Ryan chamou nossa atenção, com Chloe resmungando algum palavrão para ele — Vamos para o escritório.

  O escritório não tinha mudado de lugar, ficava em uma das portas no térreo, Ryan colocou a senha que abria a porta e todos nós entramos e nos acomodamos. A decoração não tinha mudado muito, os móveis eram na cor preta, branca e cinza, com cinza também nas paredes, existia um mesa enorme de vidro e logo atrás uma cadeira que deixava claro que ali era para o chefe, alguns quadros espalhados pelas paredes davam mais beleza para o local. Tudo naquela casa sempre foi bonito, mas sempre encontravam um jeito de superar.

  Ryan sentou na cadeira onde normalmente Justin sentava e eu arqueei minhas sobrancelhas.

— Então quer dizer que você é o chefe agora? — Chaz riu com tom de deboche.

— Eu estou tomando conta das coisas até o Bieber voltar — Ele falou ríspido — Angelina, como você já sabe, eu não trouxe você aqui apenas por ser a advogada mais falada do momento, mas sim porque você já fez parte desse mundo, sabe como tudo funciona e está preparada — Concordei com a cabeça, deixando ele continuar — Quando você fazia parte dessa equipe ela não era nem um terço do que é hoje, o império Bieber cresceu muito Angie, quadriplicou o número de pessoas que querem ver o Justin e todo seu império cair, você precisa estar preparada para voltar.

— Me diga alguma vez que eu não estive preparada na vida.

— Eu sei que você se garante no que faz, mas você não foi esquecida, Angelina Price já causou muito problema pra alguns filhos da puta no passado — Sorri com isso — E é exatamente por isso que você precisa tomar cuidado, você não vai ser apenas a advogada oficial de Justin Bieber, você vai estar oficialmente de volta na equipe, e pode apostar que essa notícia vai deixar muita gente com raiva.

— Nada diferente do que eu já lidei antes — Falei, dando de ombros. E era verdade, sempre tive gente na minha cola querendo me matar.

— Então você compreende que agora o império cresceu tanto que uma vez dentro não tem como sair fora?

— Entendi perfeitamente.

— Então você realmente está disposta a entrar nisso de novo?

— Caralho Ryan, você acha que eu sairia da Califórnia até Atlanta para negar? — Ryan revirou os olhos enquanto Chloe sorria — É claro que eu estou dentro porra.

— Essa é a minha garota — Chloe falou empolgada.

— Você e a Beatrice vão ficar aqui na casa — Chaz arregalou os olhos e eu achei um pouco de graça na reação dele, mas ele logo tratou de fingir que estava indiferente.

— Nem fodendo, eu quero ir para um apartamento.

— Angie, colabora um pouco — Foi a vez de Adam falar. Ele realmente achava que eu ia aceitar numa boa ficar aqui, mesmo depois de tudo?

— Você está ficando louca? Angelina, isso só dificultaria as coisas, aqui é bem mais seguro e você sabe disso — Ryan me encarava sério, como se quisesse colocar algum medo em mim. Coitado.

— Tá, tá, mas só porque eu tô cansada demais para discutir com você. Acabamos por hoje — Levantei, pegando minha bolsa e saindo do escritório, sendo seguida por Chloe e Beatrice — Em qual quarto eu vou ficar? — Perguntei para Chloe.

— No mesmo de sempre, ué.

— Meu quarto ainda é meu quarto?

— Por qual motivo não seria?

— Achei que vocês tinham achado algo mais útil pra fazer com ele — Chloe me olhou com cara de diversão.

— Desde que você foi embora o Justin nunca deixou ninguém encostar em nada seu, está tudo como você deixou — Foi a vez de Beatrice gargalhar, elas estavam se divertindo com minha cara de confusão. Por que Justin deixaria tudo no mesmo lugar?

  Subimos as escadas e pelo que eu me lembrava todos os quartos ficavam no terceiro andar, segui pelo corredor com Beatrice parando em frente a uma porta e reconheci como seu quarto, ela entrou e não tinha nada além da cama, do banheiro e do closet, a cor do quarto continuava como Beatrice tinha decorado.

— Você quer que eu acompanhe você até seu quarto? — Chloe perguntou, se deitando na cama junto com Beatrice.

— Não, prefiro ir sozinha — Ela assentiu.

  Fui andando e logo vi o último quarto do corredor, bem no meio, as portas duplas banhadas em ouro e sua inicial gravada: JB.

  A porta do meu quarto ficava ao lado da dele, a porta branca com detalhes em ouro, entrei no quarto e Chloe não estava mentindo, tudo estava exatamente como eu tinha deixado, observei que algum empregado já tinha deixado minhas malas no canto, observei lentamente todos os detalhes que eu me lembrava tão bem, ao lado da cama de casal tinha uma mesinha com porta retratos e várias fotos, eu me lembrava de cada dia.

  Uma foto minha com Beatrice e Chloe estava no centro, nós três com copos de alguma bebida na mão, a cara de bêbada era visível, mas nós riamos uma para a outra, provavelmente de alguma besteira que Beatrice tinha falado. Do lado esquerdo era uma foto de toda a equipe no escritório de Justin, inclusive Jeremy, eu fazia careta ao lado de Adam, que segurava um bolo na mão, tinha sido meu aniversário de dezoito anos. Do lado direito tinha uma foto minha e do meu irmão, ele me segurava em seu colo, comigo dando um beijo em sua bochecha enquanto ele dava um sorriso sincero. Mais à frente era uma foto minha e de Justin, eu estava atrás dele, meus braços estavam em volta do seu pescoço comigo dando um beijo no mesmo, ele apenas olhava para a câmera com um sorriso de canto.

  Depois de observar cada foto eu desviei meu olhar e entrei no meu closet, vazio, como eu imaginava, eu poderia pedir para alguém arrumar pra mim amanhã, agora eu só queria dormir. Entrei na suíte do meu quarto e me despi, entrando no chuveiro, não molhei meu cabelo, apenas deixei a água quente relaxar meu corpo, vesti meu pijama, liguei o ar e fui para debaixo das cobertas.

  Me perdi nos meus pensamentos e só percebi que estava quase pegando no sono quando três batidinhas na porta me fizeram despertar.

— Entra — Adam ficou parado na porta me observando — Vai ficar aí admirando minha beleza? — Ele riu e fechou a porta.

— Posso? — Apontou para a cama, fui mais para o lado para permitir que ele se deitasse comigo — Eu senti sua falta, sabia?

— Quem não sentiria — Dei um sorriso pra ele, que me encarava sério — Por que tá me olhando assim?

— Você some e simplesmente aparece do nada achando que está tudo bem, eu senti sua falta Angelina, mas isso não significa que não esteja chateado com você.

— Não tem motivo pra ficar chateado comigo ou seja lá o que for, eu faço o que bem quero da minha vida — Falei grossa. Agora além de tudo ia ter que ficar dando satisfação da minha vida? Poupe-me.

— Você não muda — Ele começou a suavizar a voz, me puxando pra perto dele e me deitando em seu peito — Marrenta, orgulhosa e independente até demais.

— É a minha marca registrada — Ele sorriu, mas ficamos em silêncio por bastante tempo com ele brincando com os meus cabelos.

  Minha relação com Adam não era nada romântica, eu já tinha me envolvido com ele mas depois nós viramos mais amigos do que qualquer outra coisa, Ryan era meu melhor amigo, mas Adam tinha um jeito meio protetor e grudento demais que eu gostava. Adormeci em seus braços e quando acordei ele já tinha sumido, olhei para o relógio do lado da minha cama e eram dez horas da manhã, fiz minha higiene, coloquei um short e uma blusa e desci, minha barriga roncava.

— Olha só quem resolveu acordar —Chaz falou animado como sempre, era por isso que ele e Beatrice combinavam tanto, nunca vi tanto bom humor de manhã como eles dois tinham. Os irmãos Beadles discutiam para ver quem ficaria com o ultimo pedaço da panqueca, Ryan comia tranquilo, Beatrice não se encontrava na mesa, Adam provavelmente estava dormindo.

  Não dei bom dia para ninguém, meu humor não era um dos melhores quando eu acordava. Comi em silêncio e quando acabei Ryan me deu um beijo na bochecha.

— Vamos hoje na delegacia — Um frio percorreu na minha espinha, mas me mantive indiferente, apenas concordando — Vá se arrumar, saímos em uma hora.

  Assim que tinha acabado tudo, subi para meu quarto e me arrumei, uma calça branca, uma blusa salmão e um blazer também branco, com saltos pretos e minha maquiagem forte que destacavam meus olhos azuis, peguei minha maleta e desci vendo que Ryan já me esperava.

  Nós entramos no carro e cada vez que ia se aproximando meu coração se acelerava mais, não era questão de estar nervosa para ver ele novamente, eu estava nervosa por querer saber qual seria sua reação assim que me visse. Ryan estacionou o carro e me seguiu para dentro da delegacia.

— Angelina Price, advogada de Justin Bieber — Autorizaram nossa entrada e nos levaram para uma sala de visitas.

  A porta se abriu, Ryan entrou na frente e vi que Justin estava de pé para receber o amigo, mas assim que ele colocou o olho em mim seus olhos se arregalaram e ele ficou mais branco do que já era. Dei risada mentalmente. Ele me olhava perplexo como se não acreditasse que eu estivesse realmente ali.

— Surpreso em me ver, anjo?


Notas Finais


Me perdoem se tiver algum erro, eu acabei de escrever e ainda não revisei.
Me falem se vocês gostaram, hahaha, ate o próximo, beijão <333
Twitter: @skyscwaper


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...