História Justice League, The Return - 1 Temporada - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Liga da Justiça, Mulher Maravilha, Superman
Personagens Arthur Curry (Aquaman), Barry Allen (Flash), Bruce Wayne (Batman), Canário Negro, Clark Kent (Superman), Diana Prince (Mulher Maravilha), John Stewart, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Rainha Hipólita, Shiera Hall (Mulher-Gavião)
Exibições 26
Palavras 2.321
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa temporada está chegando perto do fim ,então , deixem nos comentários com quem vocês gostariam que a Daiana terminasse.

Capítulo 21 - Capítulo 21 - Esse fim é o início de tudo .


FLASH BACK

— Como isso não congela o seu cérebro ? - perguntou Daiana intrigada.

— Não sei , provavelmente , mais uma habilidade dos meus poderes .- afirmou Jor-El tomando seu milk - shake de oreo rapidamente.

— Isso é injusto , sabia ? - afirmou Daiana chateada.

— Não é não , pelo menos agora você não poderá me rolar como fazia bebendo o meu e o seu . - afirmou Jor-El sorrindo.

— Eiiii , eu não fazia isso . - afirmou Daiana.

— Fazia sim , você sabe que fazia. - falou Jor-El sorrindo.

— Tá , eu fazia mas não posso evitar sou viciada nisso . - afirmou Daiana colocando novamente o canudinho na boca.

— Jura ? Nunca percebi . - falou Jor ironicamente.

— Quando suas aulas começam ? - perguntou Daiana .

— Acho que em março , tivemos um mês de férias recentemente. -afirmou Jor-El .

— Então , você vai voltar logo?- perguntou Daiana desapontada .

— Provavelmente . - afirmou Jor-El quando percebeu a cara de Daiana. - Ei, não vai se senti só , ok? Você é Daiana Wayne , Gotham está aos seus pés . - afirmou Jor .

— Eu sei , mas agora não tem mais a liga e você vai voltar .... Deixa pra lá , tem razão como dizem os jornais :" sou a princesinha de Gotham the city . - afirmou Daiana .

— É isso aí . - falou Jor sorrindo .

— Jor, quando imaginou que escolheria jornalismo?- perguntou Daiana.

— Não sei. Bom, aconteceu e pareceu a coisa mais lógica já que os meus pais são repórteres. Você conhece minha mãe , ela é viciada nisso e meu pai, no início, acho que era só um disfarce mas ele acabou gostando. - afirmou Jor-El bebendo o milk- shake.

— Já está em com quantos anos ?- afirmou Daiana .

— Estou no primeiro ano .- afirmou Jor envergonhado .

— Espera, você não deveria está no segundo?- perguntou Daiana.

— Eu só comecei a estudar ano passado . - afirmou Jor.

— Quando eu voltei, então , você perdeu um ano por minha causa. Jor , eu sinto muito .... Eu - afirmou Daiana triste.

— Dai, para com isso. O importante é que você está aqui comigo e não que eu deixei de estudar um ano. Não tem problema , eu me esforcei tanto que consegui a bolsa na Universidade de Chicago . -afirmou Jor-El .

— Fico feliz por você ! Não sente falta daqui dos seus pais ?- perguntou Daiana .

— Chicago não fica tão longe de Metropólis , bom , posso te ver usando o teletransportador da liga. -afirmou Jor.

—É ou podemos nos ver todos dias . - afirmou Daiana sorrindo.

— Não , Dai . Acho que seria complicado , eu gostaria mas não vai dar . - afirmou Jor.

— Como não ?Eu achava que o maior centro de treinamento médico era em Chicago . - afirmou Daiana fazendo cara de desapontada .

— Como assim? - perguntou Jor.

— Bom, Chicago é conhecida por ser o maior centro de treinamento médico e a Universidade de Illinois fica em Chicago .- afirmou Daiana sorrindo.

— Você vai fazer medicina lá ?Isso significa? - afirmou Jor sem acreditar naquilo.

—Significa, garotão, que você não vai se livrar de mim tão fácil . -afirmou Daiana.

—É sério isso? - falou Jor -El sem acreditar e sem levantando para abraçar a amiga.

— Sim, eu decidir que nasci pra salvar vidas e não será Bruce Wayne que vai me impedir. E também convenhamos você não se vira bem ser mim, né? - Falou Daiana rindo , enquanto, o abraçava.

— Você não tem ideia de como eu estou feliz . - afirmou Jor-El sorrindo.

— Eu sei . -afirmou Daiana sorrindo . - E talvez, pudêssemos morar juntos .

— Ok , acha mesmo que o seu pai deixaria ?- afirmou Jor.

— Bem , se eu contar todas as coisas perigosas que existem na faculdade , ele vai perceber que a única pessoa que pode me proteger é você. - afirmou Daiana .- E além do mais você praticamente mora lá em casa e vice-versa.

— É , acredita a minha mãe lavou umas roupas suas e colocou junto com as minhas ?Naquela noite que ficamos assistindo filme , eu sei que ela ficou pensando besteira . - afirmou Jor-El .

— No início, eu até tinha vergonha mas nem ligo mais. - falou Daiana. - É até loucura pensar em você assim .

— Porquê? Não me acha atraente ?- falou Jor sorrindo .

— Não é isso, na verdade,  você é um gato. Sério, não digo isso só porque sou sua amiga mas todas as meninas da liga querem ficar com você. Eu não entendo como pode está solteiro .- afirmou Daiana tomando o shake.

— Então , qual o problema ? - perguntou Jor. - Não acho loucura , você é bem gost ... bonita, linda foi isso que eu quis dizer . - falou Jor constrangido por quase falar o que pensava.

— Ok.Obrigada, eu acho. - falou Daiana caindo na gargalhada. -  Não é loucura pra quem olha de fora, mas nós dois sabemos que eu sou como uma irmã que você sempre quis e você do mesmo jeito. - falou Daiana sorrindo gentilmente.

— Claro , tem razão . - falou Jor-El .- Porque eu sempre quis uma irmã.

TORRE DA LIGA

AquaGirl estavam nos monitores junto com Rex, eles estavam a várias missões seguidas na liga sem descansar.

Mas ela não ousava reclamar, não queria demostrar cansaço, apesar de não está acostumada com essa rotina. Ela queria mostrar a todos que era capaz e que não era apenas uma princesa mimada.

— Você deveria ir comer algo, amor. - falou Rex com um ar de preocupação .

— Eu estou bem, Rex. - falou Aquagirl virando a cadeira para ele. - Não precisa se preocupar.

— Você precisa comer, sério. - falou Rex passando a mão em seu rosto.

— E o que você falou sobre demostrações de afeto na liga? - perguntou Mareena com um sorriso cínico .

— Não tem ninguém aqui . - falou Rex se aproximando mais ainda .

— Você é igualzinho ao seu pai , sabia ? - falou Mareena.

— Ah?- perguntou Rex.

— Ele era do mesmo jeito em relação a isso . - afirmou Mareena.

— Ok , mas como você sabe disso ?- falou Rex assustado .

— Conversei com sua mãe. - falou Mareena com um olhar misterioso.

— Eu deveria me preocupar ? - falou Rex puxando Mareena para o seu colo .

— Só se você me fizer raiva aí terei que mostrar as fotos constrangedoras . - afirmou Mareena sorrindo .

— Tudo bem, então. - disse Rex a beijando. - Mas não mude de assunto, vamos. - falou Rex se levantando e a puxando .

— Pra onde? - perguntou Mareena desapontada pelo beijo que foi interrompido .

— Refeitório . Você precisa comer. - falou Rex pegando sua mão.

— Você é bem chato , sabia? - falou AquaGirl .

— É ? Mas sou o seu chato ,por isso , quero que recarregue suas energias. - falou Rex com aquele olhar safado que ela tanto amava.

—Ah , é? Por quê? - disse Mareena se aproximando . 

— Digamos que vai precisar de energia mais tarde . - falou Rex a beijando novamente .   

.......

— Lembrou que tem casa ?- falou Lois ,enquanto , Jor-El entrava.

— Oi, mãe . - falou Jor-El se aproximando e beijando a cabeça de sua mãe.

— Estava com a Daiana ? - falou Lois mexendo em uns papéis .

— Sim , como sabe?- perguntou Jor-El abrindo a geladeira e bebendo um pouco de água .

— Simples , sempre que está com ela volta sorrindo . - afirmou Lois .

—Aí , mãe . O que a senhora está fazendo ?- perguntou Jor-El se sentando na mesa.

— Preparando tudo para voltarmos pra Metropólis . - afirmou Lois.

— Vão voltar ?- perguntou Jor.

—Claro , filho.Só ficamos e voltando por você porque a nossa vida mesmo é em Metrpólis. - afirmou Lois. - Mas suas aulas vão começar ,então , voltaremos.

— Não entendo porque não ficam aqui de vez . Gotham é uma cidade muito bonita e incrível , poderia até achar alguns jornais pra trabalhar não é a mesma coisa do Planeta Diário mais são bons. - afirmou Jor.

— Você quis dizer que Gotham é incrível ou Daiana é incrível ?- falou Lois brincando .

— Mãe . - falou Jor-El envergonhado.

— Tudo bem ,garotão .- afirmou Lois sorrindo.

— Mãe . - afirmou Jor-El .

— Sim , filho ? - falou Lois agora mexendo no notebook.

— A senhora sempre chamou o papai de garotão ou só quando vocês começaram a namorar ?- perguntou Jo-El já de pé.

— Sempre chamei ele assim , porquê?- perguntou Lois .

— A Dai me chama assim também . - afirmou Jor-El. - Um dia , ela viu você chamando o papai e começou a me chamar .

— Um dia , ela vai perceber que sempre te amou. Foi assim comigo , um dia percebi que sempre amei o seu pai . -afirmou Lois.

— Talvez esse dia esteja mais perto do que pensamos. - afirmou Jor-El sorrindo.

— Como assim?- falou Lois se virando para Jor.

— A Dai vai estudar em Chicago quer dizer ela ainda fará a prova mas convenhamos ela é filha do Bruce. A inteligência daquela família é assombrosa,então, ela já está dentro. A senhora tinha que ver, ela já conseguiu recuperar todas as notas perdidas daqueles dois anos . - afirmou Jor entusiasmado .

— Sério ,filho ? - afirmou Lois.

— Sim ,ela disse que quer ficar perto de mim . - afirmou Jor-El abraçando sua mãe.


  ATUALMENTE -TORRE DA LIGA

— Amazona , você voltou ! - afirmou Miss Marte sorrindo.

— Pois é , quem diria depois de tantos anos . - afirmou a Amazona sorrindo .

— Caraca , acho que o velho Batman deve ter ganhado um coração ao invés de um rim . Drogou ele ? Como ele deixou ? - afirmou o Foguete rindo.

— Tá bom , gente. Ela não é uma estrela . - afirmou o Batman . -Vocês não tem nenhuma missão ?

— É melhor se acostumar .- afirmou o Gavião-guerreiro .

— É sempre assim ? -perguntou o Batman .

— É, a verdade que ela é sempre o centro das atenções independentemente se é como a Daiana Wayne ou a Amazona . - afirmou o Gavião saindo em direção a Daiana .

— É por isso que eu trabalho sozinho .- afirmou Batman saindo .

— Olá , Terry . - afirmou AguaGirl se aproximando .

— Mareena, oi . - afirmou Terry surpreso.

— Quanto tempo , o que traz você aqui ? - afirmou Terry.

— Preciso resolver uns assuntos com J'oon . - afirmou Mareena.

— O que é esse tumulto todo ?- falou Aguagirl

— Ei, eu tenho um anúncio para fazer ...Silêncio , eu e Daiana , vamos nos casar ! - falou Gavião no exato momento que AguaGirl se aproximou .

— Casar?- falou AguaGirl bem alto e todos olharam para ela , enquanto, ela saiu correndo .

— Mareena... Eu preciso falar com ela , ok?- perguntou Rex preocupado.

— Tudo bem , pode ir . - afirmou Daiana aflita. .

.......

— AquaGirl , espera . - falou o Gavião segurando seu braço .

— Me solta! - falou Mareena gritando com os olhos cheios de lágrimas.

— Marre, por favor, não fica assim. Eu ainda gosto muito de você e me parti o coração de te ver desse jeito. - falou Rex tentando se aproximar .

— Quê?Parti o seu coração? - gritou Mareena chorando. - É o meu coração que tá partido! Quem foi abandonada fui eu! - gritou Mareena. - Quem foi trocada fui eu ,Rex!

— Por favor, me perdoa. - afirmou Rex envergonhado. - Isso já faz três anos.

— Achou o que?Eu nunca iria saber?- afirmou Mareena. - Eu fui embora! Já parou pra pensar como me senti?Não, não. Sabe porque?Estava feliz demais pra pensar em outra pessoa além de você, Rex .

— Não foi assim , Mareena . As coisas só aconteceram.... - afirmou Rex sem jeito.

— Aconteceram ?- afirmou Mareena limpando as lágrimas com raiva.

— Mareena , não precisa dessa reação . - afirmou Rex tentando se manter calmo .

— Não precisa ? - Mareena limpa as lágrimas , engole o chore e se aproxima .- E se fosse você , Rex ? Se a Daiana tivesse te trocado como reagiria ?- falou Mareena.

— Eu entenderia. - afirmou Rex gritando.

— Eu duvido , mas espero que vocês sejam felizes . Principalmente , por ela que já passou por tanta coisa. - afirmou Mareena se acalmando e com os olhos cheios de lágrimas .

—Essa é a Maree que eu conheço . - afirmou Rex se aproximando novamente dela.

— Não se engane , não sou sua amiga. Hoje , tudo aquilo que eu sentia por você morreu. - afirmou Mareena saindo .

.......................

— Filho , podemos entrar? - falou Clark ao pé da porta.

— Claro , entrem . - afirmou Jor deitado na cama, olhando para o teto .

— O que houve, filho? - perguntou Lois aflita se aproximando da cama.

— Nada . -afirmou Jor-El friamente .

— Com certeza houve algo, você não é assim. -afirmou Clark preocupado.

— Sabe que pode nos contar qualquer coisa . - afirmou Lois .

— Ela vai casar com ele . - afirmou Jor-El se levantando e indo para a janela.

— Filho , eu sinto muito . - afirmou Clark colocando a mão no ombro do filho .

— E você contou a ela o que sente ?- perguntou Lois.

— Na hora que eu estava contando , ela falou toda entusiasmada que iria casar,então, eu não fui capaz.Não podia destruir a felicidade dela.- afirmou Jor-El. - Mas isso não tem mais importância, eu vou para Metropólis e podemos até vender essa casa e ficar só com o apartamento lá .

—E se você mudar de ideia?- perguntou Lois.

—Mãe , eu não vou mudar de ideia e nem pretendo voltar. -afirmou Jor-El.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...