História Justo você!? - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens August Wayne Booth (Pinóquio), Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Princesa Aurora, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Vovó (Granny), Will Scarlet, Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags August, Belle, Captain Swan, Captainswan, David, Emmaswan, Graham, Jones, Justo Você, Killianjones, Mary, Once Upon A Time, Ouat, Outlaw Queen, Outlawqueen, Regina, Reginamills, Robin, Ruby, Swan, Swanjones, will
Exibições 239
Palavras 1.028
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então eu num tenho nada para falar a não ser:
EU AMO AS FICS DAS MINHAS LEITORAS...
Então quem escreve FIC CS ou Colifer deixa o nome nos comentários que eu vou tentar ler todas...
Algumas das minhas leitoras eu já leio....

Capítulo 53 - Querida


Fanfic / Fanfiction Justo você!? - Capítulo 53 - Querida

POV Emma:

Já era segunda-feira, estava no meu trabalho cheia de papeladas na mesa, super estressada, quando lembro do Killian, dele na festa como ele estava diferente, então meus dedos resolveram criar vida e mandar mensagem para ele.(Foto de capa)

Killian:

*Oi, você tava super diferente na festa... Deixa eu te chamar de pirata?


*Oi! Só se você andar na minha prancha


*Ui!


*Minha vontade é de pegar meu gancho e enfiar dentro de você.


*Qual dos dois?


*O que você quiser.


*Killian, você bebeu?


*Tchau, chegou pacientes para eu atender!


*Tchau!

Desligo a tela do celular e solto um riso por conta do que ele falou, volto a me concentrar naquele monte de papais, até que alguém entra na minha sala.

Emma: Olha tem uma placa escrito bata antes de entrar porque....


Robin: Desculpa, achei que podia entrar.


Emma: Ah, é você robin? Fica a vontade, senta ai!-Aponto para cadeira na frente da minha mesa.

Robin: Então Emma, eu preciso de sua ajuda.


Emma: Para quê?


Robin: Eu quero chamar a Regina para sair comigo, mas não sei se ela vai aceitar, e se ela aceitar onde eu levo ela?


Emma: Ela vai aceitar!-Dou um sorriso reconfortante.-E leva ela para um jantar a luz de vela, mas não em um restaurante cheio, sei lá leva para algum barco no porto, e faz um jantar para vocês, tem um navio muito lindo lá. Eu iria adorar.


Robin: Obrigado!-Disse se levantando.-Ah ia me esquecendo, o Killian falou para eu te avisar que a Lucy tá com saudades e quer tiver, se você toparia sair com eles...


Emma: Claro, diz para ele que eu quero sim.

Ele saiu da sala e voltei a me concentrar naqueles papeis, minha vontade era queimar tidos eles, mas é meu trabalho né?


Assim que olho meu celular já eram seis horas da noite, então guardei os poucos papeis que ainda tinham na mesa e sai da sala.


Me deparo com um ser chamado Robin, batendo na sua mesa com a ponta da caneta.

Emma: Tudo bem?


Robin: Claro.


Emma: E ai a regina aceitou?


Robin: Aceitou o q...? Aceitou, claro que aceitou.


Emma: Ata, tchau vou indo.


Robin: Tchau.

Passo no restaurante da Granny e compro um hambúrguer, ainda não tinha comido a tarde toda, sento-me e fico comendo, até que David entra. Ele se senta de frente para mim.

David: Como vai a vida filhinha?


Emma: Vai indo, pai!-Digo rindo.


David: E o amor?


Emma: Me chamou para sair hoje.


David: Aceitou?


Emma: Claro, que dizer, sim.-Mordo o último pedaço do hambúrguer


David: Para onde vocês vão?


Emma: Não sei.


David: Onde você gostaria de ir com ele?


Emma: Tanto faz, só de ficar perto dele e da Lucy já está bom.


David: Por quê que a Mary não é assim?


Emma: Nossa!-Digo rindo.


David: Eu já vou indo.


Emma: Hum. Eu também.

Levantei e dei um beijo na bochecha dele e sai. Cheguei em casa e tomei um banho gelado bem relaxante, estava vestindo a roupa intima quando começou a tocar a campainha.


Me enrolo em uma toalha e desço, será que não podem esperar um minuto, tem que ficar apertando maldita campainha toda hora?

Emma: Oi!?-Digo ao abrir a porta e Lucy pula no meu colo fazendo minha toalha cair, fico totalmente vermelha quando Killian começa a me comer com os olhos.-Lucy você fez a minha toalha cair.-Falo em desceu ouvido.


Lucy: O que tem?


Emma: O seu pai.


Lucy: Ela já me viu assim.-A mim também.


Emma: Mas a tia Emma tem vergonha.


Lucy: Ta bom.

Ela saiu do meu colo e logo eu me enrolei na toalha.

Emma: Oi Killian!-Abraço ele e dou um beijo em sua bochecha, sinto sua mão descendo até minha bunda.


Killian: Oi!-Dá um beijo em minha testa.


Emma: Então o que fazem aqui?


Killian: Vamos sair para jantar? Não? O robin falou que você....


Emma: Claro vou me arrumar.


Killian: Esperamos aqui. Mas antes... Trouxe para você!-Estendeu um buquê de rosas vermelhas, pego as mesma e cheiro.


Emma: Obrigada!-Dou outro beijo em sua bochecha.


Killian: Por nada, querida!

Subi e coloquei um vestido preto de couro, coloco um 'sobretudo' vermelho e deixei o cabelo solto.

Emma: Vamos?-Digo ao chegar na sala novamente.


Killian: Vamos, querida!


Lucy: Eu vou com a tia Emma.


Emma: Ela tá conseguindo falar sem errar tanto as palavras!-direciono um sorriso para o Killian.


Killian: Eu ensino bem!


Emma: Convencido!

Ele coloca a Lucy na cadeirinha e abre a porta para que eu entrasse, fecha a mesma quando entro e dá a volta no carro para sairmos. Ele estaciona o carro próximo ao porto e nos guia até um navio com o nome jolly roger, entrámos nele e tinha uma bela preparação para jantar, ficámos ele, Lucy e eu, comendo e rindo das palhaçadas que Lucy fazia.

Lucy: Pai eu quelo ver o brilho lá do céu.


Killian: Vamos ver as estrelas, vêm comigo.-A coloca no colo e estende a mão para mim, logo me levanto e saimos ficámos olhando para as estrelas e sinto ele pegar a minha mão, encosto meu rosto em seu ombro.


Emma: Killian!


Killian: Oi?


Emma: Acho que tenho que ir para casa.


Killian: Aqui tá tão bom!-Encostou sua cabeça na minha.


Emma: Tem razão, mas não quero ir tarde para casa tenho que trabalhar amanhã.


Killian: Tudo bem!-Sua voz saiu triste.


Emma: Ai.


Killian: O que foi?


Emma: Meu coração doeu.


Killian: Por quê? Isso é normal? Você tá tendo um derrame? Quer que eu te leve para o hospital? Não, eu vou te levar para ele mesmo que você não queira...-O beijo, calmamente,  assim que nos separamos vimos Lucy com as mãozinhas no rosto, soltamos um riso pelo nariz.


Lucy: Você e o papai estão namorando?-Coro com a pergunta.-Eu vou ter uma mamãe?-Olho para eles e olho para o chão.

Vejo Killian colocando Lucy no chão e se abaixando na minha frente.

Killian: Na primeira vez que quis fazer isso não deu muito certo, mas agora eu quis me certificar que tudo daria, e eu queria saber se você é... Nossa eu não sabia que era tão dificil... Você aceita namorar comigo Emma Swan?


Notas Finais


E ai?
O q vcs acham que vai acontecer?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...