História Justo você!? - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens August Wayne Booth (Pinóquio), Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Princesa Aurora, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Vovó (Granny), Will Scarlet, Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags August, Belle, Captain Swan, Captainswan, David, Emmaswan, Graham, Jones, Justo Você, Killianjones, Mary, Once Upon A Time, Ouat, Outlaw Queen, Outlawqueen, Regina, Reginamills, Robin, Ruby, Swan, Swanjones, will
Exibições 270
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


É isso

Capítulo 54 - Vou aceitar isso como um não


POV Emma:

Killian: Na primeira vez que quis fazer isso não deu muito certo, mas agora eu quis me certificar que tudo daria, e eu queria saber se você é... Nossa eu não sabia que era tão dificil... Você aceita namorar comigo Emma Swan?

Ele estava ali ajoelhado na minha frente, sua expressão era nervosa, eu não sabia o que dizer ao mesmo tempo que queria aceitar tinha medo.

Viro minha cabeça na intenção de tomar uma decisão em menos de cinco minutos, mas vejo regina e robin abraçados nos olhando do outro barco, pelo jeito o Robin seguiu meu conselho, volto a olhar para Killian que logo se levanta e me olha nos olhos.

Killian: Tudo bem, acho que fui precipitado, vou ter isso como um não. Mas tudo bem, vamos eu te deixo em casa.-Disse pegando a mão de Lucy e andando na frente.

Emma: Não.-Seguro seu braço.-Eu... É.. Eu.. Eu aceito.

Um sorriso se forma em seu rosto e ele solta a mão de Lucy, se aproxima de mim, aproxima nossos corpos e começa a roçar seus lábios nos meus.

Killian: Eu tô tão feliz que voc...

Emma: Silencio!-Digo começando um beijo calmo, ele pede espaço com sua língua e eu logo permito, nossas línguas se enroscaram uma na outra até nosso olhar ser direcionado a Lucy.

Lucy: Agora eu posso lhe chamar de mamãe?

Olho para Killian e dou um sorriso bobo. Ele coloca um de seus braços em volta meu pescoço, e olho para Lucy, me abaixo ficando na altura dela.

Emma: Claro que pode, meu amor! Podia chamar desde que nos conhecemos.-Dou um beijo em sua bochecha e me abraça.

Lucy: A senhora vai dormir lá em casa?

Killian: Vai?

Emma: Acho que n....

Killian: Ela vai, Lucy.

Lucy: Yuppie! Eu posso dormir no quarto com vocês?

Emma: Mas...

Killian: Claro filha!

Ele pegou Lucy com uma braço e estendeu o outro para que eu pegasse.

Robin: ISSO AI! EU SABIA QUE VOCÊ ERA CAPAS KILLIAN!

Regina: SEMPRE SHIPPEI.

David: CUIDA BEM DA MINHA FILHA!-De onde o David surgiu?

Killian: PODE DEIXAR! ELA ESTÁ EM BOAS MÃOS.

David: É O QUE EU TENHO MAIS MEDO, SUAS MÃOS.

Emma: DAV, TEM UMA CRIANÇA AQUI.

Seguimos para o carro e coloco Lucy na cadeirinha fecho a porta e sendo no banco da frente, Killian faz o mesmo e começa a dirigir. No meio do caminho ele pousa sua mão em minha perna esquerda e começa a fazer carinho, coloco minha mão sobre a dele e aperto a mesma juntando nossos dedos.

Assim que ele guarda o carro na garagem pega Lucy, que já dormiu, no banco de trás.

Emma: Obrigada, foi maravilhoso! Mas...

Killian: Tem que ter uma mas.-Disse revirando os olhos.

Emma: Eu já vou para casa.

Killian: Não.

Emma: Killi...-Ele me interrompe.

Killian: Você é minha namorada, dorme aqui. É tão legal dizer que você é minha namorada.

Emma: É mesmo? Namorado!-Digo rindo.

Killian: A Lucy pode acordar!-Disse colocando o dedo na boca indicando para que ei fizesse silêncio. Levanto a mão como rendimento.

Emma: Tchau!-Dou-lhe um selinho.

Killian: Você vai dormir comigo.-Começou a beijar meu pescoço, mesmo com Lucy em seu colo.

Emma: Ta bom!-Digo por vencida.

Entramos e fomos para o quarto dele, que logo que entramos colocou a Lucy no meio da cama, tiro meu casaco e meu salto, e me deito ao lado da Lucy.

Killian: Se quiser pegar uma roupa minha.

Emma: Me dá essa sua blusa mesmo.-Me refiro a que ele estava usando, ele tira a blusa e joga para mim. Fiquei olhando seu corpo e mordendo o lábio.

Killian: Desse jeito eu vou ter que deixar Lucy no quarto dela.-Diz rindo.

Emma: Não precisa.-Levanto e pego a blusa viro-me de costa para ele.-Abre pra mim?-Refiro-me ao zíper.

Killian: Claro.-Ele desse o zíper e tira meu cabelo do 'pescoço' e planta um beijo a baixo da minha orelha.

Emma: Obrigada!-Tiro o vestido por completo e logo coloco sua blusa, ele me ajuda a abotoar e me deito na cama.

Killian: Lucy está nos separando.-Diz fazendo manha.

Emma: Para de drama, Killian!

Killian: Aff!-Diz dando língua para mim e eu retribuí.

Emma: Boa noite seu chato.

Killian: Boa noite, chata!

Fechei meus olhos mais um sorriso não saia do meu rosto, hoje tinha sido um dia cansativo mas terminou de uma forma perfeita, maravilhosa, esplêndida. Acabo caindo no sono.

(Quebra tempo)

Acordo e vejo dois pares de olhos me olhando um era azul e outro verde, porém eles não tinham percebido que estava acordada.

Lucy: Ela vai ser a melhor mamãe do mundo.

Killian: Por quê você não chama ela de mamãe?

Lucy: Mas e se ela não gostar?

Killian: Filha, ela disse que você podia, então ela vai gostar.

Lucy: Mas e se for só porque eu pedi? Eu vou chamar mas se ela fizer carinha feia eu vou falar que foi você.

Killian: Ela não iria fazer isso. Assim como eu ela te ama!

Lucy: Eu amo vocês assim, bem grandão.

Killian: Nós também amamos!-Diz rindo.

Emma: Sobre o que vocês estão falando?

Lucy: A é que... Sabe mamãe...-Quando ela me chama assim não consegui guardar o sorriso que se estampou em meu rosto.

Emma: Eu posso te chamar de filha? Filhinha?

Killian: Viu eu disse que ela ia gostar!-Colocou uma mecha do cabelo da pequena atrás da orelha.

Lucy: Você é a melhor mamãe do mundo.-Disse me abraçando.

Killian: Ei você tem pai!-Diz fazendo drama e o puxo para o abraço.

Emma: Eu quero comer.-Disse sentindo meu estômago pedido por comida.

Killian: Ovos com bacon ou bacon com ovos?

Lucy: Panquecas!-Disse animada.

Emma: Ovos com bacon e uma panqueca para minha filhinha.-Lucy corou quando eu falei isso.

Killian: Faz lá Swan!

Emma: Ei eu vou visita.

Killian: Já é de casa.

Lucy: E se todo mundo fizesse?

Emma: Boa!-Disse em um tom alegre.

Após ter escovado meus dentes, com a escova do Killian já que não tinha nenhuma aqui, descemos e começamos a preparar a massa da panqueca, ficamos jogando farinha um no outro e rindo das palhaçadas.

Na hora de fritar os ovos Lucy acabou derrubando um e começou a chorar com medo do pai dela brigar, mas ele ficou abraçado com ela falando coisas do tipo: "Calma filha, não tem problema.", "Não fica assim meu amor, se não o papai vai chorar".

Assim que ela se acalmou limpamos e brincamos de guerra de água,  caiamos de preparar todo o café e fomos tomar um banho, sim todos juntos, Lucy já estava acostumada a tomar banho com Killian, mas eu fiquei com vergonha, porém ele me jogou no banheiro de baixo da água e ficou ali sem roupa na maior naturalidade.


Notas Finais


E ai?
Acho que muitos quiseram me matar nos primeiros trechos...
Gente antes de tudo
EU INDICO PARA VOCÊS ESSA FIC COLIFER:
https://spiritfanfics.com/historia/once-in-a-lifetime-6717899

É maravilhosa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...