História Justo você!? - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens August Wayne Booth (Pinóquio), Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Princesa Aurora, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Vovó (Granny), Will Scarlet, Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags August, Belle, Captain Swan, Captainswan, David, Emmaswan, Graham, Jones, Justo Você, Killianjones, Mary, Once Upon A Time, Ouat, Outlaw Queen, Outlawqueen, Regina, Reginamills, Robin, Ruby, Swan, Swanjones, will
Exibições 391
Palavras 1.212
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi

Capítulo 55 - Tão pálido


Fanfic / Fanfiction Justo você!? - Capítulo 55 - Tão pálido

POV Killian:

Sai do banheiro para pegar a toalha da Lucy e um roupão para Swan, assim que volto vejo as duas brincando e fico com um sorriso bobo, as duas mulheres da minha vida comigo.

Killian: As toalhas.


Emma: Obrigada!-Diz pegando o roupão e o vestindo.


Lucy: Papai, hoje eu tenho que ir para a escolinha?-Diz fazendo biquinho.


Killian: Tem.


Lucy: Mas a ti.. Mamãe Emma não vai trabalhar.


Killian: Não?


Emma: Sim?


Killian: Olha mesmo com ela não indo trabalhar você vai para escolinha.


Lucy: Arg, eu nunca posso ficar em casa.


Emma: Vai meu amor, quando você voltar a gente toma banho na piscina do papai.


Killian: É.


Lucy: Ta bom.

Ela saiu correndo para o quarto dela.

Killian: Hoje o "papai" também não vai trabalhar!-Dou um sorriso malicioso.


Emma: Hum... Que bom.-Virou-se de costa para mim e começou a se vestir, e como sempre abusada, ela foi até meu guarda roupa e pegou uma das minhas cuecas, e não era qualquer uma era a única que eu tinha achado igual a que eu usava antigamente, cheia de fantasmas.


Killian: Ei! Essa ai não.


Emma: Tarde de mais.-Disse se vestindo e colocando o vestido que estava ontem.-Vamos comer e depois eu vou para minha casa.

Assim fizemos, porém antes arrumei Lucy.

(Quebra tempo)

Já tinha deixado Lucy na creche e estava sem nada para fazer, resolvo ir para casa da Swan. Toco a campainha e ela logo atende.

Killian: Oi!-Dou-lhe um selinho.


Emma: Entra.-Assim fiz.

Ela estava apenas com um robe branco, quase transparente e uma lingerie vermelha, sua boca estava com um batom vermelho que dava destaque.

Killian: Você pensou na hipótese de que podia não ser eu.


Emma: Sim.


Killian: E iria atender a porta assim?


Emma: Ciúmes?


Killian: Claro que não, só preocupação.


Emma: Hum... Ta vendo aquele roupão no cabide?-Disse apontando para o mesmo que estava próximo a porta.-Pois então, eu iria usar ele, mas como vi pelo olho mágico que era você não fiz questão de colocar. Algum problema?


Killian: Nem um.-Disse olhando para cada parte de seu corpo.


Emma: Vamos assistir?


Killian: Você não tem Netflix.


Emma: Eu fiz uma nova conta, tá amor!


Killian: Ui, desculpa.


Emma: Vamos logo.

Disse começando a subir a escada, e fiquei olhando para seu corpo, especificamente um local, sua "costa", haha quem eu posso enganar?

Emma: Vamos Killian!


Killian: Ah, claro.

Entramos no quarto dela que logo se jogou na cama e me puxou junto, fazendo com que eu caísse por cima.

Emma: Fale-me desde categoria a classificação.


Killian: Bom, maiores de dezoito e qualquer uma que envolva sexo.


Emma: Me deus. Meu namorado é um safado.


Killian: E a minha namorada se faz de santa.


Emma: Mas eu sou, sou um anjinho.


Killian: É mesmo, anjinho?-Beijei seus lábios com brutalidade.


Emma: Acho melhor esquecer televisão.

Ela desligou a mesma e jogou o controle em algum lugar.

Killian: Vermelho destaca suas curvas e belezas.


Emma: Eu coloquei para ver se você notava.-Comecei a tirar seu robe e ela me ajudou.


Killian: Então já estava me esperando?-Disse beijando seu pescoço.


Emma: Claro, afinal tinhamos que termi... Droga.-Diz quando escuta seu celular tocar.-É o papai.


Killian: Atende.

Ela atendeu o celular e deixou no viva voz.

Emma: Oi pai! Tudo bem?


David(o pai): Tudo e com você? Alguma novidade?-Comecei a beijar seu pescoço.


Emma: Sai Killian.-Sussurrou.


David: Filha tem alguém com você?


Emma: Não. É... Pai...


David: Aqui tá tudo bem, mas e ai Lucy?-Solto o fecho do sutiã.


Emma: Killian para.-Disse tentando me empurrar.


David: Filha tem certeza que não tem ninguém ai?


Emma: Tenho.


Killian: AH... MAS RÁPIDO.


David: EMMA SWAN NOLAN TEM ALGUÉM COM VOCÊ?


Emma: Tem o Bidu.


David: E desde quando ele fala?


Emma: É na televisão pai!


David: Tem certeza?-Quando ela menos esperava eu comecei a chupar seu pescoço e massagear seu seio.


Emma: Ah... Sim...-Falou gemendo.


David: Filha você está se masturbando?


Emma: NÃO.


David: Liga a video chamada.


Emma: Não dá.


David: Liga agora.-Eita deu merda.


Emma: Tá.

Assim que ela desligou o celular fechou o sutiã e tentou arrumar em poucos segundos o cabelo, sai de cima dela.


Ela pegou o notebook e ligou a video chamada, o batom vermelho dela estava todo borrado.

David: Filha.. Puta quem me pariu. Por qual motivo seu batom tá borrado?


Emma: Eu passei o braço sem querer.-Inventou uma desculpa qualquer, mas ela vai ter que falar pro David que a gente tá namorando nem que eu tenha que contar.


David: Emma Swan não mente, você está sem blusa.


Emma: Pai aqui está muito calor, ok?


David: Ok...-Disse desconfiado. Coloco minha cabeça entre sua perna e ela começa a fazer sinais para que eu saísse.-Filha o que você tá fazendo?


Emma: Nada.

Eu, delicadamente, coloquei minhas mãos nos lados da calcinha dela e a arranquei com força.

Emma: Killian!-Fala com raiva.


David: Killian? Ele tá ai?


Emma: É... não.-Diz super vermelha de vergonha.


Killian: Estou sim sogrinho.


David: Você também está com batom na boca, vocês? Calma sogrinho?


Emma: surpresa!-Falou sem graça.


David: Meu deus vocês... Que horror, minha filha e meu filho.


Killian: Na verdade...


David: Cala a boca, você é meu filho sim. RUBY ME AJUDA AQUI EU NÃO TÔ MUITO BEM. Filha eu vou desligar.


Emma: Pai você está bem?


David: Só um pouquinho de tontura, nada de mais.


Ruby: Oi, amor!-Ela olhou para mim e para emma pelo computador.-Oi meus amores! Finalmente se assumiram?


Killian: Oi mãe!


Ruby: Emma, seu batom...-Fez um sinal ao redor da boca.-Bom parabens, mas agora vou cuidar do seu pai nunca vi ele tão pálido. Tchau.-Desligou a chamada.

Emma fechou o notebook e colocou em cima da mesinha.

Emma: Será que ele tá bem?


Killian: É claro que está, Swan!


Emma: Tomara mesmo.

Meu celular começa a tocar e percebo que é a Regina, atendo e ela pergunta se não quero deixar Lucy com ela para irem ao parque com Robin e eu deixei já que esses dois não se desgrudam mais, e a desculpa sempre é a Lucy.

(Quebra tempo)

Já tinha buscado Lucy e deixado na casa da Regina, vejo swan andando sozinha pela rua e a chamo para minha casa, ela olha para a dela mas aceita.


Entro em caso e começo a beijar Swan, ela senta no "braço" do sofá e continuamos a nos beijar, ela se afasta por um tempo.

Emma: E a Lucy?


Killian: Está com a Regina!-Dou um sorriso e volto a beijá-la, nos deitamos no sofá e continuamos a nos beijar.


Emma: E se alguém aparecer?


Killian: Eles não vão querer presenciar isso.

Ela volta a me beijar e passo a mão por baixo de sua jaqueta.

Emma: A minha jaqueta, deixa eu tirar.


Killian: Não tudo bem, eu gosto da sua jaqueta vermelha.

Volto a beijá-la e ele coloca a mão no meu pescoço mas depois de um tempo tira sua mão do pescoço e passa pela minha bunda, e me puxa mas para si.

Emma: Hum... Hum... É...-Tentava falar enquanto nos beijávamos. Me separo dela para poder escuta.-É... Melhor a gente, ir para o quarto.-Falava pausadamente.


Killian: Para quê perder esse tempo todo, e temos um sofá e um chão?


Emma: Killi!-Diz fazendo biquinho.


Killian: Ta bom!-Digo revirando os olhos e mordendo seu lábio inferior.


Notas Finais


ALGUÉM ENTENDEU ESSA ÚLTIMA REFERÊNCIA? Claro que teve mudanças na fala....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...