História K-HipHop Imagines - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Beenzino, Crush, DEAN, Dok2, Dynamic Duo, GIRIBOY, GRAY, Jay Park, LOCO, Simon D., Tablo, Verbal Jint, Zico, Zion.T
Personagens Beenzino, Choiza, Crush, DEAN, Dok2, Gaeko, G-Dragon, GIRIBOY, GRAY, HyunA, Jay Park, Kim Hae-sol "Zion.T", Lee Chaelin "CL", Lee Seon-woong "Tablo", LOCO, Personagens Originais, SeungRi, Simon Dominic, Verbal Jint, Zico
Tags Beenzino, Bewhy, Bobby, C Jamm, Cris, Dean, Dok2, Elo, Epik High, Giriboy, Gray, Hyuna, Jay Park, Kush, Loco, Seungry, Simon D, The Quiett, Ugly Duck, Verbal Jint, Zico, Ziont
Visualizações 701
Palavras 1.581
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uhuuuuuu
Mais um pedido concluído!!
Esse quem pediu foi a TQstan2901 e a larydelicolli, espero que gostem queridas 💕💕

Capítulo 52 - Penomeco - (HOT) Sexual God


Fanfic / Fanfiction K-HipHop Imagines - Capítulo 52 - Penomeco - (HOT) Sexual God

A vida sexual de Dong Wook estava prestes a mudar para sempre e você iria certificar-se disso. 

O sexo com Dong Wook sempre era incrível, nunca chato e tedioso, mas havia uma coisa que você queria mudar, você queria estar no controle por uma vez. Era o seu namorado que sempre estava no controle, e embora você tenha amado esse aspecto dele, quando se tratava de sexo, você queria que ele estivesse em outro papel agora. Ele estava tão seguro de si mesmo nesse departamento, mas agora era sua vez de assumir a liderança.

"O que você está fazendo?", perguntou Dong Wook com sedução. Quando ele entrou no apartamento, você estava escondida atrás da porta. Não lhe dando a chance de perceber algo, você subiu gentilmente atrás dele e colocou uma venda em seus olhos. A maneira mais rápida de assumir o controle era não dar-lhe uma chance, fazer uma surpresa. Você apenas sorriu para a pergunta dele enquanto o guiava para o quarto.

Uma única sobrancelha dele levantou enquanto deixava você liderar o caminho, um sorriso conhecedor no rosto. Uma vez no quarto, você empurrou-o apressadamente para a cama. Dong Wook, surpreendentemente, foi de bom grado para a cabeceira da cama enquanto você se arrastara sobre ele. Ele riu quando você roçou sua boca sobre a dele, em seguida tentando te tocar, mas você segurou seus pulsos e empurrou-os de volta. Você tinha cordas preparadas inteligentemente para quando ele fizesse isso.

Ao pegar uma do lado da cama, você amarrou um pulso a cabeceira, fazendo o mesmo com o outro depois. O sorriso de Dong Wook sumiu por um segundo quando ele percebeu o que estava acontecendo, mas foi algo momentâneo, ele finalmente olhou para você, e mesmo que seus olhos estivessem cobertos, você sabia que ele estava te olhando.

"Sentindo-se um pouco ousada, vejo." Ele comentou, sua voz cheia de intriga. Dong Wook gemeu suavemente, franzindo as sobrancelhas, mas depois riu: "Eu sei o que você está fazendo, querida..."

Você franziu o cenho para ele, mas ainda assim não disse nada.

Inclinando-se, você começou a deixar um rastro de beijos do lóbulo da orelha até a clavícula exposta. Mas enquanto você continuava a beijá-lo, o divertido, e para você, frustrante, sorrisinho nunca deixou o rosto de Dong Wook. Ele virou a cabeça um pouco para encará-la: "...e você vai perder." 

'Isso é oque vamos ver', você pensou, afinal, esse era o desafio que estava procurando.

Não dando a ele uma chance de fazer outro comentário arrogante, seus dedos traçaram o decote da camisa antes de puxa-la, o tecido rasgando facilmente. Você sorriu para si mesma, sentindo-se orgulhosa. Dong Wook ficou um pouco surpreso, mas começou a rir, "Você anda malhando? Querida, você ainda tem dificuldade em abrir um saco de batatas fritas." Você rosnou por dentro. Como se soubesse o que estava pensando, ele provocou mais: "Você está com raiva, baby?"

Olhando para ele, você queria arrancar o sorriso de seu rosto. Mas por que não fazer isso? Então um pouco gentilmente, um pouco não, a palma da sua mão encontrou o lado do rosto dele. A boca de Dong Wook ficou aberta em estupor. Chocado com o tapa. Você segurou sua risada, sabendo que estava apenas começando a arranhar a superfície de seu complexo de Deus sexual auto-assegurado. Mordendo o lábio, você então massageou a bochecha ligeiramente avermelhada dele.

"Nós podemos trocar tapas no quarto agora?" Ele perguntou, sua voz se encheu de diversão. Arrastando os dedos sobre o peito e o estômago agora expostos, você foi em direção a barra do jeans. Dong Wook riu novamente: "Não seria a minha primeira vez." Claro, você gemeu para si mesma, ele não vai ser fácil de nocautear.

Talvez você devesse usar fones de ouvido, ou qualquer coisa para bloquear seus comentários idiotas. Era suposto que você se sentisse no controle, imperturbável pela atitude dele, mas devia saber bem que nada daquilo seria tão fácil. Você precisaria tentar mais. O melhor que pôde, então você começou a desabotoar o jeans, puxando-os para baixo de seus quadris.

Assim que descartou a peça de roupa no chão, você abaixou a cabeça, em direção a sua coxa. Você beliscou a pele sensível e ouviu Dong Wook inalar bruscamente com sua ação, fazendo você rir contra a pele dele. 

O que você não deveria ter feito. 

Assim que você riu, se repreendeu mentalmente, sabendo que Dong Wook iria fazer um comentário arrogante.

"Não fique excitada, baby. Lembre-se, tudo o que você pensa em fazer, eu já pensei. Eu conheço você." Ele declarou. 

Você ficou tentada a lhe dar outro tapa, levantando a mão, mas você sentiu que estava indo pelo caminho certo quando viu a boxer dele ficar mais apertada contra sua protuberância crescente. Você riu suavemente para si mesma. Mesmo que fosse natural e você esperava que ele se esforçasse, você sabia que era porque ele estava fascinado por tudo o que acontecia, apesar de seus comentários irritantes.

Encontrando a barra de sua boxer, você lentamente puxou-a para baixo. Dong Wook deslocou os quadris, se aproximando de você. Momentaneamente olhando para ele, você viu seus lábios se abrindo em antecipação. Com as unhas, você roçou suavemente os quadris até as parte superior das coxas. Dong Wook ofegou um pouco, mas você conseguiu ver que ele tentou ocultá-lo.

Você soprou levemente ar frio na cabeça do seu comprimento. Ele se contraiu e você mordeu o lábio para esconder seu sorriso satisfeito. Movendo-se mais perto, você estava perto o suficiente para que sua respiração quente pudesse ser sentida contra ele. Dong Wook suspirou pesadamente, seus pulsos se movendo por um segundo, como se ele quisesse se libertar. 'Este é apenas o começo, querido'. 

Dong Wook levantou brevemente os quadris, inconscientemente, querendo ser tocado.

Usando as mãos, você o abaixou firmemente, segurando seus quadris. Dong Wook ficou visivelmente irritado e impaciente, "Acho que você já teve oque queria. Agora termine isso, porra".

Você ficou boquiaberta com a exigência, mas sabia que ainda não tinha chegado onde queria. Na verdade, você ainda estava muito longe de provar o seu ponto de vista, e ele, infelizmente, vai se dar conta disso muito cedo. Ignorando sua vontade, sua necessidade, você avançou para o próximo passo, agora você estava se esfregando contra ele.

Dong Wook inalou em satisfação. O sentimento dele contra você foi quase o suficiente para te fazer perder o controle, mas isso era exatamente o oposto do seu plano para esta noite. Você queria fazer sons agradáveis, mas você queria mais ainda que o quarto fosse preenchido apenas com os sons provenientes de seu namorado. 

Um Dong Wook submisso e atordoado. 

Novamente, ele puxou as cordas quando você começou a pressionar-se mais contra ele.

Dong Wook moveu os quadris para cima novamente, deixando você surpresa e te forçando a ofegar instintivamente. O sorriso dele ressurgiu, seu lábio inferior estava escondido em sua boca enquanto ele o mordia naquela maneira irritante e arrogante. Você estava prestes a continuar, mas ele abriu a maldita boca novamente.

O som do seu nome vindo dele, um tom rouco, te fez estremecer, mas você não hesitou. Ele balançou a cabeça, estalando a língua: "Você é tão previsível." 

'Tudo bem', você pensou malvada, sabendo que esta seria a maior e mais absoluta coisa ousada e vingativa que você já fez com ele. 'Você quer algo imprevisível? Eu vou te dar algo imprevisível então.'

"Você pediu por isso." Você sussurrou calorosamente contra sua orelha, falando pela primeira vez desde que ele chegou em casa. Dong Wook sorriu, esperando algo excitante, mas pouco sabia o quão errado ele estava. 

Você se levantou e desceu da cama no instante seguinte, sem dar tempo de ele esboçar qualquer reação. O sorriso arrogante sumiu de seu rosto quando sentiu que você se afastou a cama, "Querida? Que porra você pensa que está fazendo?"

Você cantarolou e encolheu os ombros, não se preocupando em remover a venda dos olhos dele e muito menos as cordas. Entrando em seu closet, você se certificou de fazer muito barulho enquanto começava a se vestir. Dong Wook puxou com força os pulsos: "Isso é brincadeira, certo? Você não está me deixando assim." Você riu sozinha.

"Se você ainda estiver acordado quando eu voltar, talvez eu termine." Você disse a ele.

"Talvez você termine?", Dong Wook sibilou, com a cabeça enterrada nos travesseiros. Você voltou ao lado dele e percebeu que sua excitação ainda estava forte e firme, implorando por atenção. Você fez uma careta, "Ahh, Dong Wook...", você suspirou, inclinando-se para acariciar a bochecha dele. 

Ele rosnou para você.

"Você deve aprender uma coisa ou duas sobre ser arrogante no quarto. Eu poderia te agradar toda a noite se tivesse mantido sua boca fechada, mas ai", você suspirou de novo sarcasticamente, "o ego do grande Dong Wook arruinou tudo." Ele fez uma careta para você e puxou ainda mais as cordas.

"Eu juro, baby. Se você me deixa assim, vai se arrepender." Você riu alto, estalando sua língua, "eu prevejo que você ainda estará preso no momento em que eu voltar".

Você foi para sala, caminhando orgulhosamente em direção a porta da frente. Chegando lá. você deu mais uma olhada em direção a porta do quarto, onde seu namorado estava na cama de uma forma tão veraneável. Dong Wook sempre conseguiu o que ele queria na cama, sempre, mas você nunca o provocou até este ponto, ou provocou-o de verdade, ele era muito exigente. Então, a noite não acabou do jeito que você planejou, mas se você o surpreendesse, você precisava se surpreender mais ainda. 

Você sorriu com orgulho: "Você é tão previsível, Dong Wook. Te vejo em breve."


Notas Finais


Ok, nao foi tão hot assim, mas foi quase kkkkkkk
Lista de pedidos está quase no fim, uhuuu
Estou ansiosa pelos novos pedidos !!
Enfim... até o próximo cap e não se esqueçam do grupo das leitoras no wpp, quem quiser participar, é só me enviar uma msg com o número 😉💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...