História Kai mora ao lado (imagine exo) - Capítulo 72


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, TWICE
Personagens Kai, Kris Wu, Nayeon
Tags Bts, Exo, Imagine, Imagine Exo, Love
Visualizações 257
Palavras 1.369
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi bolinhos, tenham uma boa noite com esse capítulo fresquinho.

~lostkisu

Capítulo 72 - "somos noivos"


Fanfic / Fanfiction Kai mora ao lado (imagine exo) - Capítulo 72 - "somos noivos"

 

   (…)

Acordei com kai ao meu lado, ele está tão lindo dormindo. Seu rosto moreno, seus lábios carnudos e seus olhos fechadinhos são tão perfeitos…e esse nariz, tão fofinho… ele estava somente de cueca e blusa e eu com minha lingerie de ontem e uma camisola rosa.

Me levanto, mas ele me puxa.

-o que houve, oppa?- ele sorri ainda de olhos fechados.

Kai- bom dia…- sorri e o beijei. Ele abriu os olhos e ficou a me fitar.

- já é tarde, você precisa ir… são uma e…- o mais velho me roubou um beijo me cortando as palavras.

Kai- já está me dispensando tão rápido? Vamos almoçar juntos. Os meninos ja sabem.

-so eles e a megan. A qualquer momento meus amigos podem chegar e te ver aqui. Nao quero que eles saibam agora.

Kai- uma hora vão saber.- ele retrucou

-mas nao agora.- retruquei.

Kai- ok, mas saiba que sentirei muito sua falta e estarei com raiva do tempo pois ele estará passando muito devagar sem você.- ele falou dengoso e chateado se levantando.

Quando ele se virou de costas pra colocar sua calça eu o chamei

-kai… você pode ficar, mas só uns minutinhos…- ele riu ainda de costas.

Kai- sabia que isso ia dar certo.- o mesmo correu ate a mim e me jogou na cama me abraçando.

Eu ria com sua babaquice e de repente alguém abre a porta.

Megan- que safadeza é essa em plena luz do dia?- ela falou brava e depois riu com a nossa cara assustada- Bora, levantem daí que o almoço ja ta pronto!

Ela falou em inglês e logo kai entendeu o que ela quis dizer.

Kai- ah..ok.- ele se levantou e viu que estava sem calça. Logo ele corou e me puxou pra frente dele. - s/n…estou sem calça, manda ela sair.- ri com suas palavras

-megan, dê licença pro kai se vestir.- ela riu envergonhada e então uma buzina tocou.

Megan- ixi…o yoongi chegou.- ela sorriu- como eu to?

-linda! Agora vai! Nao aguento mais os outros não entenderem você. Aprenda logo o coreano!- resmunguei.

Megan- vou tentar o meu máximo!

-tentar nao…conseguir! Nao é atoa que o yoongi ta pagando seu curso. Ele te ama.

Megan- assim voce me deixa envergonhada- rimos

Kai- s/n…- ri e bati na bunda dele

-megan, vai logo, moça. Eu cuido do luke.- ela sorriu, agradeceu e se foi.

Luke- tia! Quem é esse?

-seu tio! Vou te levar pra o cursinho hoje, ok? O tio kai vai pagar. Não é kai?

Kai- o que? Nao entendi.

-voce vai pagar o cursinho de coreano pra ele, ne?

Kai- ah…yes!- o pequeno sorriu e eu também.

-entao vamos lá fazer sua inscrição.

Kai- na verdade, tem um de graça aqui pertinho.

-melhor ainda. Vamos!- luke se sentou na cama esperando eu e kai nos arrumarmos.

Vesti um vestido azul bebê rodado, e sapatilha preta. Coloquei um colar de ouro e tava pronta. Nao queria me arrumar muito. Kai só colocou a calça e pegou o luke pra irmos.

Descemos e saímos de casa. Kai colocou sua máscara e boné, o dia estava ensolarado.

Segurei uma mãozinha do luke mas logo o kai o pegou e o colocou sentado em seus ombros. Kai pegou minha mão enquanto segurava o menino pelas costas.

Kai- o dia está tão bom…- sorriu olhando pro céu.

-sim, mas prefiro o frio.- sorri

Kai- é logo ali, na esquina. Está vendo?- falou sem apontar, pois nao queria soltar minha mão.

-sim, estou vendo.- ele me guiou até lá e vi famílias felizes saindo. Sinto falta da minha mãe agora.

Kai- por que está com essa expressão? Aconteceu algo? Está com dor?- ele olhou preocupado e eu sorri fraco.

- Não, estou bem. Só…senti falta de alguém..- ele se assustou nervoso.

Kai- é o park? Ou o kris?- neguei com a cabeça desesperada.

- não! Você é o suficiente pra mim! Você é perfeito pra mim! Mas uma mãe nunca se troca.- ele sorriu aliviado, mas logo se preocupou.

Kai- quer que eu pague uma passagem pra ela vir lhe ver?- eu sorri surpresa com seu jeito de resolver as coisas.

- não, não precisa- ri descontraindo o clima- um dia eu irei a ver. Eu creio nisso. Ela poderá me ver antes de ir pra um lugar melhor.

Kai- também espero. Só nao fique triste, ok? Vocês vão se encontrar novamente.- ele acariciou minha mão enquanto a segurava.

Entramos no tal cursinho, a atendente quando nos viu, deu um sorriso de boas-vindas, me deixando confortável.

Atendente- boa tarde, o que desejam?- falou calma.

Kai- queremos um cursinho de coreano iniciante pra esse pequeno aqui.- kai o pega no colo e a atendente sorri ao o ver de perto.

Atendente- você fala inglês?- ela falou em inglês e o Luke entendeu, logo respondendo.

Luke- sim.- falou animado com a contagiante mulher.

Ainda bem que o kai não tirou a máscara… se nao ela ia pedir autógrafos e ia perguntar o que somos dele.

Atendente- vocês parece muito novos pra ter um filho. Desculpa a invasão de privacidade- ri envergonhada, logo coramos.

- ah.. não somos casados e ele nao é nosso filho.

Atendente- ah sim, desculpa…

Kai- não! Ela ta meio envergonhada mas é o nosso filho sim, somos noivos.- bati nele automaticamente- ya!

Atendente- ja entendi- riu com a mão na frente de seus lábios- ele logo logo irá lhe pedir em casamento e com certeza quer ter filhos contigo. Eu sinto isso.- ri tímida e ele sorriu, pude perceber pelos olhinhos fechados.

Kai- com certeza.- rimos- então… podemos encher a ficha de inscrição?

Atendente- claro!- nos entregou uma folha e logo recebi uma mensagem de Megan falando sobre coisas necessárias que devia se colocar na fixa de luke. Tinha falado antes com ela enquanto a gente descia as escadas de casa.

Preenchi as fixas de inscrição de Luke e entreguei pra a atendente.

Atendente- ótimo, agora vou colocar aqui no sistema. Vocês querem conhecer a sala e a professora?

Olhei pro kai e ele pra mim

Kai- pode ser!

Atendente- Seok! Vem cá, por favor!- uma menina bonita chegou até nós.

Seok- boa tarde.- falou com jeito ignorante.

O que tem de beleza tem de ignorância.

Atendente- mostre a eles a sala de aula e a professora de hangul iniciante, por favor.- a menina confirmou com a cabeça e nos guiou ate uma sala cheia de decorações coloridas e infantis.

Seok- aqui é a sala de aula do hangul iniciante.- ela apontou sendo ríspida e eu observei o local. Bem estruturado… bati meus olhos em uma professora bonita, alta e com traços americanos.

Professora- oh…boa tarde? Será esse um novo aluno?

Seok- essa é a professora do hangul iniciante, Jenny Kim.

Jenny Kim- olá, podem me chamar de kim. Nasci aqui na Coreia do sul, mas meu pai é americano.- se curvou como nós também.- qual é o seu nome ,pequeno?

Luke- luke!- sorriu e a mulher bagunçou seus cabelos.

Kim- ele é fofo.- sorriu e olhou o relógio- oh meu Deus, estou atrasada para a aula particular!- correu pegando sua bolsa na mesa- desculpa, é que meu expediente acabou e tenho aulas de flauta transversal a tarde. Foi legal conhecer vocês.- sorriu- luke, venha todas as quartas e sextas, as 17:00, okay?

Luke- okay

Kim- hi-five?- ele bateu na mão dela e ela sorriu encantada.- depois nos conheceremos melhor. Tenham um bom dia!

-boa sorte!

Kai- tchau.- sorrimos e então peguei luke no colo.- vamos, pequeno.- kai me segurou pela cintura e então saímos do lugar.

-obrigada, seu nome é?

Atendente- sunhee… sun-hee.- sorriu.

-bye, sunhee.- dei tchau pra ela assim como kai.

Andamos ate nossas devidas casas.

Na hora que estávamos frente a frente pra nos despedir, chega alguém de carro.

-deve ser hoseok. Vá logo antes que ele saiba que é você!- o empurrei, mas logo ele roubou um selinho meu e correu pra trás do arbusto

Hoseok- olá s/n amada! Trouxe kimchi!- sorriu e eu também, nervosa tentando ficar na frente do arbusto.

Luke- oba! Esconde-esconde!- "ferrou" foi o que eu pensei. Hoseok me olhou estranho e eu sorri nervosa.- eu ja sei onde você está, tio..- também sua boca pequena e ele riu.

-vamos pra dentro.- hoseok me olhou estranho novamente.

O empurrei pra dentro de casa

-deixei cair minha pulseira ali, leva o luke pra dentro por mim, por favor.- ele sorriu confuso e fez o que eu pedi. Quando ele entrou, aproveitei pra me despedir de kai.- pode ir embora, kai.

Kai- te amo, foi ótimo passar cada momento contigo.- sorri boba e ele me abraçou e eu corei.

-digo o mesmo- fui andando pra casa enquanto ele me olhava.


Notas Finais


Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...