História Kamigami ni Kakushi: Alpha 01 - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 2
Palavras 409
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Finalmente postei o terceiro capítulo, desculpem me caso tenha feito vocês esperar, mas, tá aí

Capítulo 15 - Cap 3: Aquilo que não será esquecido Parte 1


Capítulo 3: Aquilo que não será esquecido

Narrativa: Zedaéd

-Todo mundo ficando com sede durante essa entrevista é? Até eu tô com sede agora

-Vai lá, vai… Bom, acho que agora é a minha vez – Falando sozinho – então eu acho que vou contar sobr-

-Sobre de onde você veio? Eu sempre quis saber, e você só contou isso pro Jen – Tayo disse

-É mesmo, você ainda tá aqui, nem me lembrava. Hahaha.

-Pera, você vai contar de onde veio? Acho uma boa ideia, depois Tayo e Jen poderiam contar coisas que aconteceram antes de se conhecerem e coisas que o outro não sabe – ele olhou como se tivesse ganhado a entrevista da vida dele; esses entrevistadores são realmente muito empolgados, não? – isso seria muito legal.

-Pera aí; você já voltou, caramba, foi bem mais rápido do que eu achava. Ah cara, agora que eu falei isso, acho que vou ter que contar né, então se for pra ser assim vamos iniciar pelo que eu sei de mais antigo, cronologicamente. Só tenho uma coisa a perguntar

-E o que seria? – Jen perguntou

-Você finalmente chegou, e a minha pergunta é: Como assim “ele já viajou 6 vezes entre as dimensões”? Porque, pelo que eu já contei foram apenas 5.

-Aí eu já não sei, você terá que perguntar para “ele” – Jen respondeu

-Então tá né, depois quando eu encontra-lo ou “ele” resolver aparecer, eu pergunto. Mas, eu ainda tenho que contar a minha história não é? Então bora lá.

Bom, aparentemente eu nasci em Utodel, eu e Zan fomos encontrados na mesma noite por duas famílias diferentes, e o meu nome ao que parece, estava escrito em uma plaquinha grudada na minha roupa, com ela foi quase a mesma coisa, segundo ela a única diferença que a plaquinha dela estava só com o primeiro nome, o sobrenome estava cortado fora, outra diferença é que a família que à adotou era legal e gostava dela, ao contrário da minha, onde somente minha mãe gostava de mim, mas não durou por muito tempo, porque ela morreu quando eu tinha lá pelos meus 6 anos e foi aí q-

-Só um segundinho, mas aquele senhor estranho não havia dito que seus pais tinham se sacrificado por você?

-Sim, mas esses eram meus pais biológicos, e eu já sabia disso antes mesmo de eles me contarem, porque eu já havia me encontrado com ele algumas vezes antes, mas, agora eu vou voltar a história…


Notas Finais


Error 4040404:
Writer not found


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...