História Katharina's - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Egípcia, Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Deuses, Luta, Panteões, Vingança
Exibições 14
Palavras 893
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Seinen, Super Power, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


Eu disse que voltaria e eu voltei! Boa leitura!

Capítulo 12 - Terminar o que comecei.


Narradora trabalhando : 

Como eu disse no capítulo anterior o dia começou com um calor infernal para apenas 07:45 da manhã e o sapa bonde estava na ativa. Anis e Mellyssa estavam conversando sobre algo que ninguém se importa até que elas passam pelo quarto do filho de Set, Hotepp.

???- Vai seu arrombado do caralho! Me fode!!! 

Hotepp- Vai porra, grita pra mim! 

???- Porra, que pau grande! Ahhh... Eu vou gozar! 

Hotepp- Vai seu viado de merda! Goza pra mim!

???- Ahhhh~!!

Mellyssa e Anis não sabiam se riam da situação ou ficavam pasma ao reconhecer que a voz que gritava que nem uma puta, com todo o respeito a comunidade LGBT, era o irmão de Anis. 

A- Meu... Deus... 

M- *gargalhada*

A- Mais que merda! Só eu que fico de vela?! - indignada - 

M- Katharina ainda não fez nada com ninguém ainda...

A- Falando nela... Cadê a Gaspazinha?

~ Foco em Katharina : 

Katharina estava na sala de dança, obviamente dançando e o flash das falas de Chaos perturbaram sua mente. 

Flashback :

C- Você não passa de uma marionete! Uma arma biológica! Um projeto de guerra! Um monstro!

K-... 

C- Nada além de um objeto feito para matar com auto poder instável! 

Flashback off ~ 

K- E-eu não sou assim... Eu não fui criada para matar ninguém! O que eu me tornei foi uma escolha minha! *Voz de choro* E-eu não sou tudo que dizem de mim... Eu não sou assim... 

Katharina ajoelha no chão com as mãos na cabeça segurando seus cabelos. A platinada via seu reflexo "frágil" diante um monólogo do seu psicólogico e enfurece por se abalar com comentários de quem sempre ódiou com todas as suas forças! Mesmo sendo o pai de quem sempre a apoiou.

K- Eu sou alguém superior! Eu tenho o poder, o capital, o controle! 

Katharina levantá-se do chão e escora-se no espelho apoiando suas mãos.

K- Se eles querem me ver fora do controle, verão! Que eu destrua tudo, eu destruirei! Que eu acabe com o último átomo existe é o que eu vou fazer! Chaos..... Você está morto! 

Katharina olha para o espelho com seu semblante de ódio, "sangue nos oi", e seus olhos brilhavam, seu cosmo estava sendo queimado involuntariamente o que indicava que realmente ela mataria o primeiro que visse! ( Aliás ela estava com macacão preto, tipo o do vegeta no DB Super) 

Katharina da um murro da porra do espelho que todos o 5 vidros que cobriam a parede quebraram na hora, e um estrondo ensurdecedor de vidro caindo era ouvido.

K- Ahhh! 

~ Foco Mellyssa e Anis : 

 A dupla dinâmica escuta o estrondo assustando-se com o mesmo. 

A- Que merda foi essa?!

M- Veio da sala de dança!

Elas correm para a sala é deparam-se com Katharina saindo da sala com uma cara nada boa e o punho direito ensanguentado.

K- Tsc! 

Elas olham para Katharina sem entender nada. Katharina da as costas para as duas e dirige os passos a sala de combate alpha. 

A- Vem cá... Ela tem 19, né? 

M- O que isso tem a ver?!

A- Sei lá... Deu vontade de perguntar.

Mellyssa e Anis a seguiram de se deparam com uma sala com uma grande arena cavada ( N/a: 4.20m de profundidade e uma quadra de vôlei de largura) e uma mureta de proteção de 1.10m de altura. 

Elas encontraram Katharina dentro da arena com um par de pistolas a vermelha mão direita e a preta na esquerda. A cada cinco tiros dados Katharina girava para a direita ou esquerda. Ela troca de arma : uma lança, Katharina defendia os ataques que os robôs de treino e contra-atacava com tudo. No último robô, Katharina joga lança na cabeça do robô que a mesma atravessa e crava na parede. O cosmo de Katharina é queimado com válvula de escape, em cores roxo, rosa, vermelho, preto e branco formavam  um espetáculo lindo para os olhos, mas tenebroso para os sentidos. 

M- O que aconteceu com você, maninha? Por que teve que ser assim? -preocupada- 

A- Mellyssa... Ela foi só mais uma vítima da ganância... É uma pena... - entrelaçando as mãos com a da Mellyssa- 

K- E-eu não preciso de pena! Eu aguentei tudo sozinha! E não vai ser agora que eu vou precisar! Pena, misericórdia, piedade são sentimentos dos fracos! 

Mellyssa e Anis olham para Katharina que estavam de costas para ela, provavelmente ela nem sabe que elas estão ali... O cosmo se decipa formando um pequeno vendaval...

K- Eu não preciso de ninguém! E nunca precisei! 

Katharina cai de joelhos, mas apoiou na mão esquerda para não cair de vez. Seu ferimento da mão direita já estava curado, mas a mesma mão segurava o pingente de jaspe. 

K- Lembrar do passado não te torna mais forte! Apenas é uma lembrança... Isso só te enfraquece!

Katharina levantá-se, quarda o colar, e respira fundo. Ela já se sentia melhor, sua raiva já havia diminuído, mas não demonstrava estar normal, porém quem a conhecia sabia que tinha algo de errado. Ela sai da arena e encontra a dupla dinâmica, Katharina exita em fazer algum movimento, mas Mellyssa a abraça. 

M- Me desculpa! Eu não queria te fazer mal, mas não é como se eu conseguisse! *Choro*

K- Mellyssa... Não é sua culpa... Nada disso é sua culpa... - retribuindo o abraço - 

M- O que você vai fazer agora? Pra onde você vai?

K- Terminar o que eu comecei...

 Continua...









 


Notas Finais


Wow... Qual será a dá vez? E o que será que Katharina vai fazer?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...