História Katy Perry & Rihanna: Um amor não resolvido - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Katy Perry, Rihanna
Personagens Cara Delevingne, Drake, John Mayer, Katy Perry, Nicki Minaj, Orlando Bloom, Rihanna, Selena Gomez, Taylor Swift
Tags Katyanna, Rihkaty, Romance
Exibições 36
Palavras 669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Historia narrada pela a Rih

Capítulo 11 - Uau


Queria saber o porquê a Nick me chamou para ir para casa de Katy Perry, qual é o interesse dela em mim? Queria muito saber. Essas mulher famosa ver uma se interessa e acha que pode ter a pessoa na hora e no momento que quiser, mas comigo não tem essa não, sou Rihanna e não sou bagunça, mas aqueles olhos, aquelas pernas bem que mexeram comigo, ah aquela mulher é uma deusa, quero abocanhar ela toda, SOCORRO. Ah eu reclamei mas eu vou, quero só ver qual é a dela, se ela ficar de gracinha comigo eu vou dar logo um fora nessa mulher, mas se ela me tratar com jeitinho ou quiser me dar um beijos eu não vou negar né, a boca dela deve ter um gosto tão bom, ela deve ser toda macia... "RIHANNA PARA COM ESSA PORRA" ok, vou me arrumar e vou lá, vou ver oque essa garota quer né... Chegamos uffa, eu to com fome mas eu não vou chegar na casa dos outros falando que to com fome né, dei de cara a Katy denovo, aqueles olhos maravilhosos e lindos, imagino aquela boca se encaixando na minha, ah. -Oi Katy tudo bem? Se vimos bem pouco mas eu to aqui para conhece-lá, ja que você me chamou, vamos lanchar ou algo assim? Ela me olhou e riu e falou -sim, vamos lanchar ou oque você quiserem... Nick abaixou a cabeça -ah não vai dar, só passei aqui para deixar a Rih, tenho um compromisso com o meu empresário, desculpa Rih, Katy aproveita ela, ela é um amor, beijos gente, bom lanche espero que se divirtam! Katy sorriu -ok, beijos. Eu fiquei tipo "POR QUE ESSA PUTA FEZ ISSO?" mas ficar sozinha com a Katy deve ser bom, em fim ela me chamou para ajudar ela no lanche, a mesa era recheada de frutas e pães, tinha vários sucos, cafés e bolos eu ete estava me sentindo no paraíso. Não ousei em não perguntar -pra quê todas essas coisas? Ela me olhou com aqueles olhos lindo que não fazia eu parar de olhar ela e disse -ah eu pensei que a Nick ia ficar, e tambem eu gosto de tudo muito exagerado. Vamos comer? Ou você quer conversar um pouco? Oque eu queria mesmo naquele estante era beija-lá, mas eu me contentei, eu pedi para comermos e depois conversamos. Comemos e ela tomou leite, ficou com bigodinho de leite eu comecei a rir dela, ela me olhou com cara de confusa e perguntou o porquê de eu estar rindo, eu apenas olhei para ela e fiz sinal acima da boca, ela não entendeu denovo, então eu fui ate a ela e limpei. Ela me olhou com uns olhos encantadores, parecia igual quando ela me viu pela primeira vez, minha vontade naquele momento era de beija-lá, eu limpei a boca dela e sai, quando eu sai ela segurou minha mão eu não entendi oque tava acontecendo, mas parece que ela queria me beijar tambem. Ela se virou para mim e disse, vamos arrumar isso tudo? Eu concordei e fomos arrumar tudo. Ela deitou no sofá e me puxou para cima dela. Disse: -mal nos conhecemos e parece que ja somos amigas íntimas... Eu acariciei seus olhos e disse ela era linda, ela disse que eu tambem mas eu senti a respiração dela, eu queria tanto toca-lá, ficamos nos encarando por um bom tempo, até ai ela me beijou, um beijo lento, eu estava ainda sentindo o gosto doce do bolo ainda estava na boca dela, peguei no cabelo dela pedindo mais e mais beijos. Mas lembrei que talvez isso não pode acontecer, e sai de perto dela dizendo que tinha que ir, ela ficou triste. Fui dar um beijo na bochecha dela e ela virou o rosto POR QUE ELA FEZ ISSO? Se beijos por um bom tempo denovo, mas eu precisava ir, tinha combinado coisas com a minha mãe, então sai e ela me levou até a porta. MEU DEUS QUE TARDE



Notas Finais


Espero que gostem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...