História Keep Loving Me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Lauren G!p, Norminah
Visualizações 504
Palavras 1.288
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey essa fanfic era de uma amiga minha e eu resolvi adaptar ela... Espero que gostem

Boa leitura, se tiver algum erro me aviser

Capítulo 1 - Capitulo 1


Fanfic / Fanfiction Keep Loving Me - Capítulo 1 - Capitulo 1

{POVS'S LAUREN ON}

 

E de novo estou tendo esse sonho, ou seria melhor dizer. Pesadelo é sempre a mesma coisa, meus pais me deixando na casa dos meus tios.

 

Com a maior preguiça do mundo me levantei e fui ao banheiro fazer minha higiene matinal, tomei um banho, fiz a barba (projeto de barba) e depois de longos 20 minutos, fui em direção ao closet escolher uma roupa para mais um dia de escola. Peguei um moletom preto escrito “savage”, calça preta e por fim um tênis branco, peguei meu skate e desci as escadas encontrando meus tios e meu primo tomando café

 

-LAUREN PARA DE DESCER ESSAS ESCADAS CORRENDO- Essa era minha tia

 

 -Bom dia–Disse- Desculpe tia, você sabe é automático –Beijei sua bochecha

 

-Alguém morreu e ninguém me contou? Jauregay temos que mudar esse seu lado gótico só o tênis que salva nesse seu look – Disse me zoando

 

-Já acabou com a palhaçada do dia Justin? - Disse dando um tapa em sua nuca

 

-Ai porra-

 

-Justin –Meu tio disse o repreendendo

 

-Foi a Lauren pai-

 

-Estou te chamando atenção por conta do seu vocabulário, para de implicar com o seu primo é Lauren para de bater nele, vocês não têm mais 5 anos já são quase homens principalmente você Justin tem que dar o exemplo já que o mais velho- Sim meu tio não usa o ‘’Ela” quando vai falar de mim.

 

-Desculpa tio –

 

-Desculpa pai, esqueci que temos uma criança aqui-Disse me olhando

 

-Espero que esteja falando de você mesmo –

 

-Lauren acabe seu café você sabe que não pode se atrasar para o colégio ainda mais indo com aquele troço perigoso, você tem dois carros- Disse minha tia

 

-Skate não é perigoso tia, a senhora sabe que eu não gosto de ficar aparecendo –Falei

 

-Eu sei disso querida mas você se machuca tanto com esse troço– Falou apontando para o skate

 

-Relaxa tia-Disse beijando sua testa –Acho bom vocês dois irem trabalhar – Disse me referindo ao meu tio e Justin

 

-Vai logo criança, antes que eu te leve e estacione na frente do teu colégio, ainda faço questão de te levar dentro da sala de aula – Disse meu tio

 

-Não está mais aqui quem falou

 

(...)

 

Que educação a minha deixa eu me apresentar. Bom meu nome e Lauren Michelle Jauregui, mas vocês podem me chamar de Lern, Laur, Lorenzo, Jauregay, saco de farinha ou como meu primo me chama Leite em pó. Vivo em um lugar maravilhoso chamado Nova York. Bom um fato sobre mim é que sou intersexual, ou seja, tenho um pênis devido algumas complicações durante a gestação, porém quem me vê hoje em dia nem imagina que na verdade nasci uma “garota”, quando tinha 12 anos percebi que não me sentia bem com meu corpo então decidi fazer tratamentos hormonais, o que faz com que eu seja um garoto normal de 18 anos com barba, voz grossa. Porém eu decidi continuar com meu nome. Meus tios me apoiaram muito com essa mudança, vocês devem estar se perguntando o que seus tios têm a ver com isso Lauren? Bom quando eu tinha aproximadamente 3 anos, meus pais me trouxeram para casa dos meus tios e sumiram pelo mundo na verdade o desaparecimento deles é um mistério até hoje mas ninguém quis me explicar, meu pai era do FBI e pelo básico que me contaram teve que sumir por conta de alguma coisa que só ele sabia. Enfim meus tios são Nina e Ian Somerhalder e meu primo Justin eles são a minha família, considero Justin como meu irmão mais velho apesar da nossa diferença ser de 4 anos, ele insiste em me tratar como um bebê. Outro fato sobre mim, sou apaixonada pela mesma garota desde o primeiro ano do ensino médio, Camila Cabello líder de torcida a garota mais popular da escola mas não pensem que ela é uma garota esnobe como a maioria das líderes, Camila é uma menina muito inteligente, fofa e simplesmente perfeita. Em alguns momentos do dia pego ela me encarando, devo estar ficando louca. Bem vindos ao meu mundo.

 

(...)

 

Acabei de chegar na escola e já avistei meu grupo de amigos sentados em baixo de uma árvore, logo ao lado observei Camila conversando animadamente com suas amigas, assim que passei ao seu lado ela me deu um sorriso e eu corei por conta disso, as vezes não sei como agir quando o assunto é a Camila

 

-Limpa a baba ai Jauregay- Essa foi a Vero minha melhor amiga

 

-Calada Iglesias –

 

-Bom dia- Disse abraçando todos ali

 

-Tá feliz assim por que? Acho que vou obrigar a Miss bumbum a te dar um sorriso todos os dias só pro seu humor continuar assim – Disse Dinah

 

-Ei parem de implicar com a Laur – Disse Ally me abraçando e eu logo retribui

 

-Ally a defensora dos pobres e oprimidos – Disse Harry

 

-Vai agarrar o Louis- Provoquei

 

-Vou mesmo- Saiu rindo

 

-Acho melhor irmos para a sala- Disse quando escutei o sinal tocar. Entramos na escola e eu não resisti, tive que colocar o skate no chão e começar a andar no meio do corredor

 

-JAUREGUI- Escutei o diretor

 

-Merda- Sussurrei

 

-Boa sorte, doçura – Disse Vero apertando minhas bochechas e indo para sala

 

-Quero esse troço com as rodinhas pra cima, a não ser que você já queira perder ele em plena segunda-feira – Falou serio mas logo depois soltou uma risada

 

-Já estão para o alto senhor Haysting- Sai andando, assim que virei o corredor subi no skate e andei até meu armário

 

-Lauren- Keana me chamou

 

-Então eu queria saber se você pode tirar umas fotos minhas no final de semana, quero dar junto com o presente do Shawn- Disse deslizando o dedo pelo meu peitoral

 

-Claro, eu vou ver se tenho tempo e...- Fomos interrompidas por ninguém menos que...

 

-Keana tire a mão daí, você namora – Disse Camila olhando Keana com como posso dizer raiva? Talvez

 

-Claro- Falou parecendo acordar de seu transe- Me avise se puder Laur- Disse me dando um beijo no canto da boca e saiu rebolando indo em direção a uma das salas

 

-Piranha- Escutei Camila sussurrando

 

-O que disse? - Perguntei

 

-A nada, Keana é muito desagradável – Disse revirando os olhos – Ela namora mas mesmo assim dá em cima de todo mundo

 

-Verdade - Sorrimos- E-ee Ca-Camila você vai pra sala agora? - Merda Lauren tinha que gaguejar na frente da garota

 

-Sim- Sorriu- Você tem aula de que agora? - Perguntou

 

-Química- Revirei os olhos- Odeio essa matéria não entendo merda nenhuma

 

-Não é o que parece, você sempre responde ás perguntas do professor- Falou me olhando

 

-Na verdade quem responde e você- Sorri

 

-Bom vamos? Temos aula juntas agora – Sorriu e eu quase sai correndo, Camila mexe muito comigo não posso negar isso

 

-Você vai pegar seus livros?

 

-Sim, me acompanha até lá? Não quero entrar na sala sozinha-

 

-Vamos lá – Em algum momento enquanto andávamos nossos braços se encostaram e bom eu senti uma corrente elétrica passando por mim, não sei explicar o que era.

 

-Merda não consigo abrir- Disse tentando abrir de qualquer jeito- Lolo você pode abrir pra mim? – 

 

-Lolo é? - Sorri – Deixa eu abrir, licença-

 

-É um apelido, mas se você não gostou desc...-

 

-Ei calma, claro que gostei Camz- Inventei esse apelido agora

 

-Camz? – Sorriu

 

-Claro, você inventou um apelido para mim eu tenho direito certo? - Brinquei

 

-Claro que sim- Entrou na brincadeira – Obrigada- Sorriu

 

-Acho que sou o herói por aqui– abri seu armário

 

-Pode ter certeza que você é – Sorriu

 

-Deixa que eu levo seus livros – Peguei de sua mão

 

-Que cavalheira- Brincou

 

-Meu tio me ensinou a ser cavalheira com moças bonitas – Falei olhando nos seus olhos

 

Continua...

 

 


Notas Finais


Então? O que acharam? comentem ai
Se tiver 20 favoritos e 10 comentarios eu posto mais um capitulo hoje


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...