História [KENJIN] Se Escondendo na Esperança - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), TWICE, VIXX
Personagens Hongbin, Jimin, Jin, Jungyeon, Ken, Ravi, Sana
Tags Jin, Ken, Kenjin
Visualizações 31
Palavras 563
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - ¤켄진° ·.· XIV


Fanfic / Fanfiction [KENJIN] Se Escondendo na Esperança - Capítulo 14 - ¤켄진° ·.· XIV

Depois de um tempo pensando e entendendo, o que ele quis dizer, eu suspirei aliviado por não ter que se sentir pressionado.

Eu entendo que ele gosta de uma forma que não é apenas de amigo, mas mesmo ele sendo essa pessoa ousada que fala tudo que pensa, só que agora vejo que não é só um ousado que se acha. Ele não esta querendo uma resposta de volta, só está dizendo o que sente...

Isso mesmo, ele vai ser só um amigo, se eu não corresponder. O que já é para se questionar, por quê se eu gostasse incondicionalmente Sana, não teria uma duvida e agora em uma sala vazia da delegacia estou com ele ao meu lado... Sentados no chão frio em plena madrugada.

Ele estava quase bem “aparentemente” sua face esta pálida ainda e também está quieto desde que chegamos, mas tentava me acalmar me distraindo, enquanto brincava com meus dedos e... Aquilo funcionou.

O que fazia em uma delegacia? Eu...

Sou arrancado de meus pensamento com um Lee Seok Min que não tinha visto ainda. Um Lee Seok Min um tanto alterado.

– Seu pai vai se arrepender eternamente, de ter tocado nele. – Rosnou alto enquanto Namjoon o segurava para que não fosse em direção a saída.

Com isso notei que meus dedos estavam parado, e Jae Hwan estava fitando Lee Seok Min por um momento pós ele passou a me olhar e só ai notei que estava a apertar sua mão, meus dedos interlaçado nos seus.

Ele não desviou por um segundo, eu fiquei preso nele? Por mais que meu nervosismo vinhesse a tona com seu contato visual e sua mão apertando forte a minha agora, simplesmente não tinha força para cortar aquilo, não tinha...

– Me sinto cansado. – Ele falou após um suspiro longo, e ter soltado um pouco minha mão.

Não sei identificar sobre o quer seria. Se era por não está bem, por não aguentar mais a situação com o pai ou referente a mim. No automático minha mão foi a sua testa... Ele estava com febre e um pouco vermelho, parando agora para olhar seu rosto detalhadamente.

– Está com febre. – Falei e o vi pender a cabeça para o lado, encostando em meu ombro.

– Você devia ser ruim comigo. – Resmungou baixinho.

Bom, dai por diante Jae foi levado para fazer exame para comprovar sua saúde mental, o que demorou muito. Se fosse, ele mesmo denunciaria o próprio pai, por tais coisas horríveis que fez.

Foi provado. Foi denunciado. Fomos liberados.

Hesitei em sai da delegacia, mas me lembraram que nem ali estariam seguros.

– Onde vocês vão? – Ouvi Lee Seok Min falar quando entramos todos no táxi.

– Por quê está parecendo um velho reclamão? – Namjoon perguntou.

– Como está seu irmão? – Jae perguntou em seguida.

– Para o hospital geral. – Lee Seok Min falou para o motorista os ignorando.

– Seu irmão está bem? – Minha vez de perguntar... Ele estava pensativo, e parece não ter ouvido. – Lee Seok Min, você está bem?

– Estou, estou ótimo, como à anos não fico. – Diz com sacarmos. Ele olha para trás e Namjoon que tinha uma expressão triste...

– Chan vai fica bem. – Ele falou firme, forçando um sorriso, levando suas covinhas a aparecer.

– Droga. – Falou repetino. – Mudança, primeiro passar em minha casa. – Falou para o motorista, que assentiu.

– O que foi? – Namjoon perguntou.

– Preciso pegar algo.

– Você parece estranho sorrindo. – Jae falou começando suas provocações.


Notas Finais


Para quem estive interessado em mais KENJIN, ~> https://spiritfanfics.com/historia/tirando-vidas-9415069
"Tirando Vidas" está ligado a "Se escondendo na Esperança"

kiss morekos
byr


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...