História Kesta, um amor pra recordar ❤ - Capítulo 14


Escrita por: ~

Exibições 230
Palavras 765
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Lego house ❤


Fanfic / Fanfiction Kesta, um amor pra recordar ❤ - Capítulo 14 - Lego house ❤

Kéfera on
O video estava seco, sem nenhuma edição. Mais o que realmente importava era o que ele me disse:

(Põe lego house)
- Bom meu amor, eu não sou muito bom em declarações pois eu tenho vergonha. Mais você sabe melhor do que ninguém que eu te amo muito, que eu dedico todos os dias da minha vida pra fazer você feliz e que eu vou te apoiar sempre em todas as suas decisões. Esse vídeo é so pra te lembrar que eu sou feliz ao seu lado, seja com as suas broncas, brincadeiras, Snapchats, tudo. Você é a coisa mais importante que já me aconteceu e eu sou muito grato por te ter na minha vida. Te amo!

Chorei muito, queria que ele estivesse ali comigo pra eu poder dizer pra ele o quando eu o amo. A Malu dormiu e eu fui tomar um banho, fiz alguma coisa pra comer e fui dormir. Fiquei deitada pensando em tudo que tinha acontecido, eu menti pra ele e mesmo assim ele me perdoou, eu não podia fazer isso com ele. No dia seguinte, deixei a Malu na escola e fui pro hospital. Ele ainda não tinha acordado, a mãe dele ainda estava lá mais logo foi pra casa. Logo o médico chegou pra dar notícias:

- Olá! Infelizmente o Gustavo não acordou ainda.
- Mais eu posso ver ele?
- Pode.

Entrei no quarto e ele estava do mesmo jeito, doía ver o meu índio daquele jeito. Eu fiquei ali por um tempo, cheguei do lado dele e sussurei no seu ouvido:

- Vida, eu amei o video! Eu te amo!

Logo eu me levantei pra ir embora e quando eu comecei a me afastar eu senti ele segurar a minha mão. Quando eu me virei, ele estava olhando pra mim:

- Você acordou!

Eu enchi ele de beijos, poder ver ele olhando denovo pra mim foi a melhor coisa que podia ter acontecido.

Gustavo on
Acordei no hospital com a Ké dizendo que me amava. Quando eu abri os olhos, ela estava saindo do quarto, então eu segurei a mão dela. Ela começou a me beijar e eu correspondia:

Gusta: - Me perdoa?
Ké: - Óbvio! Já perdoei faz tempo!
Gusta: - Eu estou aqui a muito tempo?
Ké: - 2 dias
Gusta: - Meu Deus! E a Malu?
Ké: - Ta na escola, não queria ir mais eu tive que insistir.

Logo o médico chegou e fez um monte de exames e ela estava ali do meu lado.

Kéfera on
Naquele dia, eu busquei a malu na escola e fui levar ela pra ver o pai, Quando entramos no quarto, ela correu e sentou do lado da cama.

- Toma! fiz pro senhor!

Quando ele abriu, era um desenho que ela fez na escola pro dia dos pais.

Gusta: - Que lindo filha! Olha amor!
Ké: - Lindo mesmo! Quero um tambem!
Malu: - Ta!

3 Dias depois...

Eu e a Malu fomos buscar ele no hospital. Depois fomos pra casa, almoçamos e ficamos assistindo filme quando meu celular toca:

- Olá?
- Oi? Quem fala?
- Aqui é a Cris D'Amato, podemos conversar?

Naquele momento eu tive um pequeno infarto. Como assim a Cris D'Amato me ligando?

- Ah sim, claro!
- Bom, eu e o Daniel filho vamos fazer um filme baseado no livro da Thalita Rebouças, Uma fada veio me visitar.
- Sim...
- E eu dei uma olhada nos seus vídeos e eu gostaria de conhecer o seu lado atriz.
- Ce ta falando sério? Ai meu Deus!
- Kkkk, então? Topa levar adiante o nosso filme?

Respirei fundo, olhei pro Gustavo e sorri. Ele fez uma cara de quem não tava entendendo nada mais sorriu também.

- Óbvio! Seria louca de não aceitar!
- Bom então é o seguinte, logo o Daniel vai ligar pra você, só queria saber se você iria aceitar! Obrigado!
- Pelo amor de Deus! Eu que agradeço!

Ela desligou. Fiquei um tempo em choque.

- O que foi amor?
- Adivinha quem era!
- Quem?
- Cris D'Amato!
- Que? O que ela queria?
- Saber se eu queria participar de um filme que ela vai fazer!  Gustavo!

Ele me abraçou e ficamos em choque os 3. Eu realmente não sabia nem o que fazer. Continuamos a "assistir" o filme, depois fomos ao shopping andar e depois voltamos pra casa. Quando eu cheguei em casa, senti falta do meu celular que tinha ficado no carro. Peguei a chave e desci pra pegar, quando eu abri a porta alguem chamou pelo meu nome...




Notas Finais


#ÉFada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...