História Kesta- Um Ano Inesquecivel - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gustavo Stockler (Nomegusta)
Tags Bruna Louise, Gustavo Stockler, Kéfera Buchmann, Kesta
Exibições 146
Palavras 647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Demorei mais estou aki
Bjs
Espero q gostem do cap
Boa Leitura

Capítulo 10 - Vamos Brincar Um Pouco, Ok?


Kéfera on

Adeus, Kéfera!
Ouvir essa frase machucou muito mais que um tiro, chorar era pouco, eu preferia morrer há escutar aquilo.

Alguém- Engraçado, eu sempre te amei e te dei carinho, nunca te machucaria como esse tal de Gustavo acabou de fazer! Não consigo acreditar que você amou ele e não eu!

Ké- Pedro o que você está fazendo aqui?

Pedro- Não importa! Como eu pude te amar tanto? Agora você sente a mesma dor que eu, ver o amor da sua vida com outra, sendo feliz com outra e saber que nunca mais vai ser seu de novo!

Acho que nunca chorei tanto quanto agora, ele não ia voltar e saber que fiz a mesna coisa com Pedro me fez sentir a pior pessoa do mundo.

Ké- Pedro eu juro que não foi a minha intenção te machucar, mais por favor, me ajuda á sair daqui!

Pedro- Assim como você me abandonou uma vez eu vou fazer o mesmo com você!

Se virou e caminhou até a porta.

Pedro- Isso pode me doer muito, mais adeus Kéfera, espero que consiga sair daqui mais sem a minha ajuda.
A porta se fecha e me derramo em lágrimas, isso só podia ser um sonho ou melhor um pesadelo.
Sinto um copo d'agua molhar meu rosto e sou despertada.

Nathália- A bela adormecida acordou? Vamos, não temos mais muito tempo, seu namoradinho conseguiu o dinheiro mais rápido que o previsto.

Era um sonho? Ele conseguiu o dinheiro? Ele não me abandonou!

Gustavo on

Eu consegui parte do dinheiro vendendo minha guitarra elétrica, cerca de 5.500. Marquei de encontrar com a Bruna no parque do Ibirapuera.
Peguei uma mochila e coloquei o dinheiro dentro.

Gu- Mãe já volto

Rita- Onde você vai filho?

Gu- Encontrar a Bruna, amiga da ké, volto já! 

Dou um beijo na testa da minha mãe e saio pela porta principal, subo em minha moto e corro para o parque.
Chego lá e avisto Bruna com uma mochila nas costas.

Bruna- Quanto você tem ai?

Gu- 5.500 e você?

Bruna- Também, tive que vender dois braceletes de ouro e pegar as minhas economias no cofre.

Gu- Obrigado, você provou ser muito mais que uma amiga da ké 

Bruna- Eu faria isso quantas vezes fosse possível para ajudar minha amiga, agora vai salvar ela das mãos daquela filha da puta da Nathália!

Vejo os olhos da Bruna brilhando por conta das lágrimas que estavam se formando.

Gu- Não se preocupe, ela vai voltar pra gente, nem que eu tenha que ir para o inferno, ela vai voltar!

Saio o mais rápido possível até escutar meu telefone tocar. Número Privado.

Nathália on

Eu acho melhor ligar para o Gustavo saber como meu dinheiro está.

Ligação on

Gu- Alô?

Nathália- Meu amor! Como anda o meu dinheiro?

Gu- Primeiro: eu não sou mais o seu amor; segundo: seu dinheiro está todo aqui, me passa o endereço que a gente se encontra lá. Eu com o seu dinheiro e você com a Ké!

Nathália- Mais já, porque a pressa? Vamos brincar um pouco ok? Que tal charadas?

Gu- Oque você quer dizer com charadas?

Nathália- Meu Deus Gustavo você era mais inteligente quando a gente ainda namorava!

Gu- Fala logo Nathália!

Nathália- Noite estrelada, flores na cama e juras de amor. Volte ao passado e encontrara a chave principal para o seu amor encontrar!

Gu- Como assim? Voltar ao passado, 
Nathália?

Ligação off

Porra ele já tava com o dinheiro, não posso simplesmente entregar um final feliz para esses dois assim, sem me divertir um pouco antes! Ou melhor, não vou dar final feliz porra nenhuma! Vou deixa-lo brincar de detetive um pouco, e depois acabar com todo essa romantismo e dar um final feliz á mim mesma.

Gustavo on

Meu Deus o que a Nathália quis dizer com aquilo? Onde eu tenho que ir para achar a Ké?


Notas Finais


Gostaram?
Comentem Por favor
Bjs e Tchau.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...