História Keys to freedom (yoonmin)


Escrita por: ~


Sinopse:
Depois de uma guerra, que acabou traçando o triste destino dos seres místicos, o mundo perdeu quase toda a magia e a humanidade seguiu sem acreditar na existência do sobrenatural.

Yoongi só queria ser igual a essas pessoas e poder, também, seguir sua vida em paz.
Já Jimin gostaria de ter a certeza de que a magia existia não só na sua imaginação.

+18 apenas pelo yaoi △ magia!au △ short fic
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 1.568
Favoritos 108
Comentários 37
Listas de Leitura 15
Palavras 10.605
Terminada Sim
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Magia!au, Sugamin, Yoonmin

Fanfic / Fanfiction Keys to freedom (yoonmin)
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Changes
5
377
1.402
 
2.
Book
6
275
2.022
 
3.
Circle
5
237
1.669
 
4.
Ainna
6
228
1.136
 
5.
Demon
7
220
1.937
 
6.
Magic
8
231
2.439

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Hikuno-chan
Capítulo 6 - Magic
Usuário: ~Hikuno-chan
Usuário
Moça, se eu comentar cada pedacinho, você vai ficar enjoada de mim? ;-; É sério, eu ia comentar só algumas coisas aqui e ali, mas não dá ;-;

Antes de mais nada, que capa DI-VI-NA é essa????? Hheuheueheuheuehuee Eu cheguei aqui com o c* na mão, me perguntando como ia segurar essa marra que é terminar essa fic, aí me aparece essa obra de arte! Morri! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

"Vocês estão saindo?", Lispector, Kookie. Fazendo a pergunta que todos queriam! E aí o Yoongi não nega e eu, como boa trouxa que sou, fico toda derretida! Não me faça criar mais expectativas do que eu já crio!! ;-;

Aí você tá invocando o demônio e seu irmão mais novo pergunta se você tá doente '-' Esse Kookie <3 Pera, agora que percebi, ele foi para o manicômio mesmo? Socorro!
Owwwn, o Jin apareceu ali de leve, foi possuído, exorcizado e pá, sumiu. ;-; O que importa é que ele tá bem, e tudo fica bem quando acaba bem <3
INFIRES!!!!!!! Moça, sério, você quer me matar? Nunca ri -e gritei- tanto com um capítulo! WTF! Parecia uma drogada aqui!
Hoseok exorcista em ação <3 <3 AEHO! METRALHADORA DE JEOVÁ! heuhuehueheuheuheuheuehueheueheueh
Como faz pra se convertar à religião Hoseok? Sério, vou fazer um altar pra ele aqui em casa! E alguém traz o prêmio de melhor personagem de todos os tempos pra ele! - Não posso esquecer da Jesuína, preciso encontrar outra gata/cadela/animal pra botar esse nome divoso!

Apostei 69 temers que eles se agarravam nesse capítulo! Ai que emoção <3
Agora tenho que falar de Yoonmin! Por que, na boa, que Yoonmin foi esse????
Esses apertos de mãos super discretos <3 Esse cuidado quase imperceptível um com o outro <3 Esse Yoongi todo preocupado, e carregando Jiminie nos braços <3 dando carinho enquanto ele dorme <3 Ai, meus deus Hoseok! E esses agarros de leve aí????? Morta! No chão! Me arrastando aqui nas minhas emoções! O mais lindo é ver como eles se apaixonaram assim, devagarinho, sem atropelar as coisas, sem pressa... <3 Muito lindo, sério. *coçando meus olhinhos aqui*

Agora irei comentar seriamente! *Cof cof*

Bem, moça, gostaria de deixar claro que amei com todas minhas forças "Keys to fredoom", ah, e também gostei do nome, tenho problemas, costumo prestar atenção nisso também. E foi exatamente ele que chamou minha atenção pra vir aqui e ler essa coisa gostosa.
Você escreve muito bem, me refiro à ortografia e à maneira como descreve as coisas também. Dá aquela sensação boa de estar lendo algo que pode marcar, pelo menos um pouquinho, esses minutos gastos. E, como era de se esperar, realmente marcou. Sua fic é incrível não apenas por ser bem escrita e prender o leitor, mas também por passar uma mensagenzinha, não focando apenas no romance, ou melhor, não focando em um romance clichê e cheio de complicações desnecessárias. Depois de ler, fiz uma nota em minha mente para não esquecer de acreditar nas coisas boas da vida, talvez eu esteja levando isso para um lado meio sentimental demais, mas estou em uma fase em que os estudos, os problemas pessoais e a situação em si do mundo, fazem qualquer um começar a ter pensamentos pessimistas e deixar de acreditar. E aí, esse capítulo, e principalmente aquela frasezinha nas notas finais, que pode ter passado despercebida para alguns, me fez refletir bastante.
Acho que essa é a melhor sensação que se pode ter ao ler algo, sentir que não foi tempo perdido, e que você vai levar aquilo para algum momento de sua vida.

Enfim, gostaria de agradecer por compartilhar essa história maravilhosa com a gente!
Espero que continue escrevendo, e que, aos poucos, essa sua insegurançazinha suma, porque você escreve muito bem e deve ter consciência disso.
A única coisa que poderia reclamar da fic, é o tamanho. Dá uma dorzinha acabar ela... mas tem coisas que não dá para evitar. E te parabenizo por isso, por não continuar uma história apenas por apego, o que muitas vezes faz com que a essência desapareça e as coisas percam o rumo.
Enfim, desculpas pelo o comentário gigante! Não era a minha intenção, mas precisava dizer essas coisas, e eu falo muito. Obrigadinha por ler até aqui! hehe.

Por último, parabéns! Amei muito mesmo! E repito que espero ler mais de suas ideias maravilhosas aqui <3

Um beijo dessa pessoa que não sabe falar pouco. *3*