História Kiara x Vitani - um amor impossível? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rei Leão
Personagens Kiara, Nala, Personagens Originais, Vitani, Zira
Tags Kiara, Kiara X Vitani, Kovu, Nala, Scar, Simba, Vitani, Vitani X Kiara, Zira
Visualizações 29
Palavras 2.946
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Leiam as notas finais quando aparecer essa mensagem no meio da história: "OUÇAM OUVINDO A MÚSICA DAS NOTAS FINAIS AGORA"

Obviamente a música está nas notas finais :p

Capítulo 3 - Capítulo três de três - Give us a little love


Fanfic / Fanfiction Kiara x Vitani - um amor impossível? - Capítulo 3 - Capítulo três de três - Give us a little love

Kiara: - Por que fez isso? P-por que? EU TE ODEIO!

Katari: - Cala a boca, você precisava disso. Vai ser minha por bem... - Katari se aproximou dela e mostrou as afiadas garras. - ou por mal. - E então saiu como se nada tivesse acontecido. Kiara chorava como um bebê, estava sentindo dor, estava sentindo culpa, mas não podia fazer nada. Queria Vitani ali do seu lado, queria o conforto de seu abraço. Mas estava sozinha.

- . . . . . . .  - 

Kiara dormiu secando suas lágrimas, estava sentindo dor, ódio, nojo e uma profunda tristeza que contornava seu peito. Não tinha forças para levantar, estava com fome e sede mas a dor a impedia de se mexer. Katari fora o pior leão que ela já conheceu e jamais iria se casar com ele, preferia fugir das Terras do Reino do que fazer tal coisa. Vitani e ela tinham marcado de se encontrar no Olho da água, então Vitani correu feliz até lá, mas não a encontrou. Então resolveu procurá-la por aí, afinal ela poderia ter se atrasado ou estivesse chegando logo. Depois de algumas caminhadas, encontrou a pobre Kiara chorando a beça, deitada no meio da savana. Vitani se aproximou com rapidez e lambeu a bochecha da mesma. 

Vitani: - Meu Deus Kiara, o que aconteceu? Por que está chorando? 

Kiara: - Vitani... Ainda bem que você está aqui... *seca as lágrimas* Ontem a noite quando você foi embora, Katari veio ao meu encontro e disse que eu deveria casar com ele... Eu obviamente recusei, eu não quero casar com um leão! Mas ele ficou irritado, pulou em cima de mim.. e... e...

Vitani: - E o que?

Kiara: - Você sabe, eu fui obrigada a fazer sexo com ele... contra a minha vontade... está doendo, eu não consigo levantar... por favor me ajude! Eu ODEIO ele! ODEIO! *soluçando*

Vitani: - Ah não... Oh, Kiara... 

Kiara: - E agora ele me ameaçou, disse que se eu não for sua leoa, ele provavelmente irá me matar! 

Vitani: - Não, Kiara, não vamos deixar assim! Precisamos fazer algo! Fuja comigo... Vamos sair daqui! Nunca mais vai precisar ver ele! Não irá precisar se casar nem nada! Vem comigo...

Kiara: - Ah Vitani, mas... E meus pais? 

Vitani: - Não vamos fujir pra sempre, seus pais poderão reinar por muito tempo. Assim que estivermos mais fortes e mais velhas, poderemos combater esse Katari juntas! O que me diz?

Kiara: - Tudo bem... Vamos! Mas, bem... Preciso de uma ajudinha pra me levantar aqui!

Vitani sorriu, e com calma, colocou Kiara em suas costas em uma posição perfeita. Assim, pode correr com velocidade e ajudá-la sem problema algum.

Kiara: - Muito obrigada... Nem acredito que está fazendo isso por mim!

Vitani: - Claro, você é minha... amiga!

Kiara: - S-sobre isso...

Vitani: - O que foi?

Kiara: - N-nada... Vou só descansar um pouco aqui nas suas costas! Haha!

Vitani: - Certo, bobinha...

Kiara e Vitani estavam apaixonadas, mas não queriam deixar claro. Vitani sempre achou que era muito durona pra se apaixonar, mas logo ficou nas nuvens pela princesinha. Já Kiara, sempre pensou em achar um príncipe perfeito, mas pelo visto, encontrou uma "princesa" perfeita. Ainda assim, as duas tinham medo de confessar o que sentiam, afinal a outra poderia não sentir o mesmo. Depois de muito caminhar, Vitani precisava descansar. Então, deitou e se espreguiçou em baixo de uma árvore com uma grande sombra, e colocou Kiara ao seu lado. Era mais ou menos 12:30 e elas não haviam comido nada. Então, enquanto Kiara descansava, Vitani arranjou forças para caçar uma gazela suculenta. As duas comeram desesperadamente, e depois Vitani levou Kiara para o rio ali perto, para se banhar e beber água. 

Kiara: - Muito obrigada...

Vitani: - Hã?

Kiara: - Muito obrigada pelo que você está fazendo por mim, Vitani! Eu não sei como te agradecer...

Vitani: - Continue sendo sempre essa linda princesinha, já é um ótimo agradecimento, haha!

Kiara corou docemente enquanto Vitani bebia água como um elefante sedento. Então, a mesma entrou no rio e jogou sua franja estilosa e molhada para trás, fazendo Kiara ficar um tomate. "Ela é tão linda!" pensava a princesa. Depois de alguns minutos, Vitani sacudiu seu pelo, molhando Kiara novamente, que soltou uma gargalhada gostosa. 

Kiara: - Eeeeiii, hahaha! 

Vitani: - Vem cá, vou te ajudar a levantar. Acho que já tá na hora, né? Você deve estar melhor!

Com cuidado, Vitani levantou as patas traseiras de Kiara, enquanto a mesma levantava suas patas dianteiras.

Kiara: - Olha, estou de pé!

Vitani: - Certo, agora venha até mim!

Vitani se posicionou a alguns metros na frente de Kiara e a chamou. Então, a princesa deu alguns passos lentos e chegou até Vitani.

Vitani: - Êeeeee, você conseguiu! Meio lenta, mas conseguiu!

Kiara: - Sim, já estou me sentindo bem melhor agora!

Vitani: - Consegue caminhar, então?

Kiara: - Claro, mas você não está cansada? Não descansou nada, estava caçando!

Vitani: - Eu estou bem, relaxa! Vamos continuar, então?

Kiara: - Com certeza!

As duas então começaram a caminhar com passos lentos, logo ficaram mais rápidos e quando viram, estavam correndo. As dores de Kiara estavam quase cessando, apesar de ela parar em alguns momentos. A noite se aproximava, elas precisavam dormir. Já estavam muito longe das Terras do Reino, a Pedra do Rei havia se tornado apenas um pontinho cinza no largo céu crepúsculo. As estrelas estavam começando a aparecer, a lua estava cheia e brilhante. Kiara então apontou para algo parecido com uma caverna, que parecia estar inabitada; porém, quando colocaram suas patas na entrada, uma leoa jovem, porém mais velha que as duas, apareceu de dentro da caverna. Ela tinha um pelo branco, com partes acinzentadas e grandes olhos verdes. As duas leoas se assustaram com a presença da mais velha.

Vitani: - M-me desculpa, moça, eu e Kiara estávamos apenas procurando um lugar pra descansar e...

???: - Ei, calma, não se assustem. Me chamo Nikita. Vocês duas podem descansar em minha caverna, sem problema algum.

Kiara: - Oba, sério? Puxa, obrigada!

Nikita: - Disponha. Eu vivo sozinha, alguns viajantes passam a noite aqui quando estão cansados. Venham.

A caverna da estranha leoa era grande e bela, tinha e ainda sobrava espaço para Kiara e Vitani dormirem. Nikita apontou para duas camas de folhas, e disse que as leoas poderiam dormir e ir embora quando amanhecer. Então, o par deitou, cada uma em uma cama.

Kiara: - Puxa, que cama macia! Ela foi muito prestativa, não é, Vitani?

Kiara olhou para o lado e viu Vitani dormindo, babando e roncando ao mesmo tempo. Soltou uma pequena risada e se virou para dormir também.

"Na manhã seguinte, Kiara acordou e viu Vitani e Nikita mortas, cobertas de sangue. Sentiu um bafo ardente em sua nuca, olhou pra cima e viu Katari bufando com um sorriso maléfico, seus dentes, garras e corpo coberto de sangue. Kiara gritou, mas nada saia de sua voz, apenas miados quase inaudíveis. Olha só, parece que nem elas podem te salvar de mim agora, disse o leão. Kiara começou a chorar desesperadamente, não conseguia se mexer. Katari mostrou suas longas garras, estava prestes a rasgar o pescoço de Kiara e..."

Kiara: - AAAAAAAAAAAAAH!

Vitani: - AAH O QUE HOUVE? O QUE ACONTECEU?

Kiara: - E-eu... Tive um pesadelo...

Vitani: - Calma, eu estou aqui... - Vitani saiu de sua cama e deitou ao lado de Kiara, a abraçando com carinho e lambendo sua bochecha, como Nala fazia quando a princesa era um filhote.

Vitani: - Está tudo bem agora, não é?

Kiara: - Está, mas... Pode dormir aqui comigo?

Vitani: - Claro que posso! - Vitani se aconchegou ainda mais, ela e Kiara estavam totalmente juntinhas e abraçadas. As duas sorriram, e Kiara escorou sua cabeça na pata da leoa, que apenas sorriu de canto e dormiu. Logo amanheceu, Nikita ainda estava dormindo, então as duas decidiram sair. 

Vitani: - Bom dia, princesa!

Kiara: *se espreguiçando e bocejando* - Bom dia, Vitani! Vamos caçar? Estou morta de fome!

Vitani: - Claro! Eu quero caçar apenas um coelho. Afinal ainda é cedo. E você?

Kiara: - Acho que um coelho também.

Vitani: - Então vamos!

Vitani correu na frente, se jogando sob a grama alta da savana, deixando o vento pairar sob seu pelo. Kiara veio logo atrás, rindo da atitude de Vitani. As duas avistaram cinco coelhos selvagens ali perto, tentando encontrar algumas cenouras. Se abaixaram e se esconderam sorrateiramente, andando em silêncio entre a grama. Os coelhos não notaram nada, quando de repente as duas pularam em direção a eles. Vitani agarrou um coelho primeiro, Kiara correu um pouco e logo conseguiu abocanhar outro. O café da manhã estava servido. Logo depois, foram até o rio e beberam água, para se prepararem para a longa estrada. 

Vitani: - Vamos continuar? Falta pouco para acharmos um bom lugar, já não consigo mais ver a Pedra do Rei!

Kiara: - Nem eu, estamos muito longe! 

As duas caminharam mais alguns quilômetros e viram uma caverna perfeita, grande, bela e completamente desocupada. Resolveram ficar ali mesmo. Colocaram alguns ramos de vinhas e flores, para enfeitar.

Kiara: - Ah, está perfeita!

Vitani: - Não tão perfeita quanto você.

Kiara olhou para Vitani assustada. Não tão perfeita quando você? Como assim? O que ela teria dito com isso?

Kiara: - V-vitani? Obrigada... - A bela princesa corou, e sorriu timidamente. Vitani deu um largo sorriso e se aproximou de Kiara, a mesma estava parada apenas observando a atitude da leoa.

Vitani: - Faz tempo que estou tentando falar isso pra você... Desde que éramos crianças... E acho que esse é o momento certo!

Kiara: - Momento.. certo... O-oque...

Vitani: - Eu te amo, Kiara! Te amo muito! Eu cansei de esconder, a cada dia que se passa eu estou mais apaixonada, você é diferente de qualquer leão besta, você é carinhosa, bonita, meiga e tudo que uma exilada como eu poderia querer! Eu nunca senti algo assim, fica comigo pra sempre?

Kiara: - V-Vitani... - Kiara não podia acreditar, o seu amor fora correspondido, lágrimas de felicidade corriam pelo seu rosto. - Eu também te amo Vitani! Nunca tive coragem de falar isso, mas desde que éramos crianças, eu via algo em você que nunca vi em Katari ou outro leão ou leoa! Quando você balança a sua franja, me deixa até sonsa... Você é linda, e eu te amooo!

Vitani: - Quis dizer assim? - Vitani balançou a franja e lançou um olhar 43 pra Kiara, que se derreteu.

Kiara: - Ó Deus, que linda...

Vitani: - Hahahaha! Eu te amo tanto...

A bela leoa se aproximou mais ainda da princesa e lambeu sua boca, Kiara fez o mesmo, as duas se abraçaram, estavam muito felizes. Agora poderiam viver a vida que sempre quiseram, sem ter que esconder nada uma da outra, pois tinham sua própria caverna pra viver. 

Kiara: - Mas Vitani... Tem um problema...

Vitani: - Problema? Qual?

Kiara: - Descobri que estou... grávida... Katari me engravidou aquele dia e daqui a 4 meses um filhote irá nascer... 

Vitani: - Kiara isso é ótimo! Mesmo sendo filho de um leão, eu não me importo, o filhote será o nosso filho! 

Kiara: - Aah Vitani, que bom! Obrigada por entender, eu te amo!

Vitani: - Claro que eu entendo, meu amor...

As duas ficaram trocando carícias, conversando e rindo até anoitecer. Os dias passaram rápido e o amor delas crescia a cada dia. 4 meses depois, o filhote nasceu. Era pequeno, fofo e delicado.

Vitani: - Olha só, é um machinho! Como vamos chamá-lo?

Kiara: - Que tal... Thabor? Significa felicidade!

Vitani: - Uow, você é boa nisso. Adorei esse nome! Nosso pequeno Thabor...

As duas abraçaram o filhote, muito felizes. Ele tinha um pelo dourado claro, olhos castanhos e pequenas manchas amarronzadas, quando tiver um mês, as manchas iriam desparecer. 

Kiara: - Vitani, já se passou quatro meses, precisamos voltar! Papai irá nos receber muito bem, eu tenho certeza! Eu levo Thabor na boca, mas sério, precisamos voltar. Estamos fortes e podemos enfrentar Katari agora. Nosso lugar é com o nosso reino.

Vitani: - Eu sei, você tem razão... Tudo bem, vamos voltar. Se algo nos atacar, eu irei te proteger e você protege nosso pequeno Thabor! Certo?

Kiara: - Certo, vamos!

As duas leoas fizeram todo o caminho de volta, parando para beber água, caçar e dormir. Kiara levava Thabor a boca com cuidado, as duas sempre muito assustadas e atentas com o que podiam encontrar no caminho. Agora que tinham um filhote, tudo era diferente. Depois de mais quilômetros percorridos, estavam nas Terras do Reino, e faltava pouco para chegar na Pedra do Rei. Vitani e Kiara se olharam, felizes, e cheias de energia para correr até lá. Porém, Katari apareceu de repente e se posicionou com ódio na frente das duas. 

Katari: - Ora, ora, as duas leoazinhas voltaram! Veio casar comigo, Kiara? Hahahaha! Fiquei preocupado que você sumiu, imagina se eu não for o rei, o que será das Terras do Reino? Hahahaha!

Vitani: *ruge* - Não fale assim com ela, seu imbecil. Se quiser ela, vai ter que passar por cima de mim primeiro. - Vitani mostrou suas garras e arreganhou as longas presas, intimidando um pouco Katari.

Katari: - Olha só, a exilada vai defender a namoradinha? Hahahaha! Ridícula. *rosna*

Vitani pulou em cima de Katari, mordeu suas costas e o empurrou com força, Katari revidava a cada golpe da leoa, a briga estava violenta. Vitani arranhou com força o rosto de Katari, deixando ferimentos sangrentos. Mas o leão revidou e arranhou o focinho dela, que cambaleou pra trás. Katari viu que era a hora de acabar com isso, mas Simba e Nala apareceram e não deixaram. Nala arranhou os olhos dele atrapalhando sua visão, e Simba agarrou Katari pela jugular e o jogou longe, rasgando a veia do pescoço dele com força. O leão caiu sem vida, e Simba se virou para ajudar Vitani.

Kiara: - Papai! Mamãe! Que saudades!

Simba: - Kiara, minha filha! Aah, eu te amo tanto meu amor! Eu soube o que aconteceu, você foi estuprada por Katari, as leoas me contaram! Foi por isso que você fugiu? Ah minha filha, sinto muito, eu não sabia de nada sobre ele, pensei que ele fosse apenas um ótimo parceiro...

Kiara: - Não papai! Ele queria se casar comigo de qualquer jeito, ameaçou me matar! Então fugi com Vitani, esperamos algum tempo pra voltar, mas finalmente estamos aqui! E bem... Eu fiquei grávida dele e tive um filhote, ele ainda é um bebê, chamamos de Thabor! 

Nala: - Ah minha filha, ele é lindo! Sou vovó!

Simba: - E eu, vovô! Haha!

Kiara: - Bem, sobre a Vitani... Eu amo ela. Estamos namorando e agora, e quero sejamos rainhas juntas. Nunca gostei de leões... Espero que entendam...  Ela me ajudou todo esse tempo, foi a única que me entendeu, e me deu apoio depois daquilo!

Nala: - Não precisa explicar nada, meu amor...

Simba: - Nós entendemos que isso é o que você deseja, se gosta de leoas, tudo bem! Você escolheu isso e nós te apoiamos, serão belas rainhas!

Kiara: - Ah, mamãe, papai! Eu amo vocês!

Kiara abraçou os pais, Vitani sorriu de lado, e a princesa puxou a leoa para o abraço. Agora eram uma família feliz. Kiara e Vitani assumiram o trono, e o pequeno Thabor crescia a cada dia, adorando a ideia de ter duas mães. 

Thabor: - Mamães! Eu falei pro meus amigos que eu tinha duas mães e que elas eram as rainhas das Terras do Reino! 

Kiara: - Ah meu filho, e eles gostaram?

Thabor: - Claro, imagina só! Sou diferente daqueles bobocas, tenho mães, vovô e vovó que me amam!!

Todos juntos: - Hahahahaha!

Nala: - Bem, eu e Simba iremos dar uma caminhada, iremos levar Thabor junto, para deixar vocês um pouco sozinhas. Vamos lá?

Simba: - Claro, amor. Se comportem, minhas rainhas!

Kiara: - Pode deixar, papai! Haha!

Vitani: - Ei, amorzinho, vem cá!

Kiara: - O que foi, sua bobinha?

OUÇAM OUVINDO A MÚSICA DAS NOTAS FINAIS AGORA! (SE QUISEREM)

Vitani levou Kiara para o fundo da caverna discretamente.

Kiara: - O que houve? Porque estamos aqui no fundo?

Vitani: - Hm, que inocente você é...

Vitani ficou sob as patas traseiras e colocou as dianteiras no peito de Kiara, a empurrando no chão com cuidado.

Vitani: - Achou que nunca iríamos fazer isso? - Vitani olhou para a princesa com um olhar safado, e lambeu a bochecha da mesma. Kiara corou imediatamente, e se deixou levar pelo toque carinhoso da leoa. Vitani então começou a lamber a vagina da princesa, com cuidado e delicadeza, atingindo seu clitóris, fazendo Kiara gemer seu nome.

Kiara: - H-hmm.. V-Vitani... Aaah...

Vitani: - Está gostando, princesinha?

Kiara: - C-continua, rápido... Mmf...

Vitani sugava o clitóris de Kiara com intensidade, e logo colocou sua língua dentro da vagina de Kiara, fazendo a mesma rugir de prazer.

Vitani: - Hm, você gostou disso, é? Hahaha...

Vitani colocou Kiara contra a parede e colocou sua garra dentro da vagina de Kiara fazendo movimentos vai e vem. 

Kiara: - Mmff... Aah... M-mais rápido...

Vitani: - Como quiser, majestade!

Vitani aumentou a velocidade, deixando Kiara louca, e colocou mais uma garra, fazendo Kiara gozar em sua pata. Kiara caiu contra o chão, cansada, arfando e suando. Vitani deitou delicadamente ao lado dela, com carinho, e lambeu a bochecha da mesma.

Vitani: - Eu te amo...

Kiara: - E-eu também te amo, Vitani...

E assim as duas dormiram, ao som da natureza lá fora. 

 

 


Notas Finais


A partir do momento certo, ouçam ouvindo essa música: www.youtube.com/watch?v=rAHp5lGIlWg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...