História Kill her for you. - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally, Camila, Camren, Dinah, Dope, Lauren, Mani
Exibições 60
Palavras 1.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - I know this place.


Fanfic / Fanfiction Kill her for you. - Capítulo 28 - I know this place.


Anteriormente nessa porra (POR FAVOR, VOZ DA DUNNY)
Camila
-

Já tá pronta? - Pelo que vi, Logan estava animado.

- Pronta pra te dar um tiro na cara. - Respirei fundo e me virei, vendo Lauren, que dormia como um anjo.

- Que isso, Karlinha. - Ele riu. Lauren se mexeu mas não acordou. - Acordou com mal humor foi?

- Já está vindo pra cá? - Perguntei grossa, odeio ser acordada, ainda mais quando eu não durmo nada!
 

- Já. - Ele respondeu e eu escutei uns barulhos.
 

- Não pode ser mais tarde não? - Perguntei manhosa, vai que né. 
 

- Já sai do apartamento a muito tempo. 
 

- Tá, vou me arrumar.

Desliguei o celular. Aquela seria uma das primeiras vezes que acordaria ao lado do meu amor. 

- Que isso, tá me velando? - Ela riu. - Acordando cedo? Que milagre em. - Ela disse se espreguiçando e levantando.

- Logan já está a caminho. - Disse e ela bufou. - E não, não estou te velando.

- Ah, esqueci né, você marcou de sair com ele. - Falou de forma maldosa. 

- Ele vai me ensinar a dirigir e eu tenho que me arrumar. - Me levantei e fui andando em direção ao quarto das meninas.

Com toda certeza Lauren pensava que Logan em relação a mim era o cara ameaçador, mas ele sabe muito bem que nosso lance é só amizade, não tem nada demais. Olhei alguns shorts e precisaria da ajuda de Lolo. Fui correndo até o banheiro do quarto dela.

- Lauren, escolhe um dos dois. - Mostrei e ela fechou a cara na hora.

- Quer mesmo que eu responda, Camila? - Ela falou grossa.

- Se eu não quisesse, não perguntava. - Disse meio obvia. Fiquei meio inquieta com o silêncio. - Vai logo, Michelle.

- Vai pra merda Camila. - Disse sendo grossa. - Olha o tamanho do short que você quer sair com ele. - Ela me olhou.

- Já disse que você é uma estúpida? - Fechei a cara e bati a porta com força.

Odeio quando ela vira uma estúpida dessa forma, cadê a Lauren que me levou pra ver o pôr do sol mais cedo? Realmente, essas coisas temos que aproveitar bastante, porque não duram nada. Estava passando meu perfume quando Lauren entrou no quarto da irmã e se jogou na cama.

- Já esta boladinha? - Ela disse de forma irônica.

- Estou normal. - Ajeitei meu short.

- Não. - Ela se levantou. - Você não está normal. - Ela me puxou pela cintura, suspirei, afinal eu estava só de calcinha e sutiã.

- Deixa eu botar minha roupa, Lauren. - Falei desanimada. Ela começou a bagunçar meu cabelo, que já estava arrumado.

- Então você não gosta disso? - Dei um tapa em seu braço que na hora ficou vermelho.

- Para. - Ela bagunçou meu cabelo mais uma vez. - Não. - Empurrei ela com força na cama. - Eu não gosto.

- Uau Camila. - Ela disse impressionada.

- Você é uma idiota. -  Fui pra cima dela e começamos a brincar de lutinha. Ela tomava cuidado e fazia tudo com cautela para não me machucar, e eu? Não estava nem ai, dava cada tapa estalado nela.

- Você é mulher, mas tem uma mão pesada pra caralho. - Ela tomou controle da situação, porque ela era tão competitiva.

- E você não é mulher? - Disse rindo. - Me solta. 

- Não estou fazendo nada. - Disse enquanto me prendia.

- Lauren, tá me machucando, é sério. - Falei meio chorosa, ela me olhou.

- Sério? - Ela afrouxou um pouco.

- Aham. - Disse segurando o riso. 

- Cara, sabe nem mentir. - Ela me soltou e sentou.

- E você caiu facinho. - Gargalhei e me sentei em seu colo.

- Caralho, tu tá pesada. - - Ela riu me ajeitando em seu colo.

- Eu não tô pesada, você que tá fraca. - Ri. Ela se levantou. Tapei seus olhos e ela foi andando para trás e caiu na cama em cima de mim. - Ai, Lauren. - Ela ria.

- O que foi, amor? Tá pesado? - Ela soltou mais seu peso em cima de mim.

- Socorro. - Falei procurando ar. - Eu vou morrer.

- Ai, como você é dramática. - Ela ficou com os braços apoiando seu corpo. - Tem certeza que você tem que ir? - Ela secava meus seios que estavam tampados apensas pelo sutiã.

- Tenho. - Coloquei a mão na nuca dela, puxei-a para um beijo. Até que aquela merda do celular dela  começou a tocar, nossa às vezes eu fico irritada o celular dela nunca para. Lauren revirou os olhos e saiu para atender aquela bosta. Ela saiu a procura do celuar e eu aproveitei para botar minha blusa, botei algo leve, afinal estava muito calor. 

- Tenho uma péssima notícia. - Lauren entrou falando. - Parece que invadiram o galpão e vou ter que ir lá ver.

- E você vai sozinha? 

- Não, Arin e as meninas vão comigo. - Ela disse guardando o celular no bolso.

- E os seguranças?

- Não preciso. - Ela me olhou e sorriu.

- Lauren...

- Relaxa, é coisa rapida.

- E quem te ligou? 

- Vero. 

- Ok.

- Ok? - Ela me olhou confusa.

- Confio em você. - Sorri.

- Dona Camila, Logan está lhe esperando lá embaixo. - Conca apareceu e Lauren bufou.

- Já estou descendo. - Ela assentiu e desceu. - Vou voltar piloto. 

- Seria mais fácil se eu te ensinasse. - Ela disse brava. 

- Aonde tá a chave do carro? - Comecei a procurar, eu achei que tinha botado na minha mochila.

- Você guardou no escritório. - Ela disse simples. - Camz, tem certeza que você vai ficar o dia todo com...

- Tchau Lauren. - Não aguentaria mais drama. Desci e fui logo ao escritório, abri a gaveta da mesa da Lauren e tinha umas dez chaves de carro, fudeu! Olhei uma que tinha um chaveio preto com a letra C, mas tinha eu e Chris, vou pegar ela mesmo. - Fala meu fã. - Andei até Logan abraçando ele.

- Karlinha. - Ele deu um beijo na minha testa. 

- Veio de carro? - Perguntei sorrindo.

- Não, voando. - Ele riu. - Sabe alguma coisa de carro? 

- Então, eu já dirigi o de Dinah, mas... - Eu ri. - Não sei muito coisa de marcha, sempre me confundo e deixo o carro morrer. - Entreguei a chave do meu carro. - Pra onde irá me levar? 

- Para um pátio vazio, onde não tenha nada que você possa bater. - Disse rindo. - Mulher no volante, perigo constante.

- E homem do lado, perigo dobrado. - Rebati. Fomos a garagem, vi Lauren na porta da mesma.

- Sua mulher vai sair? - Ele olhou para Lauren.

- A Verozinha ligou para ela. - Ele me olhou.

- Aconteceu algo? - Entramos no carro.

Começamos a conversar e chegamos ao pátio, que era a parte de trás de um dos galpões. Logan era calmo até demais, tinha deixado o carro morrer mil vezes.

- Vamos de novo. 

- Porra, já não aguento mais. - Bati as mão no volante.

- Se tu ficar nervosa, é pior. - Ele me olhou. - Camila, você sabe dirigir, só não sabe segurar a embreagem e soltar da forma certa.

- Eu não to nervosa.

- Não? - Abaixei minha cabeça no volante. - Não acredito que vai se entregar assim.

- Não, eu não vou me entregar assim. - Sorri.

- Vou levantar os cones. - Ele saiu do carro e ajeitou os mesmos. - Vai Karla. - Comecei a fazer a rota que ele tinha feito com os cones. - Acelera. - Quando ele gritava queria dizer que eu tinha que aumentar minha velocidade, quando acabei o percurso decidi ser mais ousada, fui até o final do pátio e fiz uma curva que na minha visão, foi bem perigosa, voltei e freei em frente a ele. - Perfeito. - Ele sorriu orgulhoso. 

- Chega por hoje. - Respirei fundo. 

- Já cansou? - Comecei a olhar pela volta.

- Eu conheço esse lugar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...