História Kill The Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 8
Palavras 311
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble, Suspense
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


espero q gostem s2

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Kill The Love - Capítulo 1 - Capítulo Único

Eram exatamente 3 da manhã, do canto escuro do seu quarto apenas iluminado pelo luar que adentrava a janela aberta, eu observava você dormir depois de ingerir uma grande quantidade de pílulas tarja preta numa tentativa patética de me manter afastada dos seus pensamentos.
Eu entrei pela janela do seu quarto, da mesma forma que eu entrei em sua vida... pela janela dos fundos.
Eu esperei anoitecer, para que ninguém visse eu escalando a janela... assim como entrei na sua vida e a destruí de modo que ninguém percebeu.
Ao me aproximar, percebo que os lençóis brancos que lhe envolviam estavam sujos de sangue... Você havia cortado os pulsos mais uma vez, a doce dor silenciosa de um amor não correspondido.
Em sua mão suja de sangue o celular desbloqueado, a fracassada tentativa de me ligar 16 vezes.
Olhei em direção aos céus, e pedi que Deus tivesse piedade da sua fracassada alma penada.
Apontei a pistola para a sua cabeça, seria a última vez que eu veria esse corpo sofrer em silêncio por ... amor!?
E com 7 balas à queima roupa, destruí mais um sonho.
De ser amado.
Queria ter tido a chance de dizer “eu sinto muito”, mas a mensagem seria desmanchada pelo meu sorriso sarcástico de uma mente doentia.
....
E hoje, 5 anos depois... sentada no chão da última cela de segurança máxima, aguardo minha redenção e  risco na parede com uma pedra, reflexões:

Não importa quantas vezes eu precise mofar em uma maldita cela,
Continuarei pondo fim ao fôlego
Daqueles que continuam entregando seus corações à desconhecidos
A sociopatia e o amor são linhas tênues...
Jamais entregue seu amor à alguém que você acha que é o que você pensa ser.
A vida é apenas um paradoxo que jamais será decifrado.
Um poema rimado com infinitos finais.
Corações de vidro remendados
E lágrimas jamais cessadas.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...