História Killer Love (Long-Imagine - Kim Taehyung - V) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X, Seventeen, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, Boo Seungkwan, Dahyun, Hyung Won, I'M, Jackson, Jimin, Jungkook, Ki Hyun, Kim Mingyu, Mark, Momo, Suga, V, Won Ho
Tags Assassino, Baek, Baekhyun, Bambam, Dahyun, Exo, Got7, Hyungwon, Imagine, Imagine Bts, Imagine Jungkook, Imagine Taehyung, Imagine V, Jackson, Jeon Jungkook, Jimin, Kihyun, Kim Taehyung, Long Imagine, Mark, Mingyu, Momo, Monsta X, Morte, Obsessão, Park Jimin, Psicopata, Psicopatia, Seventeen, Sociopata, Sociopatia, Tae, Taehyung, Taetae, Triângulo Amoroso, Twice, Você, Wonho
Exibições 1.310
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIE, BONITOS.
Não me matem, eu não gostei muito de escrever esse capítulo, ok? Admito.

Capítulo 11 - Por quê?


      —O que você vai... — Taehyung começa a desabotoar sua camisa, enquanto começa a depositar beijos no caminho entre seu pescoço, sua clavícula e seus seios, ainda cobertos pelo sutiã preto de renda.

      Você fica em dúvida entre levar-se pelo momento ou tentar dar um fim naquilo. Acaba por escolher a primeira opção e passa a retirar as calças de Kim Taehyung.

      Suas mãos começam a erguer a camiseta de Taehyung e você passa a observar fixamente o definido abdômen dele. Você morde o lábio inferior e retira as peças de roupa dele, menos a cueca box branca, que deixa a ereção de Taehyung bastante exposta.

      Você inclina o corpo para que ele consiga retirar seu sutiã por completo e retira o resto de suas roupas. Ele dá uma leve mordida em seu lábio inferior e a beija, deslizando a mão por seu corpo.

      —Você será minha... — sussurra em seu ouvindo em um tom provocante — Para sempre.

      Começa a beijar seu pescoço, dando leves mordidas na região. Você questiona o motivo dele ter tanto controle por você.

      Cada toque de Kim Taehyung faz com que você sinta arrepios por todo o o seu corpo. Logo suas mãos estão em seus seios, ele os massageiam e aperta, fazendo com que você arfe.

      Você começa a massagear o membro de Kim Taehyung por cima da cueca, o fazendo gemer baixo. Ele penetra alguns de seus dedos em sua intimidade, com movimentos lentos e acelerando a cada gemido seu.

      Ele retira os dedos, coloca as mãos em suas coxas e a penetra com agressividade. Aos poucos a velocidade dos movimentos aumenta e o número de gemidos soltos por você também. Você crava suas unhas nas costas de Taehyung e joga a cabeça para trás ao chegar ao ápice.

      Taehyung, alguns minutos depois, também chega ao ápice e acaba por deitar-se na cama ao seu lado. Assim que ele sente-se — suficientemente — “descansado”, Taehyung levanta, veste novamente suas roupas e, sem mais nem menos, sai do quarto.

      Você arqueia a sobrancelha, inclina o corpo para a frente e senta-se na cama. Você passa as mãos pelos cabelos, que estão levemente molhados, devido ao suor, e balança a cabeça de forma negativa. O que você acabou de fazer? Como você pôde transar com um assassino louco que quase matou um de seus amigos?

      De repente as lágrimas começam a cair e deslizar por seu rosto, você está tão confusa, como se fosse a sua primeira vez. Você seca as lágrimas e abraça seus joelhos, por que deixou-se levar? Por que não negou e fugiu? Por que não denunciou Taehyung para a polícia?

      Está com raiva de si mesma por ter sido tão tola. Quem, em sã consciência, entregaria o próprio corpo para alguém como Kim Taehyung? Um assassino que quase matou Chang Kyun a sangue frio?

      Você levanta, disposta a sair da casa, e veste suas roupas, correndo em direção à sala de estar. Você tenta fingir, assim como ele, que nada aconteceu, mas não pode evitar olhar para ele de forma diferente.

      —Por que faz isso comigo, Taehyung? Explique-me, por favor — pede e recosta o corpo no sofá — Por que você tem que ser tão… Tão atraente? Por que você tem algo que tanto me atrai?

      —Porque eu quero que você seja minha, querida — ele responde sem manter contato visual com você — Acho que já disse isso… E quanto às outras perguntas, bem, não tenho culpa de ser assim.

      —Então é só isso que você quer? Só quer que eu sirva como uma espécie de “bonequinha” para realizar seus desejos sexuais?

      —Lembrei de uma poesia agora… Sabia? — Ele ignora a sua pergunta — Anoiteceu
Todos se foram
Somos só eu e você
Em um universo só nosso
Ao deitar
Sinto sua respiração na minha face
Minhas mãos passeiam por seu corpo
Sua boca aproximando da minha
Com desejo
Com amor
Com carinho
Com calor
Sem palavras
Apenas gestos
Nada mais é necessário
Quando dois corpos se juntam
É instinto
Um compreende o outro
Descobrindo o que se promove nos demais instantes
As mãos se entrelaçam
Bocas respirando uma na outra
Exalando o que sentem
Transpirando desejos
Respirando tesão
Sussurrando gemidos
Até chegar no topo
O que era vivo
Morre por instantes
A mais erótica e intensa sensação
De amor, de tesão
Querem uma a outra
Por algo que vicia
E minutos depois
O ritual se inicia.

      Suas bochechas adquirem um tom avermelhado e você desvia o olhar para a janela, enquanto Taehyung apenas observa o que está a passar na televisão.

      —Eu gosto dessa poesia, mas não a entendo, sabia? — questiona e você nega com a cabeça — Ela não expressa o que eu penso — Ele deita no sofá e coloca a cabeça no seu colo, o que faz com que você comece a passar a ponta dos dedos pelos fios de Kim Taehyung.

      O cheiro do perfume hipnotizante de Kim Taehyung faz com que você esqueça por alguns instantes do que acaba de acontecer.

      Em alguns instantes, Taehyung dorme no seu colo e você o observa por alguns segundos, o que faz com que você sorria de lado. Ele fica tão adorável quando dorme, como essa pessoa, com esse rosto de anjo e essa expressão serena, pode ser tão diferente do que aparenta?

      Ele faz um biquinho fofo e mexe um pouco o corpo, colocando as mãos em suas coxas e dando um leve sorriso enquanto dorme.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, bonitos.
Até mais, bonitos.
Desculpem pelo hot curto, eu ainda não sou boa em escrever esse tipo de coisa, então, por favorzinho, me mandem críticas construtivas, elogios (caso tiverem gostado) e sugestões <3

Eu estou dodói. Estou vomitando a cada cinco ou sete minutos e estou com muita dor, tanto no corpo quanto na cabeça T-T Então tenho que "descansar", por isso o capítulo ficou pequeno.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...