História Killer Queen - Capítulo 2


Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Naruto
Exibições 64
Palavras 788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oioi gente *-* espero que gostem do cap

Capítulo 2 - Capítulo 2: Minha Vida Perfeita(?)


— Lugares,lugares,vão para os seus lugares coloquem seus vestidos e rostos de bonecas. Todos pensam que somos perfeitos. Por favor, não os deixe olharem através das cortinas.

 

 

Pov Hinata

 

"Hinata, por favor fique com ela antes que a matem".

Foi o que Sakura disse no momento em que abri a porta.

Não tive tempo de responder nada já que a mesma já tinha entrado dentro do carro junto ao marido, no momento em que a vi soube do que se tratava ela não criaria a filha.

Algumas Semanas Depois

O quarto em que Yumi iria ficar estava totalmente arrumado e como eu não trabalhava, tive tempo de sobra para escolher cada detalhe. Tinha todo tempo só para dar atenção a pequenina, já que Naruto vivia em sua empresa, às vezes, ele chegava meio estranho e não falava comigo. Esses dias eu peguei uma blusa suja de batom, desconfio de uma traição, mas, acho que ele não seria capaz disso, pelo menos foi oque ele disse.

Estava no quarto de Yumi, tentando fazê-la dormir quando ouvi a porta batendo, devia ser Naruto, mas não era, era Neji, meu primo, ele parecia estar abatido.

O que houve? Aconteceu algo grave? — Perguntei um tanto quanto preocupada.

Não sei mais o que fazer, esse é o problema... Não sei mais se consigo fingir que está tudo bem, quando nada está bem.

Acabei ficando perdida já não sabia se ele tava falando de mim ou dele, me manti em silêncio e esperei que ele continuasse, mas, não foi o que aconteceu. Ele se sentou em lugar qualquer do quarto e chorou, coloquei Yumi no berço, me agachei perto dele e disse:

Você é mais forte do que isso, não pode ser um Hyugga caído, não pode demonstrar fraqueza em frente aos outros. Neji, se levante e mostre para eles que você ainda tá de aqui, sendo forte. — Disse à ele, que olhou em minha direção.

Eu sei disso, mas a cada dia fica mais difícil, cada dia é um problema diferente, se não na empresa é em casa, e a empresa está quase falida, o que faremos, Hina?

Vamos arrumar um jeito, disso eu tenho certeza, mas agora vá para casa, você tem uma mulher lhe esperando.

Tudo bem, obrigado pela ajuda novamente.

Não foi nada. — Esboço um sorriso doce, enquanto o mesmo se levantava.

Fui com Neji até a porta e nos despedimos, era simples forçar um sorriso quando não era comigo, meu primo foi em direção a sua casa e eu fui em direção ao meu quarto. Chorei sem saber o motivo, já que eu tinha meu casamento em um bom estado e agora minha família está completa com uma filha, não sabia o que era, mas parecia que estava guardando aquelas lágrimas por tanto tempo que adormeci no travesseiro molhado pelas lágrimas.

Acordei por volta das 03:54 da manhã, Naruto já havia chegado e estava deitado ao meu lado, continuei de olhos fechados, logo senti ele se levantar, ouvi o barulho do chuveiro e acabei dormindo novamente.

No dia seguinte, logo que acordei, notei que havia um bilhete de meu marido encima de meu criado mudo, que dizia:

"Hime tenho alguns assuntos para resolver na empresa, chego logo, beijos"

Me levantei, logo indo no quarto de Yumi ver como ela estava, então notei que ela dormia calmamente em seu berço. Desci para cozinha, preparei um café e assisti um pouco de tv até ouvir o choro da Yumi, não dava trabalho algum e comigo em casa sem fazer nada vivia praticamente só para ela já que por conta de alguns ocorridos eu não falava muito com minhas amigas.

Arrumei a garotinha e caminhei com a mesma para o parque, tomar sol seria uma boa, vi Ino parada com Noah em seu colo e Mari no chão brincando, me aproximei dos três e esbocei um leve sorriso.

Olá Ino. – disse.

Olá Hinata, como vai? — A loira me respondeu, esboçando um grande sorriso, parecia estar tão feliz.

Vou bem e você? — Sorri gentilmente, mesmo sabendo que não era verdade o que dizia.

Estou bem também! — ela respondeu com tamanha animação.  — Está gostando da vida de mãe?

Sim e você? — Respondo, me repreendendo mentalmente por não saber como lidar com alguém, mesmo que conheço Ino à longa data, por todos esses anos ainda tinha vergonha da mesma.

Sim! Hinata, gostaria de convidar você e Naruto para um jantar em minha casa, o que acha?

Claro, em qual dia? — Sorrio forçadamente e pergunto sendo direta, não sabia se Naruto iria aceitar ou não, já que ele não gostava muito de Gaara.


Notas Finais


Foi isso até o próximo o cap ta curto eu sei mais estamos trabalhando nisso
Beijinhos.
Ass:M_C

Passando apenas para dar a famosa arrumadinha, espero que gostem e melhoraremos conforme o tempo, não desistam de nós pelo amor
xoxo, kingcrwley


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...