História Killers - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Jin, Kim Seokjin
Visualizações 21
Palavras 1.446
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uma coisa que quero falar vai ser nas notas finais ok?
Boa leitura

Capítulo 12 - Sem fôlego


Fanfic / Fanfiction Killers - Capítulo 12 - Sem fôlego

Aqui estou eu, me arrumando para o treino com o jimin. Coloquei uma camisa preta, um short da mesma cor é um tênis all star, é o que temos pra hoje. Amarrei meu cabelo em um rabo de cavalo e lá estava eu descendo as escadas.

- Luuuucyyy - Alicy pulou em cima de mim

- Ai Jesus

- Estava com saudades suas, ontem eu dormi o dia inteiro por causa da viajem - ela ri

- Entendi

- Por que está vestida assim? - ela pergunta olhando para meu traje

- Treino

- Aaaaa, tá explicado. Você vai fazer treino com quem?!

- Com o Jimin

- O Jimin é tão legal nos treinos, aposto que vai se divertir hoje - ela piscou

                 É o que eu espero.

   Tomei café da manhã, e etc, mais demorado que da última vez.. e logo Jimin me chamou para seu treino. Fui andando calmamente ao seu lado, em um completo silêncio até chegar ao local do treinamento. Eu paro, com as mãos atrás entrelaçadas umas com as outras... uma mania.

- Bom, eu nem me apresentei direito.. sou park jimin - ele estendeu a mão, e hesitante eu aperto a mesma.

- A minha especialidade, é a longa distância. Minha especialidade são com armas, como sniper. Você acha que irá se dar bem com isso?

- Olha, eu realmente não sei. - falo envergonhada

- Tudo bem, vamos lá?

   Assinto, o seguindo com cuidado até um morrinho que tinha em direção exata ao alvo que pretendíamos acertar naquele dia. Ele se agachou e mandou que eu fizesse o mesmo, e logo foi me explicando

- Armas de longo alcance são muito eficazes. Você tem que ter extremo cuidado, como exemplo: se você está com um grupo de pessoas, e vários inimigos se aproximarem, você só pode interferir quando realmente a situação está grave, pois, a base inimiga poderá te identificar e então o plano vai pro ralo, entendeu?
       Assinto levemente
- Você tem que ser cauteloso, quieto, cuidadoso na hora, e tem que seguir cuidadosamente o plano, qualquer deslize e sua posição será descoberta, o que causará alerta para eles, até por que geralmente somos nós que somos os primeiros a atacar silenciosamente.

- Eu acho que não vou me dar bem com isso.

- Olha, eu também não - isso causou risos pelas duas partes

    Ele foi me explicando como usar a arma, e eu fui fazendo cada passo que ele ensinava, ele foi extremamente gentil comigo e explicou de uma forma exemplar, além que, ele era realmente divertido e até fazia umas piadas muito ruins para quebrar o clima de tensão.
                   
                                     [...]

     Depois do treino, ele guardou tudo em seu devido lugar, e logo estávamos a caminho da casa. Nós puxamos assuntos um com outro e realmente foi divertido. Quando chegamos, a menina de cabelos claros que veio com a Alicy, estava deixando o local.

- Ué, o que houve? - perguntei a Taehyung

- Ela teve que voltar ao grupo

- E Alicy?

- Eu estou de férias aaaaaa - ela jogou os braços pra cima os balançando frenéticamente

- Não sabia que tinha férias nisso - falo rindo

- Eu também não, na verdade não tem, mas digamos que eu estou com um probleminha com meu chefe, e eu insisti muito pra ficar ao lado dos meus amigos - ela sorriu

- E no seu grupo, você não tem muitos amigos?

- Claro que tenho!, mas a diferença é que aqui é o meu lugar e não lá, essas pessoas daqui são meus melhores amigos, e acho que vou incluir você também nessa listinha

    Sorri envergonhada, mas logo passou quando cai na gargalhada com a palhaçada de Tae e Alicy.

                               [...]

     Estava na porta de vidro, observando os meninos entrando nos carros as pressas. Alicy e Taehyung estavam na minha frente, se despedindo de mim

- Amanhã voltamos tá? - Alicy pega minhas mãos

- Por que vocês tem que demorar tanto nessa missão?

- A missão é muito longe daqui, vamos ter que passar a noite em uma casa de amigos até - Taehyung sorri mínimo

- Eu vou ter que ficar com... - engulo seco - o Jin?

- Sim, e ele disse que tinha uma surpresa pra você - Alicy piscou pra mim animada - eu acho até que ele está gostando de você - ela fala em meu ouvido

    Coro na hora, recebendo risadas dos dois palhaços na minha frente. Meu coração estava acelerado e acabei procurando por mais ar.

- E Haru? - perguntei

- Ela vai nos ajudar com a missão, ela e yoongi são a melhor dupla - Alicy pisca

- Concordo, eles são os mais velozes

    Ouvimos um estrondo da buzina do carro, com um grito do namjoon para andar-mos logo com isso. Despedi de meus amigos eufórica, indo pra dentro logo depois.
    Jin estava na cozinha, fazendo algo que eu não me dei trabalho de olhar. A casa estava um completo silêncio, me deixando meio incomodada, até por que eu estava acostumada com o barulho da farra que os meninos/meninas faziam na sala. Peguei um livro de Alicy, que ela lia antes de ir para a missão. O livro era bom, mas não estava no clima para ler até então, fechei o livro e coloquei de volta no lugar.
    Fui até meu quarto e me deitei, queria pensar um pouco com aquele silêncio que rondava a casa toda, um clima totalmente calmo. Depois de um tempo, Jin me pediu pra descer, é assim fiz com uma expressão surpresa.
   Ele tinha feito a mesa, estava sob a luz das velas, com um pano vermelho e a mesa só a dois. Aquilo realmente era surpreendente. Os sofás estavam no canto, o que deu um espaço longo na sala, me perguntei como ele tinha feito aquilo se eu não escutei um mísero barulho, mas ok.

- Pra que tudo isso? - olhei em volta mais uma vez para ter certeza do que tinha visto

- Eu queria fazer algo especial, um pedido de desculpas a.. tudo isso. - ele pega minha mão, a beijando e depois se curvando - você tem minhas sinceras e singelas desculpas.

   Minhas bochechas coraram instantaneamente, aceitando suas desculpas na mesma precisão. Nós nós sentamos e eu pude conversar melhor com Jin durante o jantar, ele era uma pessoa fantástica, mesmo sendo um pouco... estourado as vezes. Ele foi extremamente gentil e carinhoso comigo, e eu não sabia o que pensar naquele clima tão precioso.
   Depois do jantar, ele se levantou e eu fiz o mesmo, agradeci pela comida mas não era só aquilo.

- O que?

- espere aqui - ele disse olhando nos meus olhos e eu assenti

    Ele foi até o meio da sala, e colocou uma música calma e lenta, e veio em passos calmos até mim.

- Você poderia me conceder essa dança?

    Eu fiquei incrédula, estática com o pedido. Eu nunca tive um momento tão... romântico antes, e isso era extremamente inovador e gratificante pra mim.

- Claro - sorri, pegando em sua mão

   Nós fomos até o meio da sala. Se via claramente que eu estava nervosa, e bom, acho que até mesmo ele também. Ele me olhou nos olhos, pegando minhas mãos e as colocando atrás de sua cabeça, depois, suas mãos foram para minha cintura, me trazendo pra perto onde eu pude sentir seu coração acelerado, e o meu, bom, não estava diferente.
   Então, fomos nos movimentando conforme a música, e o olhar nunca era quebrado. Parecia que formava-mos uma sincronia perfeita, para o momento perfeito. Ele pegou minha mão delicadamente e me girou com leveza, e com precisão, me levou mais pra perto - se era possível - de ti.
     Ficamos ali naquele momento por minutos, e nunca quebrando o contato visual, o que resultou de mim mais sem graça ainda.
     Depois da dança ter acabado, eu o ajudei a lavar a louça onde tive uma conversa bem produtiva com ele. Depois de dar uma hora um pouco tarde, eu já estava pronta pra ir dormir.

- Obrigada por... - olho em volta e dou um suspiro profundo - tudo isso - e sorri

- Não tem de quê

   Nos olhamos por um momento, e logo estávamos a chegar mais perto um do outro, e então aconteceu, os nossos lábios foram de encontro.
   Ele segurou minha cintura e eu sua nuca, o beijo era calmo e tranquilo. Meu coração palpitava ainda mais com cada selar e cada movimento dado por suas mãos. No fim, nos separamos por falta de ar, e mesmo respirando normalmente depois, aquele beijo tinha me tirado o fôlego.
   Nos olhamos com mais precisão e por fim ele selou meus lábios calmamente antes de eu ir pro quarto.
  
    Deitada na minha cama, respirei fundo lembrando de cada momento dessa noite... é.. eu acho que Seokjin...

      .....está me conquistando


Notas Finais


Bom, espero que tenham gostado
Meus leitores anônimos <3

Eu quero pedir desculpas por TANTO TEMPO sem postar, pse.. é a vida
É muito complicado e etc, aqui vive me deixando pra baixo, e então as ideias não surgem, eu não sinto vontade de tentar escrever e blah
Ou seja, caga tudo
Novamente, me desculpe
Vou tentar dar duro nessa fic e nas outras ok?

Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...