História Killers - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 28
Palavras 867
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Luta, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Survival, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi!!Eu to lançando cap dessa fic mais rápido né?😅
É muita emoção👌🙇

Capítulo 2 - Liberdade não existe pra mim!


Fanfic / Fanfiction Killers - Capítulo 2 - Liberdade não existe pra mim!

    Acordei com aquela luz entrando pelas grades de minha janela,a vista de onde eu estava não era muito boa mas a janela é tão alta que eu baixei esforços para enxergar algo,me levantei da cama e olhei o relógio pregado a parede,eram exatamente 7:59 da manhã,um minuto antes das oito,que coincidência,observei o relógio dando a volta com o ponteiro de segundos,uma volta completa...oito horas...pude escutar um ruído e direcionei meu olhar a uma caixa de som pregada ao canto da parede e ouvi ao chamado diário...

-Pacientes de Danvers State por favor se encontrem no refeitório no primeiro andar para o café da manhã,as portas serão abertas então por favor sem tumulto nos corredores

    Depois que ouvi Stacie proclamar o café me direcionei a minha porta onde ouço a tranca eletrônica se abrir,o corredor estava um tumulto,não importa avisar,aqui todos somos loucos. Esperei um pouco até os corredores estarem mais calmos e depois segui caminho até a escada principal,desci até o primeiro andar onde vejo algumas pessoas sentadas nos bancos das mesas,alguns sentados no chão e outros na própria mesa...Fui até a bancada e peguei uma bandeja e me direcionei as cozinheiras que esperavam eu pedir algo,entreguei minha bandeja para uma e comecei o pedido

-Hum...coloque para mim um omelete com queijo por favor

-Devia sair deste lugar Alice,você não é como esses loucos aqui-Disse enquanto fazia meu prato

-Não importa se eu quero sair ou não,eles não me liberam,mas até que aqui não é tão ruim...

-Aquela mulher deveria pedir que te liberassem,você deve viver sua adolescência livre...

-Liberdade é algo que não consta em meu dicionário!Mas minha avó não me visita por motivos de saúde,eu não a culpo,estou aqui por um bom motivo...

-Eu sei,mas agora você já está melhor não é?...Aqui o seu prato,aproveite!-Ela me entregou minha bandeja e sorriu para mim

-Não tenho muita certeza,mas obrigada dona Dalva!

-Não tem de quê Alice...

    Me virei e fui em direção a um lugar vazio em um banco perto de minha única amiga naquele lugar,não era de conversar muito com as pessoas,elas mudavam de humor repentinamente ou tentavam me matar com a colher que usavam,mesmo eu sendo parecida com eles,não gosto que me ameacem,ainda mais com colheres...isso pode parecer não machucar,mas se usar da maneira certa é capaz de quebrar um braço!...caminhava em direção da morena de olhos negros a minha frente,ela usava o mesmo macacão branco como todo mundo e seu cabelo escuro amarrado a um coque improvisado para que não caísse na comida,ela prestava atenção em sua panqueca e batia a colher na ponta do bandeja

-Vai acabar rachando a bandeja se continuar batendo deste jeito...-Disse me sentando no banco a sua frente

-Se rachasse poderia usar como arma e sair daqui?-Perguntou me olhando com um sorriso

-Provavelmente sim...

-Ótimo!Só vou esperar mais alguns anos até a colher fazer efeito nisso!-Falou batendo com a colher usando um pouco mais de força

-Aqui não é tão ruim!Da pra pensar bastante e eles dão folhas pra escrever e desenhar

-Olha a artista falando...isso é por que você não tem um visinho de quarto que grita enquanto dorme!-Realmente olhando para seu rosto melhor vejo como seus olhos demonstram cansaço e seus ombros se mantinham caídos

-Cansada?

-Muito!

-É uma pena eu não poder te ajudar,eles não deixam entrar pessoas como você na ala onde durmo...

-Isso é por que lá só tem um bando de psicopatas,na minha ala eles dizem que temos "cura",mas olhando pra você,todos temos...

-É melhor não se enganar pelas ações que faço,a qualquer momento posso atacar você em!-Disse fazendo um sorriso brincalhão

-Ata,como se você fosse atacar a sua melhor amiga!-Falou com uma falsa indignação

-Nunca se sabe né!

    Comecei a comer minha omelete,estava ótima como sempre,Dona Dalva é muito boa na cozinha;rodei meus olhos ao refeitório e não parecia um manicômio como aqueles que se falam nos programas,na maior parte das vezes temos brigas por aqui sim,mas não há pessoas penduradas no teto ou gritando desesperadas por aí,parando pra pensar eu estou aqui desde os meus dez anos,acho que já me acostumei por isso não quero sair,vim parar aqui depois que fiz uma consulta com um psicólogo depois que minha avó me achou na rua,depois da consulta fui transferida para um psiquiatra,eu não sabia nada que estava acontecendo,somente respondia aquelas perguntas honestamente e depois vim parar aqui como uma possível sociopata bipolar;bipolar eu vou ter que concordar,mas sociopata?...eu não tenho certeza...
    Depois que terminei meu café entreguei a bandeja a uma servente qualquer lá e fui subir para meu quarto;meu quarto era branco,era!Agora ele é composto por desenhos de giz de cera na parte mais abaixo da parede,todo o momento que recebo as folhas e os gizes para colorir,eu fico enchendo a parede de desenhos,dava um ar mais alegre e me acalmava bastante então era meio difícil eu ter um ataque do nada e começar a quebrar tudo,eu já consegui quebrar a lâmpada do meu quarto e comecei a me cortar por prazer uma vez,então eu sou mais protegida de vidros e coisas afiadas desde então,simplesmente as vezes eu não tenho controle de meu corpo,só isso!Observava os desenhos calmamente até ouvir batidas na porta...

-Sim?

-Senhorita White?Visita para você no salão...


   


Notas Finais


Eu sei...tá meio pequeno mas...fiz de coração❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...