História Killers - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 23
Palavras 935
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Luta, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Survival, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiii🎉
Cheguei com cap novo😻
E eu recomendo muito essa música pra ler o capítulo:
EDEN - Wake up ❤

Capítulo 3 - Últimas Palavras


Fanfic / Fanfiction Killers - Capítulo 3 - Últimas Palavras

  

    Visita?Pra mim?Desde quando?Terminei de me questionar e segui o guarda até o salão de visitas que eles prepararam,quando chego vejo minha madrinha Lúcia sentada em uma poltrona perto de uma janela,ela parecia triste e olhava o vidro concentrada em seus pensamentos,ela tava meio avoada então não reparou em minha presença,fui com calma até a poltrona ao seu lado e pousei minha mão sobre a dela que se mantinha no braço da cadeira...

-AH!...que susto Alice!-Ela tirou sua mão debaixo da minha rapidamente e a colocou no peito como demonstração do susto

-Oi madrinha...queria falar comigo?

-S-sim querida,eu vim conversar com você...-Ela estava mais...inquieta

-Por que veio de tão longe para falar comigo?-Já estava suspeitando de sua visita,ela nunca iria me visitar,fui eu que...acabei com sua vida...

-Bom...aconteceram uns imprevistos em minha viajem a trabalho,então,eu decidi te visitar para ver como você está-Ela pareceu mais sincera agora,será que ela me perdoou?

-Eu estou bem...

-É bom saber,você se sente melhor?Consegue conversar mais com as pessoas?

-Sim!Eu tenho uma amiga aqui e eu costumo conversar com a moça da cozinha,a Dona Dalva!-Falei deixando minha felicidade tomar conta por um momento,depois percebi como havia me exaltado!

-Parece feliz,você gosta daqui?

-Sim,mas,eu não tenho muitos amigos e sempre estou no quarto a maior parte do tempo...-E agora fico triste!O que há Alice?Controla esses seus sentimentos!Se concentra

-Eu tenho que te contar algo Alice...-Parece que ela não queria falar,mas ela conseguiu me encarar por um tempo e pude ver seus olhos marejados

-Algo aconteceu?A vovó piorou?Você tá grávida?Eu vou ficar aqui por mais metade da minha vida?Eu...-Olhei para ela novamente procurando alguma razão para ela estar chorando agora,era desconfortante,eu não sei o que fazer,nunca vi alguém chorar...é... esquisito!

-A sua avó...morreu...

    Eu...não sei o que ouve,meu coração começou a doer...mas eu não estou triste,eu...estou bem...Eu... não estou bem...o que eu faço?...estou sozinha de novo?...Eu ...quero minha avó de volta!Quero ela aqui do meu lado,quero ela fazendo carinho na minha cabeça enquanto eu tento lembrar de mim mesma!Eu quero ela!Quero que ela me visite!Quero que ela lembre de mim!Isso é uma brincadeira...não pode...eu...Sem nem ao menos perceber lágrimas caíram do meu rosto,pareciam apostar corrida,não acabava mais!Perdi mais alguém que eu amava,mas por que as pessoas que eu amo nunca estão ao meu lado?Mesmo ela tendo me posto neste lugar,eu entendi que foi para o meu bem!Ela queria me proteger e proteger os outros,ela não me visitava por que estava doente mas eu nunca pensei que ela partiria...
    Minhas lágrimas continuavam a cair e as lembranças dela passavam na minha mente,eu não quero aceitar isso,ela...não pode me deixar...eu preciso dela...


          ~•Flashback On•~

"-Aqui!esta será a sua nova casa querida!-Minha avó me trouxe da rua,ela me levou a casa dela,ela irá cuidar de mim!Com ela eu não temerei a nada e nem a ninguém!"

"-Você é minha heroína!-Corri até ela e a abracei,eu tenho uma família...-Obrigada por me trazer aqui!"

"-De nada pequena Alice!-Oh...esse é meu nome?Parece que ela entendeu a minha confusão-Ah é,eu esqueci que você esqueceu...seu nome pequena...é Alice,tudo bem?Você tem seis anos,e você morava junto com sua mãe e seu pai,eles te amavam muito...eles eram muito corajosos,vocês sempre andavam juntos em um parque aqui perto...quer ir lá amanhã?Talvez faça você se lembrar de algo..."

"-Quero!"

"-Que ótimo!Amanhã então acorde cedo para um passeio ok? você tem aula então não pode demorar..."

"-Certo!-Ela sorria para mim,isso era algo reconfortante,era só eu e ela,a mãe da minha mãe,Vovó Meggy..."

                           ***

"-Por que?POR QUE FEZ ISSO ALICE!?-Vovó gritava comigo,ela estava apavorada,me sacudia e gritava ao meu ouvido,minha vista estava meio embaçada mas podia ver claramente a madrinha Lúcia ajoelhada ao chão,chorava desesperadamente ao encontro do cadáver de seu marido,a faca estava nas minhas mãos,meu corpo sujo de sangue e um pequeno sorriso de satisfação no meu rosto

"-Eu não sei...-Eu sabia sim,somente não me lembrava,o marido da minha madrinha tentando me molestar enquanto eu brincava na cozinha e a vovó e Lúcia faziam compras,eu somente me protegi,mas não pude deixar de sorrir ao ver seu pescoço ensanguentado, seu corpo caído no chão,eu queria o fazer em pedaços!"

"-COMO ASSIM VOCÊ NAO SABE!!?VOCÊ SABE O QUE FEZ?O QUE DEU EM VOCÊ!!?Eu...estou triste Alice,você me decepcionou...vá para o seu quarto agora!Não quero ver você aqui ate EU te chamar!Entendido?"

"-...-Balancei a cabeça concordando enquanto ia subindo as escadas escutando os choros de Lúcia,os bombeiros chegaram,levaram o corpo,eu não pude ir ao enterro,fiquei presa no quarto por vários dias...até o dia em que minha avó me chamou e eu fui levada a um psicólogo,onde tudo começou..."

          ~•Flashback Off•~

   

    Ela era tudo pra mim...minha única família...eu nunca soube que aquele sorriso que ela fez quando fomos a aquele parque fosse o último que eu veria saindo dela...queria ter pedido mais histórias sobre minha vida,ela era a única que poderia me ajudar...mas agora...eu não tenho nada,nem mesmo uma identidade...nunca soube como eram meus pais,minha heroína foi derrotada...quem irá me proteger agora?...

-Alice...você está bem?-Lúcia havia parado de chorar,estava olhando para mim com uma cara preocupada enquanto eu limpava meu rosto

-Eu estou bem...-não,não estou,por que continuo mentindo pra mim mesma?Eu quero ir para meu quarto e chorar,o único sentimento que sinto agora...é dor...

-Alice,eu queria falar as últimas palavras dela pra você...-Eu a olhei,meus olhos estavam vermelhos,segurei o choro,faria isso quando fosse a meu quarto...

-Pode dizer,eu não ligo,ela já morreu,não fará diferença mesmo...-Eu estou irritada,quero ir embora,mas parece que Lúcia me ignorou,sabia que era algo como uma rejeição de luto...mas eu não...

-"Tire-a de lá...ela já sofreu demais por minha causa...ela merece a liberdade...que eu a privei..."-Arregalei meus olhos,eu ouvi direito?

-Eu vou te tirar daqui Alice...




Notas Finais


Falando sério...tô tiste🙁,mas também tô feliz!🙂
Eu chorei escrevendo esse capítulo,não sei se vocês vão sentir o memo que eu;mas eu tô feliz pela Alice 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...