História Killers - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Correr, Morrer, Sobreviver
Exibições 6
Palavras 657
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Como toda história de terror essa vai ser confusa no começo se justificando pelo meio e fazendo total sentido no fim, o começo é meio monótono mas depois de poucos capítulos o bicho pega, espero que gostem dessa história 😉

Capítulo 1 - Sangue derramado


Fanfic / Fanfiction Killers - Capítulo 1 - Sangue derramado

Eu estava deitado na cama mexendo no celular quando recebo uma ligação e atendo rapidamente 

Daniel- alô

Milena- Daniel, por que faltou hoje? 

Daniel- eu não tava com vontade de ir  pra escola

Milena- ok...  depois te passo as aulas, mas você vai amanhã? 

Daniel-  não sei se vou amanhã 

Milena- por que cara, aulas são legais... além de mim você não fala com ninguém lá... 

Daniel- não preciso de amigos, amizades só dão dor de cabeça

Milena- ouvi dizer tem uma garota que gosta de você... 

Daniel- primeiro que se você ouviu dizer é porque é mentira, esses idiotas amam inventar mentiras, segundo que ninguém me quer e mesmo que quisesse eu sei que uma hora iria me largar

Milena- deixa de ser pessimista cara... vai ter uma festa amanhã, de noite na casa do Vitor 

Daniel- já sabe minha resposta, além do mais eu não ia falar com ninguém mesmo

Milena- por isso eles te acham esquisito 

Daniel- problema deles

Milena- se for eu te faço compahia, tenta conhecer alguém e se não vier vou falar pra sua mãe que você faltou

Daniel- chantagista, ok ok eu vou nessa merda

Milena- êêêê

Daniel- chega, chau e até amanhã 

Milena- bye bye

Ela desliga e eu durmo. Acordo já no outro dia me arrumo e vou pra escola andando mesmo. Quando chego na escola vou pra minha sala sento na cadeira do canto e fico ouvindo música e desenhando. Depois de um tempo Milena chega

Milena- Oie 

Daniel- oi

Milena- vai hoje? 

Daniel- sou obrigado 

Milena- hehe

Daniel- agora chega de conversa

Volto a fazer minhas coisas. Fico lá até o último horário terminar sem falar com ninguém, afinal ninguém percebeu minha presença. Na saída aceno pra milena ela acena de volta e vou embora. De noite me arrumo e às 20:00 milena toca a campainha Eu vou lá e abro a porta. 

Milena- uiii que gatão 

Daniel- até parece, vamos

Milena- vamos

Chegamos na casa do vitor e a porta já tava aberta 

Daniel- até que tá legalzinha 

Milena- fala sério essa festa ta foda!!! 

Milena corre pra falar com os amigos e eu sento no sofá e fico mexendo no celular. Depois de um tempo milena vem falar comigo. 

Milena- iai tá gostando? 

Daniel- uau muito (falo com ironia)...  pera...  quem é aquela garota?  (Falo apontando pra uma garota sentada do outro lado da sala) 

Milena- a que tá de olho em você desde que chegou? É a sophia, a que te falei ontem pelo telefone

Daniel- ata

Um garoto grita no meio da festa 

Garoto- ei vamos fazer um jogo!! 

Todos fazem um círculo em volta dele eu continuo no sofá e ele continua falando 

Garoto- achei esse livro no sótão e tem um jogo nele

Vitor,  o dono da casa vem gritando

Vitor- Ei não usa isso, eu jurei jogar fora...!!! Me disseram que muita gente morreu jogando isso... eu comprei o livro porque ia arriscar...  mas desisti...  essa maldição deve ser real... 

Garoto- não acredito em superstições 

Vitor-....  faça como quiser

Todos gritam- UHU JOGOS MACABROS

Daniel- que malucos 

Ele lê o livro e diz

Garoto- querem mesmo jogar isso? 

Todos- sim

O garoto pega um giz preto que tava no livro e desenha um símbolo no chão. Ele levanta o livro e manda todos falarem as palavras de invocação do livro. Todos falam as palavras de invocação menos eu a sophie a milena e mais quatro pessoas, o garoto que fez o símbolo no chão fica com os olhos vermelhos e grita. 

Garoto- viva a morte

Os olhos dele começam a sangrar e ele derrama o sangue no meio do simbolo

Garoto- aaaahh que a morte comece

Vitor- não pode ser.. isso...  era verdade... 

O chão que tinha o símbolo desenhado quebra e sua todos pro buraco que parecia não ter fim. 

Daniel- aonde...  eu...  tô?  (Falo ainda meio inconsciente) 

Eu acordo deitado no chão sem conseguir me mexer e sem conseguir abrir os olhos. 

Daniel- não consigo me mexer...  que agonia!!! 

Escuto passos vindo na minha direção com o barulho dos passos cada vez mais altos. 









Notas Finais


É isso, nova história, espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...