História Kingdom Days - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyun, Cavaleiros, Chanyeol, Chen, Drama, Exo, Kai, Kris, Lay, Medieval, Reis, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Exibições 41
Palavras 1.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIEEE EU VOLTEI *-*

meu computador voltou, ai posso escrever :3 mas eu perdi tudo msm ;-;

boa leitura S2

Capítulo 6 - Fifth Chapter


Fanfic / Fanfiction Kingdom Days - Capítulo 6 - Fifth Chapter

Silêncio total, o único barulho que se era possível de ouvir eram as respirações dos que estavam ali. Dois guardas foram na direção da garota e cada um a segurou por um braço e a levaram para perto de chefe. Xiumin não conseguia fazer nada, toda essa surpresa o deixava paralisado.

-Algum de vocês sabia que ela era uma ladra? – perguntou o chefe. Ouve um momento de silêncio, mas quando Xiumin iria se pronunciar para dizer que sim, foi interrompido.

-Não, nenhum deles sabia. – disse Lizzy de cabeça baixa e a levantando para ver o rosto da família e do amado. – Eu fazia tudo sem ninguém saber. Quando saía para roubar eles achavam que eu estava a caminho do trabalho. Peço perdão por ser essa desonra para a família. Mãe, irmão... Espero que me perdoem. – disse e olhou para o chefe – Eles não merecem irem presos, não sabiam de nada.

-Penso eu que deves estar certa. – disse Yifan olhando todos ali presentes com seus olhos de águia, como sempre, desafiadores. – Levem-na para o calabouço! Eu mesmo irei preparar como ela irá morrer.

Xiumin não aguentou mais ficar parado, vendo seu amor ir para o caminho da morte, a passos calmos e gélidos. Um caminho que depois de cruzado, não haveria mais volta. O mesmo atacou um dos guardas e foi na direção de Yifan, que o socou, fazendo Xiumin cair no chão, com um ferimento no rosto que sangrava e seu sangue escorria. Yifan apontou sua espada para o pescoço dele.

-É melhor se acalmar. Não é minha culpa nem suas se esta garota que é tua namorada é uma cadela. Mas se não ficar quietinho terás o mesmo destino que ela. – disse guardando a espada na bainha. – Vamos logo.

Eles saíram do local, os guardas que levavam a garota nem ligavam para o pé machucado da mesma, a fazendo andar rápido. Lizzy tinha sua cabeça baixa, não queria olhar nos olhos das pessoas as quais conviveu. Escutava a população pobre se revoltando com os guardas, e essa população jogava coisas neles, que não revidavam pois eram muitos ali.

Ao saírem da parte pobre, os insultos começavam. “Até que enfim, essa cadela foi presa!” “Sempre soube que era uma bruxa! Olhe seus cabelos e os olhos!” “Ela está tendo o que merece!” “Como que a guarda pôde demorar tanto tempo para capturar uma mulher?” “Se ela estivesse com o marido ou namorado, nada disso aconteceria!” “Tomara que te matem dolorosamente!”

E eles jogavam tomates, pedras, todas as coisas que podiam a machucar ou a sujar. Os guardas que a levavam nem ligavam para isso, e Yifan dava alguns risos. Ele estava louco para fazê-la pagar pelos crimes que ela havia feito.

Não demorou para que eles chegassem no calabouço. Os guardas a jogaram em uma cela e a deixaram com Yifan. A garota estava caída no chão, machucada e suja.

-Olhe para mim. – Yifan disse, mas Lizzy continuava a encarar o chão. O mesmo foi até ela e segurou delicadamente seu queixo, o levantando para olha-la nos olhos. Por mais que seu rosto estivesse sujo, ele se perdeu ao olhar nos olhos azuis da menina. Ele limpou um pouco seu rosto com a palma da mão e sorriu. –Não me julgue por fazer meu trabalho, cadelinha. Se você fosse que nem todas daqui, seria tudo mais fácil e simples. Mas agora, terá que morrer. Terás um bom tempo para pensar em tudo que fizeste. –disse saindo da cela e falando algo para um guarda que ficava ali de vigia.

 

Baekhyun estava feliz no outro reino. Conversava com as garotas, que eram todas simpáticas, assim como Hyo Sun. Logo ele teria que retornar para casa, e no momento, uma jovem havia o entregado uma lembrancinha. Era um bonequinho de Baekhyun. Era algo pequeno e era feito à mão, todo delicado. Ele estava feliz com toda essa hospitalidade, e realmente queria se mudar para esse reino, mas era impossível.

Algo que o incomodava é que iria sem rever Sun. Por mais que iria embora no outro dia ainda, não iria conseguir encontra-la pois ela era uma nobre que tinha vários deveres a fazer. O que ele tinha medo, é que havia ouvido enquanto estava no reino que haveria um casamento entre filhos de nobres.

Seu medo era que fosse Sun um desses nobres.

 

Xiumin estava sendo tratado pela Senhora Zi enquanto deixava lágrimas caírem. Não havia conseguido salvar a amada e agora o destino dela era abraçar a morte e ficar em seus braços. Ele sentia como se tivesse falhado com todos que confiaram nele, principalmente, sentia como se tivesse traído Tao.

-Me desculpe por não ter conseguido salva-la... –disse Xiumin.

-Você tentou... –disse Tao-Eu não fiz nada, só a olhei ir embora... –ele suspirou-Se eu tivesse te ajudado teríamos sido mais fortes.

-Na verdade. –disse senhora Zi colocando um curativo em Xiumin –Ou vocês dois estariam machucados ou mortos. Seria melhor se tivessem ficados quietos. Elizabeth é inteligente, ela irá sair do calabouço.

Todos sabiam que isso era verdade, mas sempre existem dúvidas sobre o que realmente pode acontecer. As vezes não daria tempo da garota conseguir fugir. As vezes ela já estava morta, acorrentada nas paredes da prisão, com o sangue escorrendo em sua pele, e seus olhos não brilhavam mais como antes, e seu sorriso virara só uma memória.

Eles se agarravam em uma falsa esperança, em um grande talvez.

 

Lizzy já sentia seu estômago roncar. Não havia saído do lugar que os guardas a deixaram, não falava nada, só respirava e deixava as lágrimas cair.

-Ei... coma alguma coisa. –disse o guarda que a vigiava passando um pouco de comida para dentro da cela. A garota só olhou e virou a cara. –Por favor... –o guarda disse triste –Eu juro que não envenenei nada. –novamente ela recusava –Acho que devo me apresentar primeiro, assim posso quebrar uma barreira sua. Me chamo Yixing, mas todos me chamam aqui de Lay! O seu nome é Elizabeth, certo? –ela concorda e Lay sorri. –Ótimo! Agora coma um pouco, vai te fazer bem!

Depois de muita insistência da parte de Lay, Lizzy começa a comer devagar, mas depois começa a devorar a comida por conta do monstro que morava em seu estômago que comia todos os seus órgãos. Lay riu um pouco da cena. Ele sabia que ela não havia feito algo errado, só ajudava a população, coisa que deveria ser feita pela guarda, e por ter esta opinião que fora designado a vigiar o calabouço, pois aqui ele deveria ficar calado e não fazer muita coisa. Mas diferente de todos daquela guarda, Lay só queria uma coisa.

Dar a ajuda que ele nunca teve.

 

Kyungsoo estava preso com os pais e o chefe da guarda, para falar da ladra que foi pega recentemente. Mas a mente de Kyungsoo estava com HwaYoung. Ele não queria estar ali, e não estava prestando atenção em nada, até que ouviu a palavra “bruxos” ser dita por alguém ali.

-Tem certeza que esses seres existem? –perguntou seu pai.

-Assim como os dragões... –disse Yifan, que logo retirou algo do bolso. –E unicórnios.

Kyungsoo encarou o chifre nas mãos do homem. O mesmo chifre do unicórnio de HwaYoung, o mesmo bichinho inocente que só queria carinho. Estava agora morto, e seu chifre, que escorria sangue, estava nas mãos do seu pai. Não podia sentir no momento mais nojo de si mesmo.

-Cacem todos esses bichos. –disse seu pai, fazendo-o arregalar os olhos.

-Não podemos fazer isso! –disse Kyungsoo bravo fazendo todos o olharem. –Eles só são animais inocentes e querem se defender! Eles tem mais medo de nós do que nós deles!

-Calado Kyungsoo! –disse seu pai, bravo e alto. –Eu que dou as ordens aqui! Quando for o seu reinado poderá fazer o que quiser, mas agora fique calado e só escute pois não tens direito de falar qualquer coisa!

Ao terminar de ouvir essas palavras o garoto se levantou e foi embora do local sem dizer uma só palavra, mas enquanto ia embora escutou algumas coisas vindas de seu pai.

“É culpa sua ele ter mudado! Deveria tê-la deixado presa!”

Será que ele realmente tinha mudado? Ele ainda era o mesmo, não havia mudado em nada. Mas teria ele sido pego pela magia chamada amor?

 

“Mas talvez pensar demais nos torna fracos. Pense bem, quando pensamos demais nos tornamos medrosos, e assim nunca fazemos nada, pois pensamos que possa dar errado.

Mas você precisa de coragem para mudar tudo. Você dita sua história, e não pode depender dos outros. Vá, faça o que quiser e esqueça do passado...

Ou lute para muda-lo...”


Notas Finais


Ain gente, saudades de vocês :33

eu apaguei o último capitulo (que era o motivo da minha pessoa não estar postando) pois não é mais necessário, já que meu notebook voltou do conserto >.<

o proximo capitulo teremos ação possivelmente e suspense (YAYYYY KRAIIIII)

você quer um imagine feito por mim? Vá no meu perfil e deixe seu pedido :3 farei com o maior carinho do mundo S2 faço atualmente um do Suho, que está sendo um long imagine por ser o primeiro, os outros possivelmente serão one-shoot ou two-shoot.

link do imagine do Suho: https://spiritfanfics.com/historia/bad-girl-good-girl--imagine-suho-6551324
link para pedir seu imagine: https://spiritfanfics.com/perfil/rapha0613/jornal/imagines-de-k-idols-5985146

Espero que tenham gostado, e até proxima semana :3

kissus da tia mogs <3<3 mogegegege


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...