História Kiss your owner BamBam - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, Mark
Tags Bambam, Kunpimook Bhuwakul, Mark Tuan, Markbam
Exibições 208
Palavras 1.304
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HI GAFANHOTOS! Como vão vocês? Eu vou bem, obrigada por perguntar :3
AI TA O ÚLTIMO CAPÍTULO!
TEM LEMON?! Sim!
FICOU BOM?! Foi feito por mim entaum, LÓGICO QUE NÃO!
Sério, eu sou uma aberração com lemons man ;-;
Mas espero realmente que gostem ♡
Boa leitura•*¨*•.¸¸

Capítulo 3 - ♡~ Cap. 3


Fanfic / Fanfiction Kiss your owner BamBam - Capítulo 3 - ♡~ Cap. 3

♡~ Kunpimook Bhuwakul
Eu nunca me senti tão envergonhado em toda a minha vida. A roupa que o tal do Mark falou para mim vestir era um vestido rosa, uma calcinha vermelha e uma meia 7/8 rosa, por cima uma saia simples meio rosa e uma blusa cinza. Quando achei que não tinha como piorar, eu ainda tive que colocar uma cinta liga!
- I-isso é tão vergonhoso.. -Murmurei pra mim mesmo ao me olhar no espelho.
- Já esta pronto BamBam? -Mark cantarolou do lado de fora.
Respirei fundo e por fim sai do banheiro. Ele estava de deitado na cama e encarando a parede, mesmo sendo difícil eu conseguia ver um sorrisinho em seu rosto.

♡~ Mark Yi-En Tuan
Escutei o banheiro sendo aberto e me sentei na cama e virei meu rosto.
Ele estava lindo como achei que ficaria.
- I-isso é ve-vergonhoso! -Ele falou tampando somente os olhos.
Me levantei e fiquei na sua frente, puxei ele pra mim e ele veio devagar. Fiz ele ficar entre minhas pernas, tirei por fim suas mãos de seu rosto.
- Não precisa ficar envergonhado. -Mordi o lóbulo de sua orelha o fazendo se arrepiar.
- Ma-mas...
Puxei seu rosto e beijei calmamente sua bochecha o fazendo corar. Passei meu beijo para sua boca, ah sua boca, ela era tão macia e linda, nunca vi um lábio tão bem desenhado quanto o dele.
Ele foi deixando a timidez de lado e até se sentou em meu colo, até se atreveu a rebolar.
- J-já está mais animadinho BamBam? - Perguntei entre o beijo.
- M-Mark... -Ele entrelaçou mais suas pernas em volta da minha cintura.- ..m-me fode...
Meus olhos se arregalaram. Cadê aquele garotinho doce que estava com vergonha até de me olhar?
- C-como?
- P-por favor Sr. T-Tuan... -BamBam quicou em cima do meu membro que já não aguentava mais aquela tortura.
Apertei fortemente sua bunda e dei um sonoro tapa o fazendo arfar e morder os lábios. O joguei agressivamente na cama me arrependendo em seguida.
- Te machuquei? -Perguntei colocando uma mecha de seu cabelo atrás da orelha.
Ele mordeu novamente os lábios, mas dessa vez mais forte, e negativou.
Ataquei seus lábios novamente, era tão fofo ele puxando os cabelos da minha nuca me incentivando. Parei para ele poder respirar, mas invés de eu fazer o mesmo eu puxei seu cabelo o fazendo virar a cabeça, ataquei seu pescoço, era tão clarinho e agora já tinha criado uma marca meio arroxeada.
De repente ele faz toda sua força e me vira, ficando por cima.
- Ficou fortinho? -Perguntei o vendo me encarar ofegante.
Retirei minha blusa com sua ajuda vendo seus olhos brilharem. Ri com seu ato.
Logo em seguida ele retirou sua blusa. Dessa vez foi eu que me impressionei, ele era tão lindo, oh meu deus aquela pele branquinha, seus mamilos eriçados..
- B-Bambam... -Gemi apenas por o ver assim.
Nos beijamos de novo, o beijo foi tão mais intenso, nossas barrigas nuas se tocando, era tudo muito perfeito. Passei meu beijo para seus mamilos o fazendo gemer bem em meu ouvido.
Ele abaixou e retirou minha calça com dificuldades, quando retirou eu o vi abaixar e retirar minha box com a boca.
- C-caralho..
BamBam segurou meu membro pela base, eu o vi engolir seco. Por fim, ele beijou minha glande, o pré-gozo foi para a sua boca e o mesmo lambeu os lábios.
Eu estava me segurando para não segurar o menor e o fazer submisso.
- Ma-Mark...e-ele é tão g-grande... -O mesmo sussurrou ainda com a boca em meu pênis fazendo uma vibração gostosa.
O ruivo sem nem mesmo conseguir, colocou sua boca inteira em meu membro. De primeira ele engasgou algumas vezes, mas mesmo assim ele não parou, o que me deixou mais excitado. Agora ele engolia por inteiro e me olhava com aqueles olhos inocentes.
- Po-p-porra B-BamBam.. -Gemi longo passando minha mão em seus cabelos macios o incentivando.
Quando sentia que ia gozar, puxei com uma força um pouco exagerada seu cabelo.
- T-tava ruim? -O ruivo perguntou apertando as mãozinhas.
- Não...tava..perfeito... -Respondi ofegante.- ...mas eu quero gozar dentro de você.
Sem o deixar responder o puxei pra mim, apertei suas coxas fazendo marcas avermelhadas, ele gemia até com o menor toque meu.
Sua bunda ficava bem perto do meu pau, e ele pareceu perceber que eu estava ficando mais animado a cada segundo, porque ele começou a roçar sua nádegas roliças bem perto daquele local.
Puxei sua saia pra baixo vendo o quando ele estava excitado e a calcinha vermelha estava manchada com o pré-gozo.
- B-Bam....quero que, foda meu pau.. -Sussurrei o mais rouco possível o fazendo estremecer e gemer.
Ele corou fortemente, em seguida, começou a tirar sua calcinha, mas eu o impedi.
- ...sem tirar a calcinha.
- O q-que?! C-como a-assim?!
Eu coloquei meus braços atrás da minha cabeça e o vi com uma cara confusa.
- M-mas Mark...não vai nem me p-preparar?
Sorri travesso e o puxei mais para o mesmos se sentar mais para frente.
Dei minha mão pra ele e na hora o mesmo entendeu. BamBam chupou na hora quatro dedos.
- Que safado em Ruivinho? -Falei tirando e colocando meus dedos em sua boca simulando uma penetração, a cada segundo ele cortava mais um pouco.
Depois, coloquei minhas mãos em suas nádegas e massageie seguindo de um tapa forte, fazendo o ruivo curvar as costas. Enfiei minha minhas mãos por dentro de sua calcinha e apertei mais, fiquei assim até meus dedos encontrarem sua entrada.
- Aa-aah! M-Mark! -BamBam forçou sua bunda mais pra trás, ele estava tão necessitado.
Forcei um dedo pra dentro o fazendo apertar meus ombros. Esperei um pouco e sem mais nem menos coloquei mais dois.
Ele começou a quicar e rebolar meus três dedos, aquilo era tentadoramente sexy, eu já estava suando e consegui ver que ele também.
Tirei meus dedos e minha mão de dua calcinha e levei meus próprios dedos para minha boca os chupando, sentindo o gosto dele.
O ruivo foi para trás e puxou apenas a parte de trás da calcinha, roçou sua bunda em meu pênis e por fim, entrou devagar. Colocou apenas a cabeça e eu já conseguia sentir o quanto ele era quente e bem apertado.
- C-calma Bam... -Segurei sua cintura para o ajudar.
Foi descendo devagar, seu gemido foi aumentando, uma linha de saliva começou a escorrer no canto de sua boca.
Pronto, eu já estava completamente dentro dele, e puta que pariu! Ele era muito quente!
Esperei ele se acostumar para poder começar a se mexer. O mesmo tampou a própria boca quando começou a subir e descer devagar, sabia que estava doendo quando uma lágrima desceu por suas bochechas coradas.
- Calma Ruivinho.. - Sequei suas lágrimas com uma mão e com a outra segurava firmemente sua cintura, deixando uma marca de minha mão.
- V-vai B-BamBam...c-cavalga em mim! Aah..
- Ma-Mark! M-me fode!
- N-não achei que usava esses palavreados...ahh!
Ele nada respondeu. Apenas continuou o que estava fazendo, eu passei minhas mãos para suas coxas e apertei fortemente e dei um tapa. Eu queria o marcar inteiro, queria que soubessem que ele tinha um dono.
- M-Mark! E-eu....vo-vou... -Anunciou antes de eu ver sua calcinha se molhar e seu interior se apertar.
Ele já era bem apertado, e ai quando se apertou mais, foi o suficiente para eu chegar ao clímax.
Segurei sua bunda fortemente contra minha virilha, gozando logo em seguida, fazendo ele não deixar sair pra fora nenhum resquício meu.
O ruivo caiu em meu abdômen ofegante e em seguida, fechou os olhos.
Afoguei seus cabelos e beijei o topo de sua cabeça.
- E-eu amei.. -Escutei ele sussurrar para si mesmo e dar um sorriso depois.
- Eu também...


Notas Finais


BYE BYE ❤❤
Espero que tenham gostado;
Digam oq acharam;
SE ALGUÉM QUISER ME ENSINAR A FAZER LEMON TO ACEITANDO AULAS ♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...