História Kisses With A Vampire - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Irmãs, Jimin, Sobrenatural, Yoongi
Exibições 30
Palavras 1.396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Harem, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Namoro?


Fanfic / Fanfiction Kisses With A Vampire - Capítulo 8 - Namoro?

Jungkook Pov's On

-Como foi isso Jungkook?- Namjoon-Hyung me perguntou- Como ela desmaiou?

-Eu gritei com a Hee, ela se assustou e saiu correndo, e simplesmente desmaiou!

-Vacilão você 'ein cara.- Hoseok disse incrédulo.

-Não me culpem, eu estava com raiva.

-Mas também não precisava gritar com ela!

-Aish, da um tempo Jimin-Hyung.

Jin-Hyung desceu as escadas rapidamente.

-Ela acordou...- subimos correndo as escadas logo encontrando Hee que estava sentada na cama olhando para o horizonte.

-Hee?- ela se virou e sorriu fraco.

-O-Olá meninos, acharam Yang Mi?- eles assentaram e logo Hee tentou se levantar soltando um gemido de dor.

-Não se mexa Kim Sun Hee!- Jin parecia preocupado, bem, ele sempre foi assim muito preocupado com as pessoas que ele considera como amigo.

-M-Mas... Eu p-preciso ver a Yang Mi!

-Sun Hee, você não aguenta nem de pé, por favor!- Hoseok brigou.

Hee abaixou a cabeça se virando de costas para nós e deitando na cama.

-Me deixem só.- sussurrou fraco se não tivéssemos boa audição ninguém teria escutado.

-Hee, você está se sentindo bem?- Jimin-Hyung se preocupou e percebi um sorriso pouco notável no rosto de Hee.

-Me deixem só, por favor.- sussurrou a última parte baixinho.

-Vamos garotos.- Jin suspirou- ela precisa descansar.

Todos começaram a sair, eu fiquei só com Sun Hee que encarava o tecido macio da cama.

-Hee... Me d-desculpa.- ela me olhou sentando novamente na cama.

-Lhe desculpar pelo que Kookie?

-Por tudo.- uma lágrima teimosa caí de meus olhos logo escondo meu rosto com minhas mãos- Eu prometi Hee, prometi cuidar de vocês, eu prometi para eles.

Ela nada disse mais senti a aproximação de seu corpo, logo seus braços rodearam meu pescoço o puxando para si em um abraço apertado.

-Não se desculpe Kookie.- retribuí seu abraço, molhando sua blusa com minhas lágrimas.

Depois de uns tempos assim com Hee nos separamos é ela me deu um beijo na bochecha me fazendo corar.

-Descanse Hee.- beijei a testa da mesma que sorriu e assentiu deitando na cama, sorri e fechei a porta. Coloquei minha mão na bochecha sentindo meu coração palpitar cada vez mais forte, o que você está fazendo comigo Kim Sun Hee?

Sun Hee Pov's On

Aish, minha cabeça dói, meu corpo dói estou tonta e curiosa com a frase de Jungkook.

"Eu prometi Hee, prometi cuidar de vocês, eu prometi para eles."

Eles? Será que esses meninos sabiam coisas do meu passado? O que será que eles sabem?

-Aii.- senti uma dor forte na cabeça, tantos pensamentos.

Me levantei com cuidado e fui até a porta, abrindo a mesma e olhando pelo corredor que estava vazio.

Que sorte!

Que quarto Yang Mi 'tá? Caminhei até um quarto- que estava com a porta meia aberta- e olhei pela fresta da porta, arregalei meus olhos sentindo o mesmo se enchendo de lágrimas logo colocando uma mão na boca. Não aquilo não podia ser real.

Yang Mi e Jimin se beijavam, e logo seu beijo- que estava calmo- se tornou um beijo foraz e selvagem, Jimin deitou um Yang Mi na cama e...

-Espiando Hee? Que feio.- me assustei com a voz que sussurrou em ouvido, passei as costas das mãos pelos olhos tentando limpar as lágrimas- Você está chorando? Por quê?

-Nada, vamos.- tentei o puxar mais já era tarde, Yoongi olhava pela fresta da porta e logo vi o mesmo sorrir fraco.

-Então era isso?- abaixei a cabeça sentindo mais lágrimas descerem pelos meus olhos- Aigoo, não chore pequena. Vem!

Yoongi me puxou para um abraço e comecei a senti beijos sendo depositados no meu pescoço.

-O que você está fazendo?- perguntei em um sussurro.

-Ah Hee, você é tão cheirosa...- ele se separou de mim, me olhando nos olhos e vi um sorriso torto e o mesmo começou a me puxar em direção a uma porta, entrando e trancando a porta em seguida.

-O-O que você ira fazer?- ele começou a se aproximar e me puxou para cima e automaticamente minhas pernas se prenderam a sua cintura o fazendo sorrir fraco.

-Hee...- suspirou- Seu cheiro me deixa louco.

-Y-Yoongi, o-o que você quer?- ele me olhou.

-Ah Hee, quero tantas coisas, mas no momento... Quero você.

Já entendi o que ele queria, tirei meus cabelos do pescoço.

-É isso que você quer, certo?- ele assentiu encarando meu pescoço- Vá em frente.

Sem hesitar, Yoongi começou a beijar meu pescoço, dando alguns chupões.

-Está pronta?- assenti e estranhamente eu estava ansiosa por isso.

Yoongi colocou as mãos na minha nuca e se aproximou logo senti suas presas rasgando minha carne e senti o líquido sair enquanto latejava, soltei um gemido alto e agarrei sua blusa.

-Y-Yoongi para.- ele me ignorou- Y-Yoongi para, dói.

Ele desceu suas mãos pela minha cintura e apertou firme, comecei a me mexer desconfortável em seu colo.

Isso ardia tanto, tanto minha pele quanto meu ventre, de tesão, isso estava sendo muito dolorido, mas ao mesmo tempo prazeroso.

Me senti fraca e ele agarrou meus cabelos puxando fraco e logo suas presas saíram da minha pele fina.

-Te machuquei muito?- sussurrou.

Nada consegui dizer, ele se levantou comigo em seu colo e destrancou a porta, começando a andar pelo corredor abriu uma porta e logo Yoongi me deitou em uma cama macia, sorrindo fraco.

-Tenha bons sonhos pequena.

[...]

Quando acordei, meu pescoço latejava levo minha mão até meu aquele local sentindo dois furinhos no mesmo...

Melhor eu tomar um banho, me levanto vou até o banheiro e começo a me despir, tomo um banho rápido faço minhas higiene e saio do banheiro, abro a porta do guarda-roupa vendo que no mesmo só tinha um sutiã, coloco o mesmo e algo me chamou atenção uma grande blusa e uma cueca...


Deve ser do Yoongi, me visto e desço as escadas logo encontrando os meninos e Yang Mi sentados as mesa e Jungkook percebeu minha presença e sorriu.

-Bom dia Hee.

-Bom dia.- sorri, Jungkook bateu em uma cadeira ao seu lado, fui até lá e me sentei na mesma.

Começamos a comer em silêncio que Jin tratou de quebrar.

-Ontem eu ouvi uns barulhos... Estranhos.- Jimin começou a tossir e Yang Mi corou violentamente, senti meu peito doer e meus olhos se encheram de novo.

-Err... P-Pessoal, precisamos lhe contar algo...- todos olharam para eles- Eu e a Yang Mi estamos namorando!

Senti as lágrimas grossas escorrendo pela minha bochecha e olhei para Yoongi que tinha os olhos arregalados, seus olhos se direcionaram a mim e logo o mesmo se levantou fazendo um barulho com a cadeira ao se arrastar, todos o olhamos, Yoongi nada disse ele estava vermelho de raiva e todos percebemos, ele veio até mim me puxando pelo braço e começando a me arrastar para fora de casa.

-Se segura em mim!

-Mas, p-porque Yoongi?- ele me pegou no colo.

-Se você não quer cair, se segure e não solte!

Agarrei seu pescoço e ele começou a pular galho em galho das árvores (NA:Tipo aquela cena do crepúsculo) eu sentia a adrenalina correndo em minhas veias, mas. Pra onde ela estava me levando?

-Onde 'cê tá me levando?

Ele ficou calado e continuou a fazer o que estava fazendo.

E paramos em frente a uma casa, a minha casa.

-O-O que estamos fazendo aqui?

-Vocês vão se mudar la pra casa, Jin Hyung comentou ontem.

Assenti e adentrei a casa, fui até meu quarto peguei uma mala e comecei a arrumar minhas roupas, Yoongi apareceu na porta do meu quarto me assustando.

-Você é muito lerda, sabia? Nem se trocou.- Yoongi foi até meu guarda-roupa e pegou algumas roupas jogando na mala e fechando me olhando em seguida- Falta alguma coisa.

Neguei, e fiquei encarando o mesmo. Yoongi suspirou e puxou meu pulso colando nossos corpos.

-Aah Hee, estou com tanta raiva... Sabe, vou te contar algo mas vai ficar só aqui sim?- assenti- Eu amo sua irmã, desde o primeiro momento em que a vi, eu me apaixonei por ela. Mais ela está namorando o Park... Eu o odeio tanto Hee, sempre tirando tudo que é meu.

-Y-Yoongi...- ele sorriu como se falasse; "Pode contar"- Eu t-também... Também amo o Park, mas ele prefere a Yang Mi.

-E você vai desistir dele tão fácil assim?

-Ele não me ama, Yoongi.

-Faça ele te amar.- o olhei confusa e o mesmo revirou os olhos- O conquiste.

-Você tem razão...- ele sorriu.

-Claro que tenho.- revirei os olhos e bati em seu braço.

-Convencido você 'ein.

-Sabe, Hee.

-Quero descontar minha raiva em algo.

-Vai bater em uma árvore.

-A árvore iria voar para longe, sabe, quero descontar minha raiva em outra coisa.

Yoongi me prensou na parede e desceu suas mãos para minha cintura apertando um pouco.

-Y-Yoongi.

-Sim, pequena?

-V-Você.- ele me olhou e deixou a cabeça cair para o lado.

-Você sabe o que eu quero... Certo?

-M-Mais...- ele me interrompe.

-Será só um... Extravaso.

-... Só um... Extravaso.


Notas Finais


{([^~^])}


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...