História Kitty Cat (Imagine Suga - BTS) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Tags Bts, Imagine, Min Yoongi, Suga, Unnieminnie, Você
Visualizações 1.168
Palavras 765
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora, nenês! Unnie passou uma semaninha bem pesada e não conseguiu atualizar nos dias em que disse que iria. Mas, o que faltava pra isso acontecer, aconteceu. Não vou voltar a estudar esse ano e vou ter tempo livre até o ano que vem, já que não trabalho. :(

Vou atualizar as fics durante a semana!! Os comentários de vcs me fazem acabar de rir kkkkkk sei que não respondo, mancada, eu sei, mas eu leio todos!!

Espero que continuem comigo pra ver até onde irá a loucura entre o gatinho humano e sua dona!! ^-^

Amo vcs, unnie! 🌼

Capítulo 4 - O gatinho ficou curioso


Fanfic / Fanfiction Kitty Cat (Imagine Suga - BTS) - Capítulo 4 - O gatinho ficou curioso

Lamber. Yoongi queria me lamber.

Certo que o principal sinal que os gatinhos mostram quando gostam de você é quando te lambem, mas algo me diz que essa "lambida" que ele quer me dar não é uma forma de mostrar carinho. Eu estava parada em sua frente e não conseguia dizer nada. Calma, S/N! Calma? Como eu vou ter calma com meu gato que agora virou homem (muito gostoso, aliás) dizendo que quer me lamber?

— Olha, gatinho, você não pode mais me lamber. Não enquanto estiver assim. — eu digo tentando me afastar, mas mais uma vez ele fica em minha frente e não me deixa sair.

— Por que não? Antes você deixava e eu não precisava nem pedir.

Claro, antes ele era um gato, um animal e eu não levava para o lado sexual. E boa depravada como sou e na seca que me encontro um chupão bem dado me faria abrir as pernas em questão de segundos.

— Porque... Porque não! — Agora você pode me soltar? Preciso pensar em como farei pra resolver essa bagunça toda! Nem que eu morra plantada naquela janela esperando outra estrela. Eu precis...

Sou calada com os dedos de Yoongi em meus lábios. Ele passa o dedão primeiro no inferior para subir para o superior, está tão perto de mim que sou capaz de ouvir e sentir sua respiração em cima de minha cabeça. Quando tento levantar minha cabeça para observa-lo melhor percebo sua outra mão ir de encontro a minha cintura e sinto um leve aperto ali.

Isso é muito estranho.

Isso está estranho.

Isso não pode!

Meu subconsciente grita essas palavras, mas meu corpo é traidor e não me obedece. Com certeza é minha falta de sexo falando mais alto e não permite que eu faça o certo. Yoongi continua com o "carinho" em minha boca quando começa a andar para trás, o que, como consequência, eu também começo a ir. Ele para quando eu sinto minhas costas baterem na parede e a encara-lo.

Seus olhos que eram amarelados deram lugar para um preto profundo. Um olhar tão intenso que me faz engolir seco, um olhar que está me devorando. É quando percebo ele abaixar seu rosto e deixa-lo na altura do meu, se aproximando cada vez mais, ele solta minha cintura e apoia sua mão na parede em que estamos colados. Por reflexo eu fecho meus olhos e só os abro rapidamente quando sinto algo molhado e quente subindo pelo meu queixo. Ele está mesmo me lambendo?

Lembrando o fato de Yoongi ainda estar sem roupa e me lambendo, eu ofego com seus movimentos e levo minhas duas mãos para o seu peitoral branquinho e lisinho e imagino como ficaria lindo com vergões vermelhos por toda parte. S/N, SE CONTROLA QUE ELE É SEU GATO! Seu bichinho de estimação que merece apenas seu amor, não seu lado depravado!

Eu tento empurra-lo a qualquer custo, mas ele parece ter uma força fora do normal e todo esforço que faço é em vão. Subindo por meu queixo, ele encontra meu lábio inferior, chupa com força e planta uma mordida com certa brutalidade, o que me faz franzir o cenho e praquejar baixo. Ele percebe e se afasta, seus olhos estão nublados de um desejo que eu não via fazia tempo.

— Por que eu fiz isso? Pp..or quê? — ele pergunta e parece atordoado com o misto de novos desejos e sentimentos. O que não é para menos. Yoongi nunca cruzou com gata nenhuma e até então eu não tinha o castrado. Tudo que sente agora é mera curiosidade por não saber o que é e como fazer, pelo menos é no o que eu acredito.

Eu terei que ensinar ao meu gatinho tudo sobre o mundo dos humanos? Tudo, mesmo? Permanecendo parada e até com uma parcela de culpa por o ver desse modo eu não ligo para o queimor que se instalou entre minhas pernas, esfrego uma na outra devagar e respiro fundo para tentar, tentar, me recompor. Só que algo nas pernas deles faz com que eu não consiga. Senhor, por favor, me ajuda nessa!

— Você vai sentir coisas estranhas, Yoongi. Vai querer fazer... coisas também. Coisas como querer me lamber e etc. — digo entre uma mordida e outra em meu lábio. Não é possível que eu esteja mesmo excitada. Isso é loucura!

— Algo me diz que eu não quero apenas lamber você. Por quê isso fica pra cima e lateja tanto? Por quê não passa?

Yoongi parece uma criança de 3 anos quando descobre que pode perguntar coisas que tem curiosidade de saber e eu, bem... Parece que terei que ensinar algumas coisinhas para ele.


Notas Finais


Eitan~~~~

Per; @unnieminnie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...