História Klaroline - Amor por contrato - Capítulo 110


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Bill Forbes, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elizabeth "Liz" Forbes, Klaus Mikaelson
Exibições 308
Palavras 400
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 110 - Maratona : 1


Fanfic / Fanfiction Klaroline - Amor por contrato - Capítulo 110 - Maratona : 1

Caroline gritou em meios as gargalhadas enquanto Klaus a jogava sobre a cama e lhe fazia cocegas.

- Chega! - ela gritava enquanto ria – Para!
Klaus, que também ria, afastou-se um pouco dela e foi pego de surpresa quando a loira esticava as mãos e começava a lhe cutucar as costelas fazendo-o se esquivar:

- Hey! - ele disse em forma de repreensão e lhe agarrou os pulsos, pressionando-os logo em seguida no colchão acima da cabeça dela.
Eles ainda sorriam quando o olhar de ambos se encontrou:

- Sua monstrinha. - ele brincou.
Ambos riram.

- Como você sabia que eu estava debaixo da cama? - o sorriso dele alargou

- Intuição. - ele respondeu – Suspeitava desde o principio que você estava debaixo da cama.
Ela lhe deu um tapa no braço e fingiu indignação:

- Isso foi injusto. - ela protestou - Você sabia onde eu iria me esconder antes de eu ter me escondido.
Ele lhe revidou com um beijo estalado na ponta do nariz:

- Da próxima vez encontre um esconderijo melhor. - ele provocou.
Ela riu e o empurrou com força com as pernas para longe. Ele cambaleou e retrocedeu alguns passos quase caindo, mas foi o suficiente para que ela levanta-se da cama com um pulo e fosse em direção a porta do banheiro.

- Vou tomar banho. Ela anunciou – Toda essa correria com você além de exausta me deixou... suada demais. - ela disse enrugando o nariz de maneira engraçada.
Ele sorriu malicioso e logo tratou de também anunciar:

- Oh sim claro. Me sinto igualmente assim, vou lhe acompanhar no banho.
Ela lhe mostrou a língua e lhe disse animada:

- Negativo. Eu quero realmente tomar banho, por isso se quiser tomar banho também procure outro banheiro da casa.
Ele arregalou os olhos e abriu a boca como se estivesse bastante ofendido:

- Hey, você esta no banheiro do meu quarto.
Ela riu e lhe respondeu já dentro do banheiro;

- Foi você que insistiu para que eu dormisse aqui querido, então o quarto também é meu. - um sorriso brincava em seus lábios e a porta bateu-se com força.
Ele pode ouvir quando ela deu duas voltas com a chave na fechadura da porta.

- Sua terrível monstrinha! - ele gritou divertido enquanto dizia a si mesmo que na primeira oportunidade, iria se livrar daquela maldita chave.





Continua....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...